Questões de História da Arte - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões História da Arte

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufpi-2000
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Leia, com atenção, o texto abaixo: "(...) deu-se por todo o orbe da terra, especialmente na Itália e nas Gálias, um surto de construção de igrejas basilicais. (...) Era como se o mundo, tendo-se sacudido e lançado fora o antigo, se estivesse revestindo com a cândida veste das igrejas. Como tal os fiéis reformaram quase todas as igrejas das sedes episcopais, e o mesmo fizeram aos mosteiros dos vários santos, assim como aos lugares de oração de menos importância, nas vilas". (Fonte: Raoul Glaber in: J. P. Migne, "Patrologiae Cursus Completus", Series Latina, t. CXLII, Paris, 1880.) A partir do texto do cronista medieval Raoul Glaber (985-1050), podemos afirmar, corretamente:
a) O nascimento da arquitetura românica acompanhou o despertar da economia ocidental européia.
b) A construção de igrejas, no período, explica-se pelo fortalecimento da fé, independentemente das condições econômicas.
c) O surto de construções ao qual o texto faz referência teve fim com as invasões de normandos, húngaros e árabes.
d) A arquitetura românica em expansão após as invasões do séc. IX veio substituir a arquitetura de estilo gótico, especialmente na Itália e na Gália.
e) O crescimento da economia européia a partir do século XI só pode ser compreendido se levarmos em consideração o crescimento da população provocado pelas invasões dos séculos anteriores.



resposta:[A]

vestibular Uff-2002
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Ao longo dos anos 1960, um dos setores da cultura brasileira que mais resistência ofereceu ao regime militar foi a MPB (Música Popular Brasileira) que expressava, em seus festivais e nas letras das canções, a insatisfação da sociedade diante da censura e da repressão. A partir da conjuntura aludida, explique o significado da expressão "É proibido proibir" - lema do Tropicalismo, importante movimento musical da época.



resposta:

vestibular Ufv-2002
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Sobre o contexto artístico pós-Primeira Guerra Mundial, no Brasil, é CORRETO afirmar que:
a) a pintora Anita Malfatti, com o cubismo de seus quadros, e Villa Lobos, com sua ópera "O Guarani", de estilo barroco-rococó, provocaram espanto e admiração na Semana de Arte Moderna.
b) a Semana de Arte Moderna renegava totalmente os modelos e os padrões europeus de expressão, apesar da Europa permanecer como referência mundial em termos de estilo e gosto.
c) o que marcou as artes deste período foi sua coerência tipicamente romântica, um estilo característico da época, presente nas artes plásticas e na música.
d) Oswald de Andrade propunha algo curioso como o "movimento de antropofagia" para deglutição e incorporação das influências estrangeiras como forma de reconhecimento externo do valor de nossa arte.
e) alguns modernistas tomaram lendas e mitos de várias regiões do Brasil para a construção de um indigenismo depurado das idealizações românticas, como fez Mário de Andrade em seu Macunaíma, "um herói sem nenhum caráter".



resposta:[E]

vestibular Enem-2002
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:A leitura do poema "Descrição da guerra" em Guernica traz à lembrança o famoso quadro de Picasso. Entra pela janela o anjo camponês; com a terceira luz na mão; minucioso, habituado aos interiores de cereal, aos utensílios que dormem na fuligem; os seus olhos rurais não compreendem bem os símbolos desta colheita: hélices, motores furiosos; e estende mais o braço; planta no ar, como uma árvore a chama do candeeiro. (...) (Carlos de Oliveira in ANDRADE, Eugénio. "Antologia Pessoal da Poesia Portuguesa". Porto: Campo das Letras, 1999.) Uma análise cuidadosa do quadro permite que se identifiquem as cenas referidas nos trechos do poema.

