Banco de dados de questões sobre Sistema Colonial Brasileiro
questões de vestibulares
|

 

Questões Sistema Colonial Brasileiro

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Entre as mudanças ocorridas no Brasil Colônia durante a União Ibérica (1580 - 1640), destacam-se
a) a introdução do tráfico negreiro, a invasão dos holandeses no Nordeste e o início da produção de tabaco no recôncavo Baiano.
b) a expansão da economia açucareira no Nordeste, o estreitamento das relações com a Inglaterra e a expulsão dos jesuítas.
c) a incorporação do Extremo-Sul, o início da exploração do ouro em Minas Gerais e a reordenação administrativa do território.
d) a expulsão dos holandeses do Nordeste, a intensificação da escravização indígena e a introdução das companhias de comércio monopolistas.
e) a expansão da ocupação interna pela pecuária, a expulsão dos franceses e o incremento do bandeirismo.




resposta:[E]

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:"...algumas escravas procuram de propósito aborto, só para que não cheguem os filhos de suas entranhas a padecer o que elas padecem". (André João Antonil, CULTURA E OPULÊNCIA DO BRASIL, 1711) Relacione outras formas de resistência do escravo africano, além do mencionado no texto.



resposta:

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Observando o mapa a seguir, explique:


a) Dois fatores que contribuíram para a configuração territorial alcançada pelo Brasil no século XVIII.
b) O princípio que norteou o Tratado de Madrid.



resposta:

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Nos movimentos denominados INCONFIDÊNCIA MINEIRA, de 1789, CONJURAÇÃO BAIANA, de 1798, e REVOLUÇÃO PERNAMBUCANA, de 1817, identifique:
a) os setores sociais neles envolvidos.
b) os objetivos políticos que possuíam em comum.




resposta:a)Inconfidência Mineira- classe mais abastada de Minas Gerais (proprietários rurais, intelectuais, clérigos e militares); Conjuração Baiana- negros, mulatos, soldados, alfaiates...; Revolução Pernambucana- aristocracia açucareira.
b)Contestação aos privilégios da nobreza, republicanismo...

origem:Unicamp
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:"E se o castigo for freqüente e excessivo, ou se irão embora, fugindo para o mato, ou se matarão por si, como costumam, tomando a respiração ou enforcando-se, ou procurarão tirar a vida aos que lhe dão tão má, recorrendo se for necessário a artes diabólicas, ou clamarão de tal sorte a Deus, que os ouvirá e fará aos senhores o que já fez aos egípcios, quando avexavam com extraordinário trabalho aos hebreus, mandando as pragas terríveis contra suas fazendas e filhos." (Padre Antonil, CULTURA E OPULÊNCIA DO BRASIL,1710)
a) Quais eram as formas de resistência dos negros à escravidão citadas por Antonil?
b) Qual o tipo de argumento utilizado por Antonil para convencer os senhores a não se excederem nos castigos?




resposta:a)As formas de resistência dos negros à escravidão citadas por Antonil eram: capoeira, suicídios, fugas e etc.
b)Para convencer os senhores a não se excederem nos castigos Antonil diz que os escravos negros eram como os escravos egipícios e que podiam mandarpragas terríveis contra suas fazendas e filhos.

origem:Unesp
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:A partir de 1750, com os Tratados de Limites, fixou-se a área territorial brasileira, com pequenas diferenças em relação a configuração atual. A expansão geográfica havia rompido os limites impostos pelo Tratado de Tordesilhas. No período colonial, os fatores que mais contribuíram para a referida expansão foram:
a) criação de gado no vale do São Francisco e desenvolvimento de uma sólida rede urbana.
b) apresamento do indígena e constante procura de riquezas minerais.
c) cultivo de cana-de-açúcar e expansão da pecuária no Nordeste.
d) ação dos donatários das capitanias hereditárias e Guerra dos Emboabas.
e) incremento da cultura do algodão e penetração dos jesuítas no Maranhão.




resposta:[B]

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Foram características dominantes da colonização portuguesa na América:
a) pequenas unidades de produção diversificada, comércio livre e trabalho compulsório.
b) grandes unidades produtivas de exportação, monopólio do comércio e escravidão.
c) pacto colonial, exploração de minérios e trabalho livre.
d) latifúndio, produção monocultora e trabalho assalariado de indígenas.
e) exportação de matérias-primas, minifúndio e servidão.




resposta:[B]

