Banco de dados de questões do vestibular Unifesp
questões de vestibulares
|

 

Questões Unifesp

REF. Pergunta/Resposta
origem:Unifesp-2002
tópico:
Mecanica

sub-grupo:Vetorial

pergunta:Na figura, são dados os vetores @, ¼ e «.

imagem não disponivel


Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor \ = @ - ¼ + « tem módulo
a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima.
b) 2u, e sua orientação é vertical, para baixo.
c) 4u, e sua orientação é horizontal, para a direita.
d) (Ë2)u, e sua orientação forma 45° com a horizontal, no sentido horário.
e) (Ë2)u, e sua orientação forma 45° com a horizontal, no sentido anti-horário.


resposta:
[B]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Mecanica

sub-grupo:

pergunta:Três corpos estão em repouso em relação ao solo, situados em três cidades: Macapá, localizada na linha do Equador, São Paulo, no trópico de Capricórnio, e Selekhard, na Rússia, localizada no círculo Polar Ártico. Pode-se afirmar que esses três corpos giram em torno do eixo da Terra descrevendo movimentos circulares uniformes, com
a) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em Macapá tem a maior velocidade tangencial.
b) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em São Paulo tem a maior velocidade tangencial.
c) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em Selekhard tem a maior velocidade tangencial.
d) as mesmas freqüência, velocidade angular e velocidade tangencial, em qualquer cidade.
e) freqüência, velocidade angular e velocidade tangencial diferentes entre si, em cada cidade.



resposta:
[A]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Mecanica

sub-grupo:

pergunta:Às vezes, as pessoas que estão num elevador em movimento sentem uma sensação de desconforto, em geral na região do estômago. Isso se deve à inércia dos nossos órgãos internos localizados nessa região, e pode ocorrer
a) quando o elevador sobe ou desce em movimento uniforme.
b) apenas quando o elevador sobe em movimento uniforme.
c) apenas quando o elevador desce em movimento uniforme.
d) quando o elevador sobe ou desce em movimento variado.
e) apenas quando o elevador sobe em movimento variado.



resposta:
[D]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Fisica

sub-grupo:Trabalho e energia

pergunta:O pequeno bloco representado na figura desce o plano inclinado com velocidade constante.

imagem não disponivel


Isso nos permite concluir que
a) não há atrito entre o bloco e o plano e que o trabalho do peso do bloco é nulo.
b) há atrito entre o bloco e o plano, mas nem o peso do bloco nem a força de atrito realizam trabalho sobre o bloco.
c) há atrito entre o bloco e o plano, mas a soma do trabalho da força de atrito com o trabalho do peso do bloco é nula.
d) há atrito entre o bloco e o plano, mas o trabalho da força de atrito é maior que o trabalho do peso do bloco.
e) não há atrito entre o bloco e o plano; o peso do bloco realiza trabalho, mas não interfere na velocidade do bloco.


resposta:
[C]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Fisica

sub-grupo:Trabalho e energia

pergunta:Avalia-se que uma pessoa sentada, estudando e escrevendo, consome em média 1,5 quilocalorias por minuto (1,0quilocaloria=4000 joules). Nessas condições, pode-se afirmar que a potência dissipada pelo seu organismo, agora, resolvendo esta prova, equivale, aproximadamente, à potência de
a) um relógio digital, de pulso.
b) uma lâmpada miniatura, de lanterna.
c) uma lâmpada incandescente comum.
d) um ferro elétrico.
e) um chuveiro elétrico.



resposta:
[C]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Mecanica

sub-grupo:Hidrostática

pergunta:O sistema de vasos comunicantes da figura contém água em repouso e simula uma situação que costuma ocorrer em cavernas: o tubo A representa a abertura para o meio ambiente exterior e os tubos B e C representam ambientes fechados, onde o ar está aprisionado.

imagem não disponivel


Sendo p a pressão atmosférica ambiente, p e pÝ as pressões do ar confinado nos ambientes B e C, pode-se afirmar que é válida a relação
a) p = p > pÝ.
b) p > p = pÝ.
c) p > p > pÝ.
d) p > p > pÝ.
e) p > pÝ > p.


resposta:
[D]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:Quando se mede a temperatura do corpo humano com um termômetro clínico de mercúrio em vidro, procura-se colocar o bulbo do termômetro em contato direto com regiões mais próximas do interior do corpo e manter o termômetro assim durante algum tempo, antes de fazer a leitura. Esses dois procedimentos são necessários porque
a) o equilíbrio térmico só é possível quando há contato direto entre dois corpos e porque demanda sempre algum tempo para que a troca de calor entre o corpo humano e o termômetro se efetive.
b) é preciso reduzir a interferência da pele, órgão que regula a temperatura interna do corpo, e porque demanda sempre algum tempo para que a troca de calor entre o corpo humano e o termômetro se efetive.
c) o equilíbrio térmico só é possível quando há contato direto entre dois corpos e porque é preciso evitar a interferência do calor específico médio do corpo humano.
d) é preciso reduzir a interferência da pele, órgão que regula a temperatura interna do corpo, e porque o calor específico médio do corpo humano é muito menor que o do mercúrio e do vidro.
e) o equilíbrio térmico só é possível quando há contato direto entre dois corpos e porque é preciso reduzir a interferência da pele, órgão que regula a temperatura interna do corpo.



