Exercícios mais comentados do banco de dados de questões de Geografia
questões de vestibulares
|
 

Exercícios mais comentados

REF. Pergunta/Resposta
vestibular:Mackenzie
tópico:Economia-Brasil

sub-grupo:
pergunta:Procurando criar no país estruturas portuárias satisfatórias incluindo transporte e armazenamento, o governo delimitou cinco corredores de exportação. Assinale entre as alternativas a seguir aquela que cita informações INCORRETAS sobre o assunto.
a) O corredor de São Paulo, com terminal em Santos, escoa a produção do estado e de Goiás.
b) O corredor do Maranhão, com terminais nos portos de Itaqui e Ponta da Madeira em São Luís, escoa a produção mineral do Projeto Carajás.
c) O corredor do Paraná, com terminal em Paranaguá, escoa a produção de café, soja e óleos vegetais provenientes do oeste do estado.
d) O corredor do Rio Grande do Sul, com terminal no porto do Rio Grande, escoa a produção de soja, carnes, fumo e manufaturados.
e) O corredor de Minas e Espírito Santo, com terminais em Vitória e Tubarão, escoa a produção pesqueira e siderúrgica dos estados Nordestinos.



resposta:[E]

vestibular:Unicamp
tópico:Geografia-Humana

sub-grupo:Urbanização Brasileira
pergunta:Interessantes soluções habitacionais têm surgido nas cidades brasileiras. Em Porto Alegre, 7 garotos compartilham um novo tipo de condomínio. (...) Diferente de outros condomínios do gênero, este é central; está a um passo de bancos, lojas, escritórios.
(Moacyr Scliar, "Folha de S. Paulo", 09/05/93)

Este texto faz referência a alguns garotos que vivem nos esgotos de Porto Alegre - "os ninjas do esgoto". Compare a "solução habitacional" encontrada pelos meninos com os condomínios de alto padrão.
a) Explique a coexistência, nas grandes cidades, de "soluções habitacionais" tão diferenciadas.
b) Por que os condomínios de alto padrão têm-se apresentado como opção de moradia para uma parcela da população?



resposta:

vestibular:Cesgranrio
tópico:Economia-Brasil

sub-grupo:Blocos Econômicos
pergunta:CRESCIMENTO DO MERCADO NO CONE SUL ACIRROU COMPETIÇÃO (George Vidor).

A criação da Autolatina ocorreu num período em que a indústria automobilística mundial estava atravessando uma fase de Associações múltiplas. As previsões para o mercado do Cone Sul, no entanto, eram pessimistas: acreditava-se que o Brasil produziria um milhão de veículos por ano, enquanto a Argentina ficaria na casa das cem mil unidades.
Hoje, a produção brasileira de veículos deverá ultrapassar a barreira de 1,5 milhão de unidades/ano. Na Argentina, são 350 mil carros por ano. O crescimento vertiginoso do mercado no Cone Sul deve ter estimulado a Ford a se retirar da Autolatina para disputar os espaços perdidos para a Fiat e a GM. Ambas estão expandindo as suas fábricas. A Ford precisará de agilidade para correr atrás.
"O GLOBO" - 02/09/94 P.24

A criação da AUTOLATINA ocorreu em 1987 entre a Volkswagen do Brasil e a Ford do Brasil. Embora a dissolução da AUTOLATINA, hoje, já esteja sendo cogitada, conforme foi visto, podemos continuar a usar seu exemplo para ilustrar empresas que administram associações e coligações entre duas ou mais firmas. Essas empresas são conhecidas como:
a) "franchisings".
b) monopólios.
c) "holdings".
d) guildas.
e) monopsônios.