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Foram, respectivamente, fatores importantes na ocupação holandesa no Nordeste do Brasil e na sua posterior expulsão:
a) o envolvimento da Holanda no tráfico de escravos e os desentendimentos entre Maurício de Nassau e a Companhia das Índias Ocidentais.
b) a participação da Holanda na economia do açúcar e o endividamento dos senhores de engenho com a Companhia das Índias Ocidentais.
c) o interesse da Holanda na economia do ouro e a resistência e não aceitação do domínio estrangeiro pela população.
d) a tentativa da Holanda em monopolizar o comércio colonial e o fim da dominação espanhola em Portugal.
e) a exclusão da Holanda da economia açucareira e a mudança de interesses da Companhia das Índias Ocidentais.




resposta:[B]

origem:Fuvest
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:"Na primeira carta disse a V. Rev. a grande perseguição que padecem os índios, pela cobiça dos portugueses em os cativarem. Nada há de dizer de novo, senão que ainda continua a mesma cobiça e perseguição, a qual cresceu ainda mais. No ano de 1649 partiram os moradores de São Paulo para o sertão, em demanda de uma nação de índios distantes daquela capitania muitas léguas pela terra adentro, com a intenção de os arrancarem de suas terras e os trazerem às de São Paulo, e aí se servirem deles como costumam." (Pe. Antônio Vieira, CARTA AO PADRE PROVINCIAL, 1653, Maranhão.) Este documento do Padre Antônio Vieira revela:
a) que tanto o padre Vieira como os demais jesuítas eram contrários à escravidão dos indígenas e dos africanos, posição que provocou conflitos constantes com o governo português.
b) um dos momentos cruciais da crise entre o governo português e a Companhia de Jesus, que culminou com a expulsão dos jesuítas do território brasileiro.
c) que o ponto fundamental dos confrontos entre os padres jesuítas e os colonos referia-se à escravização dos indígenas e, em especial, à forma de atuar dos bandeirantes.
d) um episódio isolado da ação do padre Vieira na luta contra a escravização indígena no Estado do Maranhão, o qual se utilizava da ação dos bandeirantes para caçar os nativos.
e) que os padres jesuítas, em oposição à ação dos colonos paulistas, contavam com o apoio do governo português na luta contra a escravização indígena.




resposta:[C]

origem:Puc
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Personagem atuante no Brasil colônia, foi "fruto social de uma região marginalizada, de escassos recursos materiais e de vida econômica restrita (...)", teve suas ações orientadas "ou no sentido de tirar o máximo proveito das brechas que a economia colonial eventualmente oferecia para a efetivação de lucros rápidos e passageiros em conjunturas favoráveis - como no caso da caça ao índio - ou no sentido de buscar alternativas econômicas fora do quadro da agricultura voltada para o mercado externo (...)". Carlos Henrique Davidoff, 1982. O personagem e a região a que o texto se refere são, respectivamente:
a) o jesuíta e a província Cisplatina.
b) o tropeiro e o vale do Paraíba.
c) o caipira e o interior paulista.
d) o bandeirante e a província de São Paulo.
e) o caiçara e o litoral baiano.




resposta:[D]

origem:Unesp
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Leia o texto referente à Conjuração Baiana e responda. "Não eram os norte-americanos que serviam de exemplo a João de Deus e aos seus companheiros. Eram os "sans culottes". A 12 de agosto de 1798, apareceram por toda a cidade manifestos manuscritos. Dirigidos ao povo republicano da Bahia em nome do supremo tribunal da democracia baiana apelavam ao extermínio do detestável jugo metropolitano de Portugal." (Kenneth Maxwell e Maria Beatriz N. da Silva, O IMPÉRIO LUSO- BRASILEIRO - 1750-1822.)
a) Como pode ser caracterizada a Conjuração Baiana?
b) Indique o nome da outra conjuração do século XVIII, cujos líderes conspiraram em segredo e, tomando como exemplo os Estados Unidos, advogaram governo republicano.




resposta:

origem:Unesp
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Leia o texto e responda. "Em 1776, a população de Minas Gerais, excluindo os índios, superava as 300 000 almas - o que representava 20% da população total da América portuguesa e o maior aglomerado de toda a colônia. Mais de 50% da população era negra... O resto compunha-se, em porcentagens aproximadamente iguais, de brancos, mulatos e outros mestiços de combinações raciais inteiramente americanas. Era grande a desproporção entre homens e mulheres e, no interior de vários grupos raciais, só as mulatas eram mais que os mulatos." (Kenneth Maxwell e Maria Beatriz N. da Silva, O IMPÉRIO LUSO-BRASILEIRO, 1750-1822.)
a) Explique a concentração populacional em Minas e o elevado percentual da população de origem africana.
b) Exemplifique o que os autores afirmam ser "mestiços e combinações raciais inteiramente americanas".




resposta:

 


Próxima Página »

Página 1 de 62