Banco de dados de questões sobre Crise do Sistema Colonial
questões de vestibulares
|

 

Questões Crise do Sistema Colonial

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:"Quem furta pouco é ladrão Quem furta muito é barão Quem mais furta e esconde Passa de barão a visconde" (Versos anônimos divulgados no Rio de Janeiro depois da instalação da Corte Portuguesa no Brasil, em 1808) Considerando as críticas neles contidas:
a) explique as transformações políticas e administrativas trazidas pela Corte portuguesa.
b) É possível estabelecer um paralelo com a atual situação do Brasil? Comente.




resposta:

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:"As ruas estão, em geral, repletas de mercadorias inglesas. A cada porta as palavras SUPERFINO DE LONDRES saltam aos olhos: algodão estampado, panos largos, louça de barro, mas, acima de tudo, ferragens de Birmigham, podem ser obtidas nas lojas do Brasil a um preço um pouco mais alto do que em nossa terra." Esta descrição das lojas do Rio de Janeiro foi feita por Mary Graham, uma inglesa que veio ao Brasil em 1821.
a) Como se explica a grande quantidade de produtos ingleses à venda no Brasil desde 1808, e sobretudo depois de 1810?
b) Quais os privilégios que os produtos ingleses tinham nas alfândegas brasileiras?




resposta:a)Com o fim do pacto colonial e abetura dos portos a entrada dos produtos ingleses ficaram facilitados.
b)Seus produtos tinham uma taxa menor do que os demais, privilegiando assim a obtenção de lucro para os ingleses.

origem:Unicamp
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:"A Independência do Brasil, proclamada por Pedro I, foi, para Portugal, um fato gravíssimo porque destruía os alicerces da economia nacional. Ou voltava o Brasil a ser colônia, alimentando a metrópole com suas riquezas, ou tinha-se de organizar a metrópole para a sua auto-suficiência." O texto acima, do historiador português Antonio Sérgio, trata do aspecto econômico da independência brasileira, que representou, para a metrópole, o fim definitivo do Pacto Colonial.
a) Quais eram as bases do Pacto Colonial?
b) Por que, segundo o texto citado, a Independência do Brasil foi um "fato gravíssimo" para a economia portuguesa?




resposta:

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:A Inconfidência Mineira foi um episódio marcado:
a) pela influência dos acontecimentos de julho de 1789, a tomada da Bastilha.
b) pela atitude anti-escravista, consensual entre seus participantes.
c) pelo intuito de acabar com o predomínio da Companhia de Comércio do Brasil.
d) pela insatisfação ante a cobrança do imposto sobre bateias.
e) pelas idéias ilustradas e pela Independência dos Estados Unidos.




resposta:[E]

origem:Fatec
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:A abertura dos portos, realizada por D. João (1808), teve amplas repercussões, pois na prática significou:
a) o aumento sensível das exportações sobre as importações, com a restauração da balança de pagamentos.
b) o estabelecimento de maiores laços comerciais com Lisboa, conforme o plano de Manuel Nunes Viana, paulista de grande prestígio.
c) manutenção da política econômica mercantilista, segundo defendia José da Silva Lisboa.
d) o rompimento do pacto colonial, iniciando um novo processo que culminou com a Independência.
e) a intensificação do processo da independência econômica do Brasil, em face da liberdade industrial.




resposta:[D]

origem:Puc
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:A franquia dos portos teve um alcance histórico profundo, pois deu início a um duplo processo o:
a) do desenvolvimento do primeiro surto manufatureiro no Brasil e o crescimento do transporte ferroviário.
b) do arrefecimento dos ideais absolutistas no Brasil e a disseminação de movimentos nativistas.
c) da emancipação política do Brasil e o seu ingresso na órbita da influência britânica.
d) da persistência do pacto colonial no Brasil e o seu ingresso no capitalismo monopolista.
e) do fechamento das fronteiras do Brasil aos estrangeiros e a abertura para as correntes ideológicas revolucionárias européias.




