Banco de dados de questões sobre Extrativismo Vegetal
questões de vestibulares
|
 

Questões Extrativismo Vegetal

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Discuta o avanço do desmatamento nas florestas tropicais brasileiras, destacando:
a) as possíveis alterações ambientais que dele decorrem;
b) a validade do papel de "pulmão" desempenhado pelas florestas.



resposta:a) Destruição da biodiversidade;Genocídio e etnocídio das nações indígenas;Erosão e empobrecimento dos solos;Enchentes e assoreamento dos rios;Elevação das temperaturas;Desertificação;Proliferação de pragas e doenças.
b) Não cumpre o papel, pois o oxigênio produzido de dia é consumido à noite.

origem:Fuvest
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:O mapa a seguir destaca as áreas mais atingidas por desmatamentos, ressaltando a ocorrência do fenômeno nas áreas periféricas da Amazônia Legal.
(imagem abaixo)

Explique por que o desmatamento ocorre nestas áreas, destacando o tipo de vegetação dominante e o processo de ocupação econômica.



resposta:

origem:Unicamp
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Por volta de 1928 Henry Ford queria o império da borracha sob o domínio americano. Como sabia do malogro das experiências de seu amigo Thomas Edison no sentido de plantar seringueiras nos Estados Unidos, decidiu plantá-las no Amazônia, sua região de origem. Organizar seringais homogêneos, distribuídos simetricamente no solo original era a tarefa. Plantadas, floresceram com exuberância durante um certo tempo. Entretanto, o milhão de pés de seringueiras começou a definhar sob o sol. Na Amazônia triunfava o desordenado da selva contra a disciplina do exército de seringal. Em 1946, Ford retira-se da Amazônia.
(adaptado de Vianna Moog, "BANDEIRANTES e PIONEIROS - paralelos entre duas culturas", Rio de Janeiro, Delta, 1966)

a) Qual foi o período áureo da produção da borracha na região norte do Brasil e quais as razões do declínio dessa produção?
b) Explique, do ponto de vista das condições naturais, o fracasso das plantações dos seringais homogêneos de Mr. Ford na Amazônia.




resposta:

origem:Puccamp
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Considere o texto apresentado a seguir.

"Na Amazônia, as madeireiras abrem brechas enormes na vegetação. Espaços de pastagens homogêneas substituem a mata. Culturas agrícolas de mercado se espalham extensivamente sobre antigas áreas florestadas. A vegetação original não se regenera e a erosão pluvial age de forma destruidora."

Assinale a alternativa que exprime o conteúdo do texto.
a) A coexistência da floresta com as atividades produtivas tem representado um dos obstáculos ao desenvolvimento da Amazônia.
b) O ecossistema amazônico, muito resistente, tem impedido a ocupação efetiva de seu espaço e tornado a região pouco atraente aos investimentos.
c) A rápida ocupação empresarial e capitalista, na Amazônia, tem provocado interferências profundas e irreversíveis no meio Amazônico.
d) As condições ambientais ligadas ao clima quente e muito úmido têm acentuado a dificuldade de ocupação permanente da Amazônia.
e) O aumento do número de pequenas e médias propriedades para o desenvolvimento de atividades produtivas na Amazônia tem representado verdadeiros desastres ecológicos.




resposta:[C]

origem:Unirio
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:O espaço natural é formado por um conjunto de elementos que, ao serem aproveitados pelas sociedades, transformam-se em recursos. Assim sendo, em relação à região do Canadá em destaque no mapa a seguir, pode-se afirmar corretamente que:
a) se refere às grandes florestas homogêneas da taiga canadense, cujo aproveitamento favorece o desenvolvimento da indústria de papel e celulose nesse país.
b) é a zona por excelência das pradarias centrais, tradicionalmente ocupada pela pecuária de corte e pela pecuária leiteira.
c) representa o grande domínio da floresta temperada, já bastante devastada, como resultado da grande expansão urbana nessa região, principalmente em sua parte central.
d) abrange a região de tundra que, apesar de refletir o rigor do clima local, favorece, por ser rasteira, a formação de amplas pastagens naturais.
e) abrange a faixa de tundra que, ao favorecer a produção de papel, contribuiu para transformar o Canadá num dos maiores exportadores desse produto.



