Banco de dados de questões do vestibular Ufscar
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufscar

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufscar-2004
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Fontes de Energia

pergunta:O setor petrolífero sofreu mudanças consideráveis desde a crise mundial do petróleo em 1973. Atualmente, o setor petrolífero brasileiro apresenta como característica:
a) diminuição da dependência de importação de petróleo bruto, apesar de ainda importarmos cerca de 50% do consumo do país.
b) maior volume de extração em terra do que em plataformas marítimas, com o início da produção na jazida de Urucu (AM).
c) menor custo para extração de petróleo na plataforma continental do que em poços terrestres, em função da tecnologia de prospecção em profundidade.
d) as principais áreas produtoras referem-se ao Sudeste e ao Nordeste, sendo que ao Rio de Janeiro cabe mais da metade do petróleo extraído no Brasil.
e) monopólio total do Estado na comercialização dos derivados de petróleo, diferentemente do que ocorre com outros setores energéticos brasileiros.



resposta:
[D]

origem:Ufscar-2005
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Fontes de Energia

pergunta:A ampliação e a diversificação da matriz energética brasileira é uma necessidade frente às possibilidades de retomada do crescimento econômico e industrial do país. O mapa ilustra o gasoduto Bolívia-Brasil.
(imagem abaixo)

(www.ecen.com/10.08.2004)

Sobre o gás natural e seu uso como fonte energética no Brasil, é correto afirmar que:
a) o gás natural é um recurso mineral renovável, encontrado em bacias sedimentares e formado pela decomposição de matéria orgânica em ambientes periglaciais.
b) a substituição do petróleo e do carvão mineral e vegetal por gás natural, apesar de reduzir custos, não é recomendável, pois o gás é mais poluente que os demais.
c) o gasoduto, que no Brasil passa somente por Estados do Centro-Sul, é responsável pelo fornecimento de gás natural a importantes atividades industriais.
d) a construção do gasoduto pode representar o esgotamento rápido do gás natural boliviano, pois além do Brasil, a Bolívia abastece ainda a Argentina, que não possui reservas deste recurso.
e) após a construção do gasoduto, o gás natural passou a ser a fonte de energia mais consumida no país, pelo baixo custo de sua obtenção e facilidade de distribuição.


resposta:
[C]

origem:Ufscar-2005
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Blocos Econômicos

pergunta:Observe os dados apresentados na tabela.
(imagem abaixo)

Na tabela, os números 1, 2, 3 e 4 representam, respectivamente, as regiões brasileiras:
a) Sudeste, Sul, Nordeste e Centro-Oeste.
b) Sul, Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste.
c) Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste.
d) Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.
e) Sudeste, Centro-Oeste, Sul e Nordeste.


resposta:
[E]

origem:Ufscar-2005
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Política Econômico

pergunta:A política de manutenção de um "Estado-Mínimo", preconizada pela doutrina neoliberal adotada no Brasil a partir da década de 1990, gerou forte desestatização da economia, com a privatização de empresas estatais.
Com relação a esse tema, é correto afirmar que, no Brasil,

a) houve redução significativa do déficit público e do grau de endividamento externo do país.
b) os setores de telecomunicações e energia elétrica estiveram entre os alvos preferenciais dos investidores estrangeiros.
c) foram privatizadas somente as empresas que compunham setores deficitários da economia estatal.
d) o setor ferroviário, por ter ficado fora do processo de privatização, não se modernizou e mantém sua malha totalmente sucateada.
e) os investimentos estrangeiros foram liderados por Japão, Alemanha e países chamados de Tigres Asiáticos.



resposta:
[B]

origem:Ufscar-2005
tópico:
Questoes-ambientais-Brasil

sub-grupo:Preservação do Solo

pergunta:Observe alguns critérios técnicos para instalação de aterro sanitário para destinação final de resíduos sólidos domiciliares em áreas urbanas e o croqui de uma área hipotética.