resposta:[C]

vestibular:Ufpe
tópico:Economia-Mundial

sub-grupo:Indústrias
pergunta:Analise as proposições em relação ao processo de industrialização.
( ) A indústria moderna se caracteriza por uma grande divisão do trabalho e o seu ritmo depende basicamente das máquinas.
( ) As manufaturas tiveram o seu período áureo na Época Moderna (século XVI a XVIII).
( ) No sistema de manufaturas a energia básica é a eletricidade.
( ) A indústria moderna surgiu de fato com o Capitalismo.
( ) O artesanato surgiu com a Revolução Industrial, em fins do século XVIII.



resposta:V V F V F

vestibular:Pucrs
tópico:Economia-Brasil

sub-grupo:Política Econômico
pergunta:O governo de Juscelino Kubitschek (1956 a 1961) será lembrado pelo slogan "50 anos em 5", que significou para o Brasil, em termos reais,
a) uma obsessão industrialista, com a abertura do país para investimentos estrangeiros.
b) uma política paternalista em relação ao capital nacional.
c) um grande incentivo à exportação de produtos originados na agroindústria nacional.
d) a construção de Brasília, com recursos gerados pelo excedente de capitais oriundos das exportações de petróleo brasileiro.
e) investimentos estatais em indústrias automobilísticas que utilizavam tecnologia nacional.



resposta:[A]

vestibular:Uerj
tópico:Regioes-Brasileiras

sub-grupo:Brasil - Região Sudeste
pergunta:O Estado do Rio de Janeiro, na segunda metade do século XX, passou por um processo de esvaziamento econômico e político. Somente a partir dos anos de 1990, observa-se uma retomada do crescimento econômico e um aumento nos fluxos entre a capital e o interior fluminense.

Identifique:
a) duas causas para o esvaziamento econômico do Estado do Rio de Janeiro no período apontado acima;
b) duas dificuldades para que se consolide uma integração maior entre o interior do estado e sua região metropolitana.



resposta:

vestibular:Fuvest-gv
tópico:Economia-Mundial

sub-grupo:Indústrias
pergunta:A área mais industrializada do México situa-se:
a) na região central, no eixo Guadalajara, cidade do Méxido-Vera Cruz.
b) na Baixa Califórnia, por expansão da indústria da costa oeste americana.
c) ao longo da fronteira com os Estados Unidos, entre Ciudad Juarez e Monterrey.
d) ao sul de Vera Cruz, na Península do Yucatán.
e) na costa oeste, ao longo do Golfo da Califórnia.



resposta:[A]

vestibular:Unitau
tópico:Geografia-Humana

sub-grupo:Populações
pergunta:Na questão da regionalização, o mundo pode ser dividido segundo o nível tecnológico e de rendas; com base no modelo sócio-econômico e político e a regionalização tradicional. Quanto à industrialização pode-se dizer que são de industrialização tardia os países:
a) Cuba, Coréia do Sul, Uruguai e Bolívia.
b) Nigéria, Sudão, Zaire e Egito.
c) Argentina, México, Brasil e África do Sul.
d) Brasil, Iugoslávia, E.U.A. e Irã.
e) E.U.A., França, Japão e Alemanha.



resposta:[C]

vestibular:Uel
tópico:Geopolitica-Internacional

sub-grupo:Geopolítica Africana
pergunta:"Aproveitando a campanha global contra a pobreza, países africanos põem mais pressão nas nações ricas para que os ajudem no combate à fome, à doença e às guerras no continente. [...] Os lideres africanos deverão pedir ao G8 o cancelamento incondicional de todas as dívidas dos países mais pobres da África e a remoção das barreiras comerciais que impedem produtos africanos de chegar aos mercados das nações ricas[...]. O chanceler de Zâmbia, Ronnie Shikapwasha, disse que seu país já tem planos de como investir o que deixará de pagar com o perdão da dívida. Pretende aumentar suas provisões de drogas contra a Aids e contratar vários milhares de novos professores".
("Folha de S. Paulo", São Paulo, 4 jul. 2005. Mundo, p. A10.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir.

