Banco de dados de questões do vestibular Fuvest-1996 - perguntas e respostas comentadas
questões de vestibulares
|
 

Questões Fuvest-1996

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Cartografia Brasil

pergunta:Indique o perfil topográfico que corresponde à linha xy na figura a seguir.


resposta:
[D]

origem:Fuvest
tópico:
Questoes-ambientais-geral

sub-grupo:Preservação do Solo

pergunta:A partir de 1950, cerca da metade das florestas tropicais úmidas do Globo foram derrubadas. Esse desflorestamento, embora com taxas variáveis de área para área, vem ocorrendo principalmente em grandes porções
a) da América Latina, do norte da África e do sudeste da Ásia.
b) da América Central, do centro-oeste da África e do centro-sul da Austrália.
c) da América Latina, do centro-oeste da África e do sudeste da Ásia.
d) do norte da América do Sul, do centro-leste da África e do norte da Austrália
e) do centro-leste da América do Sul, do centro da África e do noroeste da Ásia.



resposta:
[C]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Cartografia Brasil

pergunta:A figura a seguir é um trecho, em escala, da planta da cidade de São Paulo, nas vizinhanças da Avenida Paulista. Escolha a melhor estimativa das distâncias, em metros, entre as ruas transversais à Avenida da Paulista, indicadas por algarismos romanos.
(imagem abaixo)

a) I - II = 200,
I - III = 700,
I - IV = 940,
I - V = 1100.

b) II - I = 200,
II - III = 700,
II - IV = 600,
II - V = 900.

c) III - I = 700,
III - II = 600,
III - IV = 240,
III - V = 400.

d) IV - I = 940,
IV - II = 700,
IV - III = 400,
IV - V = 200.

e) V - I = 1100,
V - II = 900,
V - III = 200,
V - IV = 400.


resposta:
[C]

origem:Fuvest
tópico:
Questoes-ambientais-geral

sub-grupo:Preservação do Solo

pergunta:No Mapa estão assinaladas áreas situadas tanto em países desenvolvidos quanto subdesenvolvidos e que apresentam um problema ecológico comum produzido por intensa atividade humana, sobretudo a construção de extensas redes de irrigação ou outras obras hidráulicas. O texto refere-se à
(imagem abaixo)

a) desertificação.
b) lixiviação.
c) denudação.
d) laterização.
e) salinização.


resposta:
[E]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Relevo Brasil

pergunta:É muito comum que se faça referência a uma grande porção de terras genericamente chamada de "planalto brasileiro". Analisando-a, constata-se que esta denominação é
a) correta, pois apesar das diferentes estruturas geológicas, a unidade desse planalto está na homogeneidade das formas de relevo encontradas.
b) discutível, pois a identidade desse planalto reside no predomínio das baixas altitudes e não nas semelhanças geológicas.
c) cientificamente correta, pois sua unidade está relacionada aos processos de formação semelhantes, destacando-se a acentuada atividade tectônica recente.
d) correta, pois sua localização em área de clima tropical tornou semelhantes os processos erosivos responsáveis pelas formas de relevo encontradas.
e) discutível, pois neste conjunto encontram-se tanto estruturas geológicas como formas de relevo muito distintas.



resposta:
[E]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Relevo Brasil

pergunta:Da ação de solapamento realizada pelas ondas do mar na costa brasileira resulta uma forma de relevo escarpado, que se apresenta, geralmente, mais vertical nas formações sedimentares que nas cristalinas. São
a) os tômbolos.
b) os "pães-de-açúcar".
c) as falésias.
d) os canyons.
e) os fjords.



resposta:
[C]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Clima Brasil

pergunta:A leitura desta carta sinótica permite afirmar que as condições do tempo nas cidades indicadas são, mais provavelmente:
(imagem abaixo)

a) estáveis, com temperatura em ligeiro declínio a fraca probabilidade de chuvas, em Curitiba e Belo Horizonte.
b) instáveis, com chuvas esparsas e temperatura em ascensão, em São Paulo e Brasília.
c) instáveis, com fortes chuvas, alto teor de umidade e temperatura estável, em Brasília e Manaus.
d) instáveis, com céu encoberto, chuvas e temperatura em declínio, em São Paulo e Curitiba.
e) estáveis, com céu claro, baixo teor de umidade e temperatura em ascensão, em Porto Alegre e São Paulo.