CRITÉRIOS TÉCNICOS
1 - A área do aterro deve estar fora de qualquer Unidade de Conservação Ambiental.
2 - Deve se situar a mais de 200 metros de corpos d água relevantes como rios, lagos, lagoas e oceanos.
3 - Não pode estar a menos de 1000 metros de núcleos residenciais com 200 habitantes ou mais.
4 - Não pode se localizar próximo a áreas de decolagem e aterrissagem de aeronaves.
5 - O solo deve apresentar certo grau de impermeabilidade, dificultando a contaminação do aqüífero.
(Adaptado de Norma NBR 10.157 da ABNT, www.resol.com.br)
(imagem abaixo)

Considerando as informações apresentadas, o local mais adequado para a instalação de um aterro sanitário nessa cidade é o ponto

a) A, localizado a nordeste da rede de drenagem, ao norte do horto municipal e na porção oriental do aeroclube.
b) B, localizado a oeste do aeroclube, a nordeste do horto e na porção setentrional do bairro residencial.
c) C, localizado ao norte da rodovia, a nordeste do horto e a leste da área de solo argiloso.
d) A, localizado na porção setentrional do horto, a oeste do aeroclube e a noroeste do bairro residencial.
e) C, localizado a noroeste do bairro residencial, a nordeste do horto e na porção meridional do solo argiloso.


resposta:
[D]

origem:Ufscar-2004
tópico:
Questoes-ambientais-Brasil

sub-grupo:Biodiversidade

pergunta:Acerca da importância da biodiversidade brasileira, o Secretário do Conselho de Gestão do Patrimônio Genético do Ministério do Meio Ambiente afirmou:

"Os números da biodiversidade brasileira impressionam. Dentro dos países megadiversos, o Brasil ocupa o primeiro lugar, fruto de sua extensão territorial e posição geográfica. Estima-se que o país possua entre 15% e 20% do total de espécies de seres vivos da Terra. Apesar do gigantismo, pouco se conhece sobre a biodiversidade brasileira, pois apenas 10% das espécies conhecidas foram catalogadas."
(Revista "Galileu", dezembro de 2002.)

Fazendo-se uma análise dos dados apresentados e dos interesses que envolvem a questão, pode-se afirmar que
a) a existência de um grande patrimônio genético ainda pouco conhecido garantirá ao Brasil uma posição econômica hegemônica entre as nações no século XXI.
b) a biodiversidade brasileira só poderá ser mantida a partir de políticas que impeçam a exploração dos recursos florestais brasileiros, especialmente na Amazônia.
c) a garantia de que a biodiversidade brasileira e mundial poderá ser explorada de forma racional depende do cumprimento do Protocolo de Kyoto, assinado em 1997.
d) a riqueza de nossa biodiversidade eleva a importância do Brasil no cenário mundial, no que se refere às questões ambientais e, também, nos aspectos econômicos.
e) o atraso da pesquisa científica, no Brasil, demonstra a necessidade de gerenciamento da biodiversidade existente por parte de países mais desenvolvidos.



resposta:
[D]

origem:Ufscar-2004
tópico:
Territorios-Internacionais

sub-grupo:

pergunta:A cordilheira dos Andes e o planalto Meridional brasileiro representam duas das mais importantes estruturas de relevo da América do Sul. A origem geológico-geomorfológica de cada uma dessas estruturas, pela ordem, é:
a) Cadeia orogênica do Terciário, com formação ligada à tectônica das placas/Área de sedimentação Paleozóica, com depósitos vulcano-Mesozóicos.
b) Cadeia orogênica do Arqueozóico, com formação ligada à ação vulcânica/Área de fraturas e falhas, ligada à formação do oceano Atlântico.
c) Cadeia sedimentar Quaternária, com formação ligada à tectônica das placas/Área sedimentar Cenozóica, com predomínio de depósitos fluvio-eólicos.
d) Cadeia do Terciário, com formação ligada aos movimentos epirogenéticos/Área cristalina Arqueozóica, com presença de depósitos aluvionais recentes.
e) Cadeia orogênica do Arqueano, com formação ligada à atividade vulcânica/Área cratônica Paleozóica, com predomínio de depósitos metamórficos e magmáticos.



