Banco de dados de questões do vestibular Ufrn-2004 - perguntas e respostas comentadas
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufrn-2004

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufrn
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Clima Brasil

pergunta:A produção do espaço do município de Martins, localizado na microrregião de Umarizal-RN, está atrelada, historicamente, à agropecuária. No curso dos últimos tempos, o turismo tem se apresentado como um novo elemento dessa produção, graças às potencialidades turísticas do município, especialmente as vinculadas às baixas temperaturas, resultantes do relevo predominante. Essa relação entre baixas temperaturas e relevo implica que,
a) quanto mais elevadas as altitudes, menores as temperaturas, em virtude da maior concentração de gases e irradiação de calor no município.
b) quanto maior a altitude, menor a retenção de calor nas camadas da atmosfera, diminuindo, dessa forma, a temperatura local.
c) quanto maior a altitude, maior será a umidade, facilitando a retenção de calor e a concentração de gases na atmosfera local.
d) quanto mais elevadas as altitudes, maior será a circulação atmosférica, tendo em vista a maior absorção e irradiação de calor no município.




resposta:
[B]

origem:Ufrn
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Clima Brasil

pergunta:Os cartogramas 1 e 2 representam, respectivamente, a classificação climática do Brasil, segundo Arthur Strahler, e as massas de ar que atuam no território brasileiro.
(imagem abaixo)

Adaptado de: VESENTINI, J. W. "Brasil: sociedade e espaço". São Paulo: Ática, 1999. p. 242-243.

Interpretando esses cartogramas, podemos afirmar que,
a) no encontro da Massa Tropical Continental com a Massa Polar Atlântica, forma-se a Frente Polar Atlântica, responsável pelas chuvas de verão no semi-árido.
b) nas áreas tropicais, atuam massas de ar quentes e frias, ocorrendo fortes precipitações pluviométricas e o fenômeno das geadas.
c) na maior parte do território brasileiro, predominam os climas quentes, tendo em vista a atuação das Massas Equatoriais e Tropicais.
d) na região Sul do Brasil, onde predomina o clima subtropical, a Massa Polar Atlântica é responsável pelos invernos rigorosos, provocando o fenômeno da friagem.



resposta:
[C]

origem:Ufrn
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Vegetação Brasil

pergunta:A partir das duas últimas décadas do século XX, vem se intensificando a utilização de áreas de mangues para a prática da carcinicultura. Essa atividade é importante para a economia do Rio Grande do Norte, tendo motivado amplas discussões, quer seja pela sua condição de atividade geradora de emprego, quer pelos problemas ambientais provocados.

Explique por que a intensificação da carcinicultura provoca alterações no ecossistema dos mangues.



resposta:


origem:Ufrn
tópico:
Territorio-Brasileiro

sub-grupo:Cartografia Brasil

pergunta:Em uma aula sobre cartografia, o professor utilizou a seguinte definição:

Escala é um dos atributos fundamentais de um mapa, pois ela estabelece a correspondência entre as distâncias representadas no mapa e as distâncias reais da superfície cartografada.
MAGNOLI, D.; ARAÚJO, R. "Projeto de ensino de geografia: natureza, tecnologias, sociedades, geografia geral". São Paulo: Moderna, 2000, p. 18.

Em seguida, apresentou estes mapas:
(imagem abaixo)

FERREIRA, G. M. L. "Moderno Atlas geográfico". São Paulo: Moderna, 2001.

Considerando a definição de escala e analisando os mapas apresentados pelo professor, em qual deles foi utilizada uma escala pequena? Justifique sua resposta.


resposta:
No mapa 1 pois pois mostra as distâncias reais da superfície cartografada.

origem:Ufrn
tópico:
Geografia-Humana

sub-grupo:População Brasileira

pergunta:A figura a seguir chama a atenção para a persistência, na atualidade, de um dos antigos problemas sociais.
(imagem abaixo)

MOREIRA, J. C.; SENE, E. de. "Geografia para o ensino médio": geografia geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2002. p. 154.

Josué de Castro, em seu livro "Geografia da Fome", publicado, no Brasil, pela primeira vez, em 1946, chama a atenção para a fome não apenas na perspectiva biológica mas como um problema de ordem política e social. Também o artigo "Pobreza, insegurança alimentar e desnutrição no Brasil", de Rodolfo Hoffmann, publicado em 1995, assinala que o problema da fome no país não se deve à pouca disponibilidade de alimentos, mas a outros fatores de caráter socioeconômico. O "Programa Fome Zero", do atual governo federal, propõe o combate à fome a partir de políticas que envolvem aspectos econômicos, políticos e sociais que garantam a cidadania.

As informações levam ao entendimento de que O COMBATE À FOME NO BRASIL DEVE SER ORIENTADO POR POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO ECONÔNICO QUE PRIORIZE A CONDIÇÃO DE CIDADANIA.