resposta:
[D]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Clima Brasil

pergunta:"Lá um dia, para as cordas das nascentes do Paraíba, via-se, quase rente do horizonte, um abrir longínquo e espaçado de relâmpago era inverno na certa no alto sertão. As experiências confirmavam que com duas semanas de inverno o Paraíba apontaria na várzea com sua primeira cabeça d água. O rio no verão ficava seco de se atravessar a pé enxuto. Apenas, aqui e ali, pelo seu leito, formavam-se grandes poços, que venciam a estiagem."
[J. L. do Rego - MENINO DE ENGENHO, cap. 13]

O texto anterior faz referência, direta e indiretamente, a aspectos da paisagem natural observados na sub-região do Sertão Nordestino, tais como:
a) clima tropical semi-árido, predominância de rios intermitentes, com padrão de drenagem exorréica.
b) clima tropical úmido a leste e semi-árido a oeste, rios perenes e intermitentes, com padrão de drenagem endorréica.
c) clima tropical, rios predominantemente perenes, com padrão de drenagem exorréica.
d) clima tropical semi-árido a leste e úmido a oeste, rios temporários, com padrão de drenagem endorréica.
e) clima tropical mais úmido no inverno e mais seco no verão, rios temporários, com padrão de drenagem arréica.



resposta:
[A]

origem:Fuvest
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Agropecuária

pergunta:Nos últimos 20 anos, houve mudanças na participação relativa dos estados brasileiros de maior produção de café. Devido
a) à opção pelo plantio de cafés finos, à existência de solos favoráveis e clima com menor risco de geadas, Minas Gerais foi o que mais cresceu.
b) à erradicação dos velhos cafezais em 1980 e sua substituição por cafés finos, o Rio de Janeiro está hoje entre os três maiores produtores.
c) ao encarecimento da mão-de-obra e à erosão dos solos das lavouras do Vale do Paraíba, São Paulo acusou a maior queda.
d) à introdução de modernas técnicas de cultivo, o Paraná superou a produção de todos os estados do Sudeste.
e) ao aproveitamento de sua topografia favorável e à chegada de mão-de-obra abundante e barata, o Espírito Santo registrou o maior crescimento.



resposta:
[A]

origem:Fuvest
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:

pergunta:A análise das vias de circulação no Brasil revela
a) a expansão da rede ferroviária, em relação às décadas anteriores, como medida prioritária para a redução de custos
b) o investimento maciço em hidrovias, em função do Mercosul, embora o custo do transporte fluvial de cargas supere o do transporte ferroviário.
c) o descaso com a modernização de seus portos marítimos, considerados os mais baratos do mundo para o transporte de carga internacional.
d) o subaproveitamento das potencialidades naturais do país, pois em áreas de rios navegáveis o transporte rodoviário, mais caro, supera o fluvial.
e) a opção pela rodovia como principal meio de transporte de carga, seguindo o padrão dominante nos EUA, Japão a Europa Ocidental.



resposta:
[D]

origem:Fuvest
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Relevo Brasil

pergunta:Este perfil a seguir representa as formas de relevo e a cobertura vegetal primitiva que seriam vistas num trajeto, em linha reta, entre as cidades brasileiras A e B. Elas são, respectivamente,
(imagem abaixo)

a) Florianópolis o Cuiabá.
b) Campos do Jordão a Cuiabá.
c) Curitiba a Campo Grande.
d) Campos do Jordão e Corumbá.
e) Curitiba e Corumbá.


resposta:
[E]

origem:Fuvest
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Indústrias

pergunta:No período compreendido entre os anos JK e o final do governo Geisel, o Brasil apresentou, entre outras características econômicas,
a) o predomínio da substituição de importações de bens de consumo e a redução das disparidades regionais.
b) grande desenvolvimento industrial dependente de tecnologia e capitais estrangeiros e maior intervenção do Estado na economia.
c) grande expansão das empresas industriais de capitais nacionais, privados e estatais, e declínio da dívida externa.
d) o predomínio da substituição de importações de bens de consumo e menor intervenção do Estado na economia.
e) grande desenvolvimento industrial dependente de tecnologia e capitais estrangeiros e a redução de disparidades regionais.



resposta:
[B]

 


Próxima Página »

Página 1 de 3