resposta:
[B]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Fisica

sub-grupo:

pergunta:Costuma-se especificar os motores dos automóveis com valores numéricos, 1.0, 1.6, 1.8 e 2.0, entre outros. Esses números indicam também valores crescentes da potência do motor. Pode-se explicar essa relação direta entre a potência do motor e esses valores numéricos porque eles indicam o volume aproximado, em litros,
a) de cada cilindro do motor e, quanto maior esse volume, maior a potência que o combustível pode fornecer.
b) do consumo de combustível e, quanto maior esse volume, maior a quantidade de calor que o combustível pode fornecer.
c) de cada cilindro do motor e, quanto maior esse volume, maior a temperatura que o combustível pode atingir.
d) do consumo de combustível e, quanto maior esse volume, maior a temperatura que o combustível pode fornecer.
e) de cada cilindro do motor e, quanto maior esse volume, maior o rendimento do motor.



resposta:
[A]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Optica

sub-grupo:

pergunta:O gráfico da figura 1 representa a intensidade da radiação transmitida ou refratada (curva T) e a intensidade da radiação refletida (R) em função do ângulo de incidência da luz numa superfície plana de vidro transparente. A figura 2 mostra três direções possíveis - I, II e III - pelas quais o observador O olha para a vitrina plana de vidro transparente, V.

imagem não disponivel


Comparando as duas figuras, pode-se concluir que esse observador vê melhor o que está dentro da vitrina quando olha na direção
a) I e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na direção II.
b) I e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na direção III.
c) II e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na direção I.
d) II e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na direção III.
e) III e vê melhor o que a vitrina reflete quando olha na direção I.


resposta:
[B]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Ondulatoria

sub-grupo:

pergunta:Se você colocar a sua mão em forma de concha junto a um de seus ouvidos, é provável que você ouça um leve ruído. É um ruído semelhante ao que se ouve quando se coloca junto ao ouvido qualquer objeto que tenha uma cavidade, como uma concha do mar ou um canudo. A fonte sonora que dá origem a esse ruído
a) é o próprio ruído do ambiente, e a freqüência do som depende do material de que é feita a cavidade.
b) são as partículas do ar chocando-se com as paredes no interior da cavidade, e a freqüência do som depende da abertura dessa cavidade.
c) é o próprio ruído do ambiente, e a freqüência do som depende da área da abertura dessa cavidade.
d) são as partículas do ar chocando-se com as paredes no interior da cavidade, e a freqüência do som depende da forma geométrica da cavidade.
e) é o próprio ruído do ambiente, e a freqüência do som depende da forma geométrica da cavidade.



resposta:
[E]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Eletricidade

sub-grupo:

pergunta:Num livro de eletricidade você encontra três informações: a primeira afirma que isolantes são corpos que não permitem a passagem da corrente elétrica; a segunda afirma que o ar é isolante e a terceira afirma que, em média, um raio se constitui de uma descarga elétrica correspondente a uma corrente de 10000 amperes que atravessa o ar e desloca, da nuvem à Terra, cerca de 20 coulombs. Pode-se concluir que essas três informações são
a) coerentes, e que o intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica é de 0,002 .
b) coerentes, e que o intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica é de 2,0 s.
c) conflitantes, e que o intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica é de 0,002 s.
d) conflitantes, e que o intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica é de 2,0 s.
e) conflitantes, e que não é possível avaliar o intervalo de tempo médio de uma descarga elétrica.



resposta:
[C]

origem:Unifesp-2002
tópico:
Eletricidade

sub-grupo:

pergunta:Dispondo de um voltímetro em condições ideais, um estudante mede a diferença de potencial nos terminais de uma pilha em aberto, ou seja, fora de um circuito elétrico, e obtém 1,5 volt. Em seguida, insere essa pilha num circuito elétrico e refaz essa medida, obtendo 1,2 volt. Essa diferença na medida da diferença de potencial nos terminais da pilha se deve à energia dissipada no
a) interior da pilha, equivalente a 20% da energia total que essa pilha poderia fornecer.
b) circuito externo, equivalente a 20% da energia total que essa pilha poderia fornecer.
c) interior da pilha, equivalente a 30% da energia total que essa pilha poderia fornecer.
d) circuito externo, equivalente a 30% da energia total que essa pilha poderia fornecer.
e) interior da pilha e no circuito externo, equivalente a 12% da energia total que essa pilha poderia fornecer.



resposta:
[A]

 


Próxima Página »

Página 1 de 12