Podem ser relacionadas ao texto lido as partes:
a) a1, a2, a3
b) f1, e1, d1
c) e1, d1, c1
d) c1, c2, c3
e) e1, e2, e3


resposta:[C]

vestibular Ufpe-2003
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:A história da arte brasileira no século XX mostra que uma boa parte dos artistas expressaram em suas obras as contradições da sociedade. Indique a alternativa que corresponde a essa afirmação.
a) Machado de Assis - "Filosofia de um Par de Botas" José de Alencar - "O Guarani"
b) Ariano Suassuna - "O Auto da Compadecida" Graciliano Ramos - "Vidas Secas"
c) Chico Buarque - "A Rita" Vila Lobos - "O Guarani"
d) Gregório de Matos- "Boca do Inferno" Victor Meireles - "Moema"
e) Fernando Sabino - "De Cabeça para Baixo" Benedito Calixto - "O Poema de Anchieta"



resposta:[B]

vestibular Ufpe-2003
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:O movimento artístico - na música, no cinema, na literatura, no teatro, na pintura - que surge no Brasil em finais da década de 1950 e início de 1960, está associado à euforia desenvolvimentista do governo Kubitschek. São criadas novas condições econômicas que terão reflexos na criação cultural. Nesse sentido, é correto afirmar o que segue. ( ) No meio dessa atividade artístico-cultural do período, deve-se destacar a atuação dos estudantes universitários, através do Centro Popular de Cultura (CPC) da UNE, com influências na música popular, na literatura, no teatro e no cinema. ( ) A atividade musical nesse momento terá como maior representante Roberto Carlos e suas canções românticas, seguida, na literatura, por Paulo Coelho e, no teatro, por Hermilo Borba Filho. ( ) Esse foi um período das vanguardas artísticas: na poesia concreta, o neoconcretismo; na música, a bossa nova; no cinema, o cinema novo; no teatro, peças como as de Oduvaldo Viana e Nelson Rodrigues. ( ) Muitos artistas nesse período adotaram a perspectiva do movimento armorial que, fundado por Ariano Suassuna, ajudará a fortalecer a relação entre cultura erudita e cultura popular. ( ) Na literatura, dois escritores se tornarão as maiores expressões do período: Manoel Bandeira, que apesar de pernambucano, viveu a maior parte da vida no Rio de Janeiro e Jorge Amado, escritor de fortes cores regionalistas.



resposta:V-F-V-F-F

vestibular Puc-rio-2003
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Analise as afirmativas abaixo, referentes à arte e à cultura no Brasil, entre os séculos XVIII e XX: I) Ainda que em suas diversas manifestações possam ser percebidos elementos evidenciadores de sua matriz européia, o Barroco assumiu no Brasil colonial feições que lhe conferiram uma identidade própria. II) A Missão Artística Francesa, aqui chegada em 1816, foi a grande responsável pela introdução do neoclacissismo no Brasil, estilo que influenciou, por exemplo, a produção arquitetônica principalmente na Corte do Rio de Janeiro. III) O Estado imperial brasileiro, sobretudo durante o 2.o Reinado, não promoveu a formulação de uma política cultural, o que o diferenciou do Estado republicano que se caracterizou por diversos incentivos às manifestações artístico-culturais de expressão nacionalista. IV) O movimento modernista rompeu, tanto no âmbito das artes plásticas quanto no da literatura, com as abordagens temáticas e a estética características da maior parte da produção cultural das décadas anteriores. Indique a opção que apresenta a(s) afirmativa(s) correta(s).
a) I.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I, II e IV.
e) Todas.



resposta:[D]

vestibular Ufmg-2004
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:O Cinema Novo e o movimento de renovação teatral liderado pelo Teatro de Arena e pelo Grupo Oficina foram expressões artísticas, com objetivos e características comuns, afinadas com o contexto brasileiro das décadas de 50 e 60 do século passado. Entre as características desses movimentos culturais, NÃO se inclui a
a) vinculação a grandes estúdios cinematográficos e a companhias teatrais já estabelecidas.
b) concepção da obra de arte como meio de conscientização política, influenciada por tendências de esquerda.
c) crítica à realidade brasileira, aos seus problemas e contradições, com forte conteúdo social.
d) realização de produções de custos reduzidos, caracterizadas pelo uso de novas linguagens e inovações cênicas.