resposta:[A]

origem:Fgv
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Responda à questão com base na tabela a seguir.
(imagem abaixo)

Em 1994, quase 50% da produção de borracha, no Brasil, foram garantidos pelo Estado de São Paulo. Esse fato, aparentemente estranho, pode ser melhor entendido se lembrarmos que:
a) os Estados da Região Norte foram, tradicionalmente, os grandes produtores de látex do Brasil, mas São Paulo apresenta condições ecológicas idênticas às da Amazônia.
b) a seringueira, principal produtora de látex, é nativa da Floresta Amazônica, porém, o progresso tecnológico desenvolveu formas para seu cultivo em todas as partes do mundo.
c) a tecnologia de produção do látex desenvolveu-se muito, a ponto de a seringueira poder ser cultivada em quaisquer tipo de solo e clima sem grandes investimentos.
d) a proximidade dos grandes centros consumidores pode ajudar a explicar os investimentos aplicados no cultivo da seringueira em São Paulo e seu volume de produção no País.
e) todos os Estados da Região Norte produzem mais borracha extraída dos seringais cultivados do que dos seringais nativos.



resposta:[D]

origem:Puccamp
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Vivendo há mais de um século subordinados a relações quase servis de trabalho, criando seus filhos a durante gerações num mesmo espaço da floresta amazônica, extraindo o látex e a castanha-do-pará - sem ter precisado para isso mais do que pequenas clareiras na mata - os habitantes da floresta lutam pela concretização das RESERVAS EXTRATIVISTAS que representam
a) experiências de colonização com a introdução de programas tecnológicos, econômicos e sociais para promoverem a elevação do nível de vida da população local.
b) a transformação das áreas ocupadas em espaços agrícolas e pecuários rentáveis e modernos.
c) uma subdivisão da área florestal em lotes individuais de acordo com os módulos rurais regionais.
d) uma proposta de exploração racional para a preservação da floresta e que garanta a elevação do nível de vida da população local.
e) a volta do sistema de "aviamento" onde o empresário capitalista responsabiliza-se pelo escoamento da produção.




resposta:[D]

origem:Fuvest
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:"Em todas as partes trabalham muitos homens. Eles vêm de longe, até de países vizinhos. Com facões eles cortam as folhas de sisal rente ao solo. Elas são amarradas em feixes e levadas imediatamente para a fábrica, pois o calor provocaria rapidamente sua fermentação ou apodrecimento. As folhas são esmagadas por máquinas, restando apenas as fibras duras, que são secas ao sol e separadas por crianças, retornando então à fábrica onde são preparadas e prensadas. São a seguir conduzidas até o porto mais próximo e embarcadas para a Europa, onde serão transformadas em cordas, cadarços, tapetes, sacarias ou isolantes térmicos e acústicos na moderna construção civil."

Sistemas agrários e agroindústrias semelhantes ao descrito, embora com outros produtos, podem ser encontrados em:
a) Índia, China e Japão.
b) Alemanha, Estados Unidos e Zaire.
c) México, Argentina e Suécia.
d) Angola, Indonésia e Brasil.
e) Austrália, Quênia e União Soviética.




resposta:[D]

origem:outros vestibulares
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Indique qual é a parte da carnaúba de onde se extraí cada um dos seguintes produtos: Tintas, alimento para o gado, cordas, óleo de cozinha e medicamentos.

a) fruto
b) semente
c) raízes
d) folhas
e) cera




resposta:

origem:Mackenzie
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Produto de origem amazônica, levado para a Bahia em fins do século XIX, é artigo de grande aceitação mundial e o Brasil já foi o maior produtor.
Trata-se do:
a) café.
b) cacau.
c) algodão.
d) milho.
e) fumo.




resposta:[B]

origem:outros vestibulares
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Qual é a diferença entre agricultura e extrativismo vegetal?



resposta:

origem:outros vestibulares
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:Extrativismo Vegetal

pergunta:Como é chamada a floresta de coníferas da Rússia, e qual é seu aproveitamento econômico?



resposta:

 


Próxima Página »

Página 1 de 3