resposta:[C]

origem:Cesgranrio
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:A transferência do governo português para o Brasil, em 1808, teve ligação estreita com o processo de emancipação política da colônia porque:
a) introduziu as idéias liberais na colônia, incentivando várias rebeliões.
b) reforçou os laços de dependência e monopólio do Sistema Colonial, aumentando a insatisfação dos colonos.
c) incentivou as atividades mercantis, contrariando os interesses da grande lavoura.
d) instalou no Brasil a estrutura do Estado português, reforçando a unidade e a autonomia da colônia.
e) favoreceu os comerciantes portugueses, prejudicando os brasileiros e os ingleses ligados ao comércio de importação.




resposta:[D]

origem:Unirio
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:A transferência da Corte portuguesa para o Brasil, em 1808, alterou as relações econômicas da colônia com a economia mundial porque:
a) reforçou o monopólio português sobre a economia colonial.
b) pôs fim à hegemonia inglesa no comércio com o Brasil.
c) provocou uma alta nos preços dos produtos coloniais, em decorrência do livre-comércio.
d) rompeu o "pacto colonial", com a Abertura dos Portos.
e) desencadeou a política fomentista de novas culturas.




resposta:[D]

origem:Faap
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:"Em 1534, a capitania é doada a Duarte Coelho, que funda, em 1537, a vila de Igarassu, ponto de partida de expedições para o interior. Inicia-se o cultivo de cana-de-açúcar e algodão e a riqueza da região atrai piratas europeus. De 1630 a 1654, vivem sob dominação holandesa. Durante o governo holandês de Maurício de Nassau registram-se grandes mudanças sociais, econômicas e culturais e a região prospera. Em 1811, vive uma série de revoltas separatistas e republicanas."
a) Pernambuco
b) Piauí
c) Rio de Janeiro
d) Rio Grande do Sul
e) Rondônia




resposta:[A]

origem:Faap
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:"Em 1534, a região está dividida entre duas capitanias: São Vicente, ao sul, e São Tomé, ao norte. Em 1555, os franceses ocupam a área e só em 1567 são expulsos definitivamente. A mudança da família real para o Brasil, em 1808, dá extraordinário impulso à região."
a) Rio de Janeiro
b) Rondônia
c) Piauí
d) Pernambuco
e) Rio Grande do Sul




resposta:[A]

origem:Fatec
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:O povo brasileiro, às vésperas da Revolução Pernambucana de 1817, percebia a roubalheira de camarilha de corruptos insaciáveis e cantava quadras de protestos como: "Quem furta pouco é ladrão Quem furta muito é barão Quem mais furta e esconde Passa de barão a visconde". I. No ano de 1816, o Nordeste foi assolado por uma grande seca que afetou a agricultura de subsistência e provocou a queda da produção de algodão e açúcar. II. O prejuízo dos grandes proprietários ligados à exportação foi imenso. Mas, os mais prejudicados foram as massas trabalhadoras. III. O aumento de impostos e a criação de novos impostos para sustento da Corte sediada no Rio de Janeiro contribuíram para tornar ainda pior a qualidade de vida da população, à medida que o preço dos gêneros de primeira necessidade tornou-se proibitivo aos pobres. A respeito das asserções I, II e III sobre a Revolução Pernambucana de 1817 deve-se afirmar que:
a) apenas a I está correta.
b) apenas a I e a II estão corretas.
c) apenas a I e a III estão corretas.
d) todas estão corretas.
e) todas são incorretas.




resposta:[D]

origem:Fei
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:O ato de D. João VI, proclamando a abertura dos portos do Brasil, na verdade garantia direitos preferenciais ao comércio inglês, que:
a) na época dependia economicamente de Portugal;
b) estava prejudicado pelo bloqueio imposto por Napoleão Bonaparte;
c) assegurava o desenvolvimento econômico da colônia;
d) pretendia favorecer os franceses, aliados tradicionais da Inglaterra;
e) era carente de produtos industriais e bom fornecedor de matérias primas.




resposta:[B]

 


Próxima Página »

Página 1 de 18