resposta:[A]

vestibular Ufpe-2004
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Os movimentos culturais do final do sécuio XIX e das primeiras décadas do século XX dialogavam com as mudanças que ocorriam na sociedade ocidental, com a afirmação do modo de produção capitalista e com as novas formas de pensar e de sentir o mundo. Com o modernismo e as vanguardas artísticas, houve mudanças importantes, pois: ( ) Matisse, Van Gogh e Picasso expressaram com seus quadros mudanças nas concepções estéticas da pintura. ( ) o dadaísmo procurou radicalizar nas suas propostas, criticando os valores estabelecidos, com destaque para a obra de artistas como Marcel Duchamp. ( ) o surrealismo trouxe a exploração do inconsciente, presente na pintura do espanhol Salvador Dali e na obra literária do francês André Breton. ( ) com obras que causaram impacto, houve um rompimento frente aos modelos clássicos que adotavam regras e limites para o artista. ( ) concepções literárias e musicais renovadoras, estiveram presentes nas obras de Marcel Proust, James Joyce, Debussy, Paul Éluard, Stravinsky e tantos outros.



resposta:V V V V V

vestibular Ufscar-2004
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:Marat foi um importante personagem na Revolução Francesa (1789). Seu assassinato teve várias representações. Uma delas foi o quadro de David "A Morte de Marat", um símbolo do movimento revolucionário e de grande importância para a história da arte.

Em relação a essa obra, é correto afirmar que:
a) David ressaltou características da história pessoal de Marat, ou seja, um revolucionário de origem humilde e camponesa.
b) Marat foi retratado como um símbolo dos radicais girondinos, responsáveis pela expulsão dos montanheses da Convenção e execução de seus líderes.
c) David inaugurou a pintura histórica, mítica e heróica, apresentando a eternidade do personagem.
d) David retratou Marat de uma forma não épica, diferenciando sua obra do idealismo da arte acadêmica aristocrática.
e) David transformou Marat em personagem das tragédias gregas e sua morte em um ato romântico da revolução.


resposta:[D]

vestibular Ufsm-2004
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:

OLIVEIRA, Clenir. "Arte literária - Portugal e Brasil". São Paulo: Moderna, 1999. p. 10. Na ilustração, há três formas de representar a figura feminina através do tema "Maria e o Menino Jesus". Essas representações se vinculam a diferentes momentos históricos. Observe as gravuras e analise as afirmativas a seguir, assinalando verdadeira (V) ou falsa (F). ( ) "Madona e criança" se vincula ao ideal feminino estabelecido pela sociedade burguesa. ( ) "Madona da pêra" corresponde ao momento histórico de afirmação do projeto católico de descaracterização da figura feminina. ( ) "A virgem castigando o menino" é expressão de uma sociedade onde a mulher se insere na vida pública e deixa de ser idealizada. ( ) "Madona da pêra" é produto cultural marcado pelo naturalismo inspirado no ideário greco-romano. ( ) "A virgem castigando o menino" expressa o ideal da mulher dócil, adequada à estrutura familiar patriarcal. A seqüência correta é
a) F - F - V - V - F.
b) V - F - V - V - V.
c) F - V - F - F - F.
d) V - V - V - F - F.
e) V - F - F - V - V.


resposta:[A]

vestibular Ufsm-2004
tópico:História da Arte

sub-grupo:
pergunta:

PROENÇA, Graça. "História da Arte". São Paulo: Ática, 2001. p. 261. A gravura apresenta uma escultura feita com galhos de árvores das queimadas de Mato Grosso. Tendo em vista os processos de expressão artística e as formas de ocupação da Amazônia, pode-se afirmar que o artista, nessa obra,
a) reverenciou a pujança da natureza brasileira através do uso de materiais tradicionais no campo das artes plásticas.
b) recriou elementos da natureza transformando-os em símbolo de preocupação coletiva em relação à mudança ambiental.
c) utilizou materiais originários do mundo industrial para criticar as formas agressivas de exploração econômica das florestas.
d) elegeu a destruição ambiental como cenário ideal para o habitat do homem e para a expansão da sua inventividade.
e) moldou a floresta imaginária das sociedades capitalistas através dos materiais-símbolos da civilização urbano-industrial.


resposta:[B]