I. Os processos globais de ampliação da integração comercial e financeira entre os países afetam diferencialmente as várias regiões do planeta e, no caso da África, seus efeitos são marcadamente de exclusão, pois os fluxos de investimentos e de mercadorias são reduzidos, se comparados a outras regiões.
II. Assim como outros países pobres da África, Zâmbia, nação citada no texto, sofreu uma redução do valor de seu IDH, indicando um agravamento dos problemas sociais, especialmente com relação à epidemia de Aids.
III. As condições ambientais que, em virtude dos climas áridos da porção Norte da África, afetam a produção de energia elétrica e prejudicam o desempenho das agroindústrias, estão no cerne dos problemas de exclusão comercial do continente.
IV. Dentre os fatores que afetam o comércio externo em grande parte dos países da África Subsaariana, inclui-se a insuficiência do sistema de transporte, agravada pela deterioração das redes ferroviárias e rodoviárias.

Estão corretas apenas as afirmativas:
a) I e II.
b) I e III.
c) III e IV.
d) I, II e IV.
e) II, III e IV.



resposta:[D]

vestibular:Pucrs
tópico:Economia-Brasil

sub-grupo:Agropecuária
pergunta:Responder à questão com base nas afirmativas.

A realidade rural brasileira apresenta acentuadas contradições, como, por exemplo:

I. A expansão das fronteiras agrícolas através do capitalismo investidor, pelo qual grandes grupos industriais tornam-se proprietários rurais.
II. Grandes áreas agrícolas reduzidas a monoculturas exportadoras, como no interior de São Paulo, onde os extensos laranjais fornecem matéria-prima para sucos destinados à exportação.
III. A substituição do sistema de colonato pelo trabalho temporário de bóias-frias.
IV. O aumento de subsídios governamentais para o pequeno produtor, objetivando o abastecimento interno e a conseqüente baixa dos preços ao consumidor.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas as da alternativa
a) I e II
b) I, II e III
c) I e III
d) II e IV
e) III e IV



resposta:[B]

vestibular:Fgv
tópico:Questoes-ambientais-geral

sub-grupo:Biodiversidade
pergunta:Dependendo da referência utilizada, pode variar bastante a importância de cada país no mundo. No mapa a seguir, não se adotou a extensão territorial dos países como critério para delimitar a proporção dos espaços que eles ocupam no Globo. O referencial utilizado foi:
(imagem abaixo)

a) A biodiversidade, relacionada ao número de espécies animais e vegetais existentes.
b) A participação percentual da agricultura na economia.
c) As principais jazidas de minerais metálicos e combustíveis fósseis.
d) A população, correspondendo à quantidade de habitantes presentes no mundo.
e) As taxas de urbanização, em porcentagem da população total.


resposta:[A]

vestibular:Pucrs
tópico:Geografia-Humana

sub-grupo:Populações
pergunta:Responder à questão com base nos gráficos da evolução da população mundial e nas afirmativas a seguir.
(imagem abaixo)

Com relação aos gráficos 1 e 2, afirma-se:

I. O gráfico 1 refere-se a países desenvolvidos, pois o crescimento vegetativo em 1955 não foi significativo se comparado ao gráfico 2.
II. O gráfico 2 refere-se a países subdesenvolvidos devido ao grande aumento demográfico ocorrido entre 1955 e 1975, em função da evolução médico-sanitária que diminuiu as taxas de mortalidade.
III. A urbanização foi um dos fatores que influenciaram na diminuição do crescimento vegetativo do gráfico 2, refletindo-se nas questões das taxas de natalidade.
IV. Em ambos os gráficos o equilíbrio do crescimento populacional ocorre em diferentes épocas, porém o gráfico 1 sempre se mantém com índices de natalidade e mortalidade menos elevados.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas as da alternativa
a) I, II e III
b) I, II, III e IV
c) I, II e IV
d) II e III
e) III e IV


resposta:[A]

 


Próxima Página »

Página 1 de 69