Baseando-se nas idéias expostas acima, explique a afirmação em destaque.


resposta:


origem:Ufrn
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Indústrias

pergunta:Após o período denominado de milagre econômico (1968-1973), passou a ocorrer, no Brasil, o processo de reorganização espacial da indústria. Esse processo teve, entre outras conseqüências,
a) a adequação das empresas às novas formas de concorrência, reduzindo custos de produção, tendo em vista a disputa por mercados consumidores.
b) a elevação do custo da mão-de-obra, em decorrência da expansão do mercado de trabalho na região Nordeste.
c) a melhoria de infra-estrutura, facilitando a disputa de mercados emergentes em áreas de maior atração econômica, em especial na região Norte.
d) a intensa migração em direção à fronteira agrícola, provocando o crescimento do custo de produção das mercadorias.




resposta:
[A]

origem:Ufrn
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Agropecuária

pergunta:A partir da segunda metade do século XX, a agricultura brasileira ingressou numa intensa modernização e redefinição do uso do espaço agrário, que se expressam, por exemplo, pela utilização de implementos agrícolas, pela adoção do trabalho assalariado e pelo desenvolvimento de novas tecnologias de produção agrícola.

Considerando esses processos de modernização e de utilização do espaço agrário brasileiro, é correto afirmar que,
a) nas regiões Sul e Nordeste, a modernização propiciou o aproveitamento da terra, de forma extensiva, devido ao alto índice de mecanização das lavouras e ao acesso à terra de forma mais democrática.
b) na região Sudeste, que é considerada o centro de comando das atividades agrárias do país, apresentam-se as maiores alterações espaciais.
c) nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, houve, nas duas últimas décadas, maior dinamismo agrícola, passando a se constituir nas principais áreas de referência agrária do país, no que diz respeito à produtividade e à produção de tecnologia.
d) na região Norte, o dinamismo agrícola, com uso de tecnologias avançadas e uma produção voltada para a exportação, diminui os laços de dependência com o Sudeste.




resposta:
[B]

origem:Ufrn
tópico:
Economia-Brasil

sub-grupo:Agropecuária

pergunta:Os gráficos adiante expressam a distribuição do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 1950 e 1997.
(imagem abaixo)

Adaptado de: IBGE, Estatísticas históricas do Brasil. "Anuário Estatístico do Brasil", 1993; PNAD 1998.

Com base na leitura dos gráficos, analise a participação dos setores da economia na formação do PIB brasileiro em 1950 e em 1997.


resposta:


origem:Ufrn
tópico:
Questoes-ambientais-Brasil

sub-grupo:Preservação de Recursos Hidrícos

pergunta:O Brasil possui a maior reserva mundial de recursos hídricos do mundo, em razão de estar localizada, em seu território, uma das maiores redes hidrográficas do planeta. Entretanto, a escassez de água poderá vir a ser um dos grandes problemas nacionais em decorrência do
a) assoreamento dos rios, em virtude das constantes irregularidades das precipitações pluviométricas.
b) processo intensivo de represamento das bacias, em função da agricultura irrigada.
c) uso intensivo dos recursos hídricos, associado ao desperdício e à poluição.
d) uso predatório da água, devido ao crescimento das atividades comerciais e de serviços.



resposta:
[C]

origem:Ufrn
tópico:
Territorios-Internacionais

sub-grupo:

pergunta:O protocolo de Kyoto - assinado em dezembro de 1997 - reafirma os objetivos da Convenção sobre Mudanças Climáticas, realizada durante a Eco 92, no Rio de Janeiro. Segundo conclusões apresentadas nessa convenção, as mudanças que estavam ocorrendo na dinâmica da atmosfera são conseqüências do intenso processo de poluição, provocando problemas tais como inversão térmica, efeito estufa e destruição da camada de ozônio.

Em função do comentário acima, responda às solicitações que seguem.

a) Qual a importância do protocolo de Kyoto para o meio ambiente?
b) Explique o fenômeno da inversão térmica.



resposta:


origem:Ufrn
tópico:
Territorios-Internacionais

sub-grupo:Clima Intenacional

pergunta:As figuras a seguir foram construídas utilizando a projeção do tipo azimutal eqüidistante.
(imagem abaixo)

SENE, E. de; MOREIRA, J. C. "Geografia geral e do Brasil: espaço geográfico e globalização". São Paulo: Scipione, 2003. p. 446.

Sobre esse tipo de projeção, podemos afirmar que
a) representa as áreas de latitudes médias e a conservação das formas e dos ângulos continentais.
b) mostra um mundo igual para as pessoas e as nações, apresentando, pois, um conteúdo político e social.
c) conserva as formas das massas e a proporcionalidade dos diversos continentes.
d) representa distâncias e direções exatas a partir de um centro, revelando, dessa forma, um conteúdo geopolítico.



resposta:
[D]

origem:Ufrn
tópico:
Geografia-Humana

sub-grupo:Populações

pergunta:O gráfico a seguir expressa o percentual e a estimativa da população com 65 anos ou mais em alguns países.
(imagem abaixo)

A partir da análise dos dados apresentados no gráfico, podemos afirmar que,
a) na França e na Argentina, os índices de população idosa apontam para a implementação de políticas de geração de emprego, de lazer e de cultura, específicas para essa população.
b) no Senegal e na Argentina, os índices de população idosa sugerem a necessidade de implementação de políticas migratórias, devido à redução do mercado de trabalho.
c) na França e na Suécia, os índices de população idosa sinalizam para a necessidade de políticas públicas que priorizem um sistema previdenciário conveniente a essa população.
d) no Senegal e na Suécia, os índices de população idosa acarretam a diminuição do nível de renda da população, provocando baixos índices de desenvolvimento econômico.



resposta:
[C]

 


Próxima Página »

Página 1 de 2