resposta:
[A]

origem:Ufscar-2004
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:Indústrias

pergunta:A industrialização norte-americana começou no nordeste do país e se espalhou pela região dos Grandes Lagos, com setores como o siderúrgico, o naval e o automobilístico.
Esse foi, durante muito tempo, o padrão espacial predominante nos Estados Unidos. Contudo, com a revolução técnico-científica e informacional, novos padrões de distribuição industrial foram produzidos, gerando um processo de descentralização e de reorganização territorial da atividade produtiva. Considerando o processo descrito, responda.
a) Quais tipos de indústrias caracterizam o novo padrão industrial americano?
b) Onde se localizam essas indústrias e quais fatores justificam tal localização?



resposta:


origem:Ufscar-2005
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:

pergunta:O que chamo de a mais nova divisão internacional do trabalho está disposta em quatro posições diferentes na economia informacional/global: produtores de alto valor com base no trabalho informacional; produtores de grande volume baseado no trabalho de mais baixo custo; produtores de matérias-primas que se baseiam em recursos naturais; e os produtores redundantes, reduzidos ao trabalho desvalorizado (...) A questão crucial é que estas posições diferentes não coincidem com os países. São organizadas em redes e fluxos, utilizando a infra-estrutura tecnológica da economia informacional (...)
(Manuel Castells, "A sociedade em rede".)

Considerando as informações contidas no trecho e as alterações no espaço geográfico a partir da Revolução Informacional, é correto afirmar que:
a) a nova divisão internacional do trabalho é uma reprodução da clássica divisão, pois há espaços geográficos de alto valor informacional (países centrais) e outros de trabalho desvalorizado (países da periferia).
b) o desenvolvimento tecnológico na área de informação, ao reorganizar os fluxos de capital e de pessoas, criou uma rede hierarquizada e cristalizada de novos países informatizados.
c) as "cidades globais" Nova Iorque, Otawa e Rio de Janeiro são espaços geográficos exclusivos dos produtores de alto valor do trabalho informacional, representando, portanto, os ícones da nova divisão internacional do trabalho.
d) as quatro posições descritas podem ocorrer simultaneamente num mesmo país, visto que a nova divisão internacional do trabalho não ocorre entre países, mas entre agentes econômicos organizados em sistemas de redes e fluxos.
e) estão excluídos da nova divisão internacional do trabalho os países de economia dependente, porque não são capazes de produzir tecnologia de ponta, o que os impede de participar do sistema de redes e fluxos.



resposta:
[D]

origem:Ufscar-2005
tópico:
Economia-Mundial

sub-grupo:

pergunta:Após a Segunda Guerra, principalmente a partir dos anos de 1980, cresceu o fluxo de capitais especulativos no mundo, inaugurando o que é conhecido como "globalização financeira".

a) Qual a relação entre o aumento dos fluxos de capital especulativo no mundo e o avanço dos setores de informática e telecomunicações?
b) Qual a política usualmente adotada pelos países emergentes para atrair capitais especulativos e quais os principais efeitos negativos desta política?



resposta:


origem:Ufscar-2004
tópico:
Questoes-ambientais-geral

sub-grupo:Preservação de Recursos Hidrícos

pergunta:Observe os dados.
(imagem abaixo)

(Adaptado de "Pearson apud Sene" & Moreira, 2002 e "World Bank Atlas", 2000.)

a) Por que a água é considerada um recurso escasso?
b) Indique fatores de ordem climática que justifiquem a maior disponibilidade de água na América Latina e Caribe e a menor disponibilidade no Oriente Médio e Norte da África.


resposta:


origem:Ufscar-2004
tópico:
Questoes-ambientais-geral

sub-grupo:Biodiversidade

pergunta:O lixo produzido no mundo aumentou três vezes mais do que a população, nos últimos 30 anos. No planeta, são despejados, anualmente, 30 bilhões de toneladas de resíduos sólidos. Esses são gerados, sobretudo, nos países ricos e se concentram nas grandes cidades, causando grande preocupação sobre seu destino.

a) O destino do lixo pode assumir formas bastante variadas. Indique duas formas usuais de destino do lixo residencial em áreas urbanas.
b) Quais relações podem se estabelecer entre a composição do lixo doméstico e os níveis de riqueza dos países?



resposta: