Banco de dados de questões do vestibular Uff
questões de vestibulares
|

 

Questões Uff

REF. Pergunta/Resposta
origem:Uff-1997
tópico:
Dimensoes_Unidades

sub-grupo:

pergunta:Marque a opção na qual é indicada uma relação entre grandezas físicas que não pode ser linear.
a) pressão e temperatura, na transformação isovolumétrica de um gás ideal.
b) força de atração gravitacional entre dois corpos e produto de suas massas, mantida constante a distância entre eles
c) força resultante e aceleração, para um corpo em movimento
d) resistência elétrica e corrente em um reostato sob tensão constante
e) quadrado da velocidade escalar e espaço percorrido, para o movimento de um corpo em queda livre a partir do repouso



resposta:
[D]

origem:Uff-1997
tópico:
Mecanica

sub-grupo:

pergunta:Um fazendeiro possui dois cavalos igualmente fortes. Ao prender qualquer um dos cavalos com uma corda a um muro (figura 1), observa que o animal, por mais que se esforce, não consegue arrebentá-la. Ele prende, em seguida, um cavalo ao outro, com a mesma corda. A partir de então, os dois cavalos passam a puxar a corda (figura 2) tão esforçadamente quanto antes.

imagem não disponivel


A respeito da situação ilustrada pela figura 2, é correto afirmar que:
a) a corda arrebenta, pois não é tão resistente para segurar dois cavalos
b) a corda pode arrebentar, pois os dois cavalos podem gerar, nessa corda, tensões até duas vezes maiores que as da situação da figura 1
c) a corda não arrebenta, pois a resultante das forças exercidas pelos cavalos sobre ela é nula
d) a corda não arrebenta, pois não está submetida a tensões maiores que na situação da figura 1
e) não se pode saber se a corda arrebenta ou não, pois nada se disse sobre sua resistência


resposta:
[D]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:Trabalho e energia

pergunta:A figura mostra um pêndulo que consiste em um corpo com 5 kg de massa pendurado a uma mola de constante elástica igual a 400 N/m e massa desprezível.
Na posição A, em que a mola não está deformada, o corpo é abandonado do repouso. Na posição B, em que a mola se encontra na vertical e distendida de 0,5 m, esse corpo atinge a velocidade de 4m/s.

imagem não disponivel


Considerando-se a resistência do ar desprezível e a aceleração da gravidade igual a 10 m/s², pode-se afirmar que a diferença Ðh entre as alturas do corpo nas posições A e B é:
a) 3,6 m
b) 1,8 m
c) 0,8 m
d) 2,4 m
e) 0,2 m


resposta:
[B]

origem:Uff-1997
tópico:
Mecanica

sub-grupo:

pergunta:Um bloco desliza, sem atrito, sobre um plano inclinado de um ângulo ‘, conforme mostra a figura a seguir.

imagem não disponivel


Considerando-se x a abscissa de P num instante genérico t e sabendo-se que o bloco partiu do repouso em x = 0 e t = 0, pode-se afirmar que :
a) x = ¢/„ gt² sen (2 ‘)
b) x = ¢/‚ gt² sen ‘
c) x = ¢/„ gt² cos ‘
d) x = ¢/‚ gt² cos (2 ‘)
e) x = ¢/‚ gt² sen (2 ‘)


resposta:
[A]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:A bola A, com 1,0 kg de massa, movendo-se à velocidade de 8,0 m/s, choca-se com a bola B, inicialmente em repouso e com massa igual à da bola A. Após a colisão, a bola A move-se perpendicularmente a sua direção original de movimento, como mostra a figura, com velocidade de 6,0 m/s.

imagem não disponivel


Para a bola B, após a colisão, a magnitude e a direção do vetor quantidade de movimento dentre as indicadas por (1), (2) e (3) são, respectivamente:
a) 10 kg m/s e (1)
b) 6,0 kg m/s e (2)
c) 2,0 kg m/s e (1)
d) 6,0 kg m/s e (3)
e) 10 kg m/s e (2)


resposta:
[E]

origem:Uff-1997
tópico:
Mecanica

sub-grupo:Arquimedes

pergunta:Um bloco, com 140 kg de massa e 0,02 m³ de volume, está imerso em água e suspenso por um conjunto de cordas e polias, de massa desprezível, como indica a figura a seguir.
Dados: massa específica da água =1000 kg/m³
g = 10 m/s²

imagem não disponivel


A intensidade da força que mantém o sistema em equilíbrio é igual a:
a) 600 N
b) 400 N
c) 300 N
d) 1200 N
e) 150 N


resposta:
[C]

origem:Uff-1997
tópico:
Mecanica

sub-grupo:

pergunta:Um pano de prato retangular, com 60 cm de comprimento e constituição homogênea, está em repouso sobre uma mesa, parte sobre sua superfície, horizontal e fina, e parte pendente como mostra a figura a seguir.

imagem não disponivel


Sabendo-se que o coeficiente de atrito estático entre a superfície da mesa e o pano é igual a 0,5 e que o pano está na iminência de deslizar, pode-se afirmar que o comprimento Ø da parte sobre a mesa é:
a) 40 cm
b) 20 cm
c) 15 cm
d) 60 cm
e) 30 cm


resposta:
[A]

origem:Uff-1997
tópico:
Optica

sub-grupo:

pergunta:Considere as seguintes proposições:

1- no foco de uma lente de óculos de pessoa míope, não se consegue concentrar a luz do Sol que a atravessa
2- lentes divergentes nunca formam imagens reais
3- lentes convergentes nunca formam imagens virtuais
4- lentes divergentes nunca formam imagens ampliadas, ao contrário das convergentes, que podem formá-las
5- dependendo dos índices de refração da lente e do meio externo, uma lente que é divergente em um meio pode ser convergente em outro

Com relação a estas proposições, pode-se afirmar que:
a) somente a 5 é falsa
b) a 1 e a 2 são falsas
c) a 1 e a 4 são falsas
d) somente a 3 é falsa
e) a 3 e a 5 são falsas



resposta:
[D]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:Gases

pergunta:Um gás ideal estava confinado à mesma temperatura em dois recipientes, 1 e 2, ligados por uma válvula inicialmente fechada. Os volumes dos recipientes 1 e 2 são 4Ø e 6Ø, respectivamente. A pressão inicial no recipiente 1 era de 4,8 atm.
Abriu-se a válvula e os conteúdos dos recipientes atingiram um estado final de equilíbrio à pressão de 2,4 atm e à mesma temperatura inicial.

imagem não disponivel


A percentagem do número total de moles de gás que ocupava o recipiente 1 antes da abertura da válvula era:
a) 60 %
b) 80 %
c) 50 %
d) 40 %
e) 20 %


resposta:
[B]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:O gráfico representa a transformação de um gás ideal que passa do estado I para o estado II e, depois, do estado II para o estado III.
Para que o gás passe do estado I para o II, é necessário que se lhe forneçam 100 kJ de calor; para que passe do estado II para o III, que se lhe retirem 50 kJ de calor. Sabe-se que a pressão do gás no estado I é de 100 kPa.

imagem não disponivel


Pode-se afirmar que a variação da energia interna do gás ao passar do estado I para o III é igual a:
a) zero
b) - 200 kJ
c) - 50 kJ
d) - 140 kJ
e) - 150 kJ


resposta:
[E]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:Marque a opção que apresenta a afirmativa falsa:
a) uma substância não existe na fase líquida quando submetida a pressões abaixo daquela de seu ponto triplo
b) a sublimação de uma substância é possível se esta estiver submetida a pressões mais baixas que a do seu ponto triplo
c) uma substância só pode existir na fase líquida se a temperatura a que estiver submetida for mais elevada que sua temperatura crítica
d) uma substância não sofre condensação a temperaturas mais elevadas que sua temperatura crítica
e) na Lua, um bloco de gelo pode passar diretamente para fase gasosa



resposta:
[C]

origem:Uff-1997
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:Uma tigela de alumínio com 180 g de massa contém 90 g de água a 0 °C em equilíbrio térmico. Fornecendo-se calor igual a 18 kcal ao sistema eleva-se a temperatura deste a 100 °C, iniciando-se a ebulição.
Dados:
calor específico da água = 1 cal/g°C
calor latente de vaporização da água = 540
cal/g
calor específico do alumínio = 0,2 cal/g°C
Nestas circunstâncias, a massa de água que se vaporiza é:
a) 20 g
b) 5 g
c) 15 g
d) 10 g
e) 25 g



resposta:
[D]

 


Próxima Página »

Página 1 de 11