Banco de dados de questões do vestibular Uem
questões de vestibulares
|

 

Questões Uem

REF. Pergunta/Resposta
origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Iluminismo

pergunta:"O homem nasceu livre e está sempre acorrentado. Há quem se julgue dono dos outros, mas não deixa de ser mais escravo do que eles. (...) Quando um povo é obrigado a obedecer e obedece, faz bem; logo que ele pode romper o jugo, e o rompe, faz ainda melhor: pois, recuperando sua liberdade com o mesmo direito com que lhe foi tirada, ou é justo que ele a reconquiste, ou não era justo que lhe fosse tirada." (ROSSEAU, Jean Jacques. Contrato social). Rosseau, o autor do texto acima, é considerado um dos maiores expoentes do Iluminismo. A respeito do Iluminismo, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Além de Rosseau, entre os principais pensadores iluministas, podem-se incluir Dante Alighieri, Tomasio Campanella e Montaigne. 02) Originado na Inglaterra, difundido pela França, o Iluminismo pregava a razão, a liberdade do espírito, a livre crítica e a tolerância religiosa, contrapondo-se, assim, ao peso da tradição, do dogmatismo religioso e filosófico e ao absolutismo monárquico. 04) O Iluminismo, em seu conjunto, fazia uma incisiva crítica ao mundo civilizado e propunha um retorno às formas de vida da sociedade primitiva. 08) O impulso renovador das idéias iluministas provocou, na Europa, um grande interesse pelos problemas da vida em sociedade, possibilitando o surgimento de novas idéias e de teorias econômicas. 16) O espírito renovador, presente no Iluminismo, conduziu a um profundo estudo das ciências, campo onde ocorreu um grande avanço. 32) As raízes mais remotas do Iluminismo podem ser encontradas no Renascimento, no destaque dado por esse período à liberdade individual e à luta contra o fanatismo.



resposta:
58

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Revolução de 64 - Ditadura Militar

pergunta:Leia o texto: "Foi bonita a festa, pá fiquei contente e ainda guardo, renitente um velho cravo para mim mas certamente esquecerem uma semente nalgum canto do jardim (...) Canta a primavera, pá cá estou carente manda novamente algum cheirinho de alecrim." (Tanto Mar, Chico Buarque de Hollanda) Em abril de 1964, instalou-se no Brasil uma ditadura militar que permaneceu no poder vinte e um anos. Durante, pelo menos, parte desse período, a música popular brasileira viveu um período de grande criatividade. No trecho da música acima, o compositor Chico Buarque faz uma homenagem à Revolução dos Cravos, ocorrida em Portugal, e uma velada crítica à ditadura militar no Brasil. A respeito desses fatos, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A política educacional do regime militar de 1964 combateu o analfabetismo pela ampliação da rede escolar do ensino fundamental, pela ampliação do ensino supletivo e da alfabetização de adultos através do Mobral. 02) Após o golpe militar de 1964, o Brasil adotou um modelo econômico que conduziu ao chamado "milagre econômico brasileiro". 04) A Revolução dos Cravos, em 1974, pôs fim à ditadura salazarista que dominava Portugal desde a década de trinta daquele século. 08) O teatro brasileiro da década de 1960 tinha um forte caráter político e alguns grupos teatrais levavam para os palcos as principais questões nacionais. 16) Embora houvesse uma ditadura no Brasil, os militares permitiam a liberdade de expressão, pois não houve, durante todo o período, qualquer mecanismo de censura às mais diferentes opiniões.



resposta:
15

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Em meados do século XVII, o Padre Antonio Vieira, defendendo a necessidade de retomar os entrepostos portugueses de escravos no litoral africano, que se encontravam sob controle dos holandeses, afirmava que "sem Angola, não há negros e sem negros, não há Pernambuco". Em 1711, Antonil, em Cultura e Opulência do Brasil, dizia que "os escravos são as mãos e os pés do senhor de engenho, porque sem eles não é possível fazer, conservar e aumentar fazenda". A partir das informações acima, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) As citações dos dois autores demonstram que, desde o início da colonização, a escravidão do negro de origem africana foi alvo de contundentes contestações no Brasil. 02) Por aproximadamente três séculos, a resistência do africano à escravidão não encontrou eco entre os colonizadores de origem européia do Brasil. 04) Os trechos citados acima mostram que o colonizador considerava a escravidão fundamental para a continuidade da produção mercantil no Brasil Colonial. 08) Durante o denominado Ciclo do Ouro, a escravidão tornou-se muito mais branda no Brasil; em razão disso, no decorrer do século XVIII, houve uma significativa queda do número de escravos que fugiam para viver nos quilombos. 16) O controle da Holanda sobre os entrepostos de escravos na África acabou definitivamente com o fornecimento de escravos para o Brasil e obrigou a Princesa Isabel a determinar a abolição da escravidão no Brasil.



resposta:
06

origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Segunda Guerra Mundial

pergunta:"O conflito de 1939 a 1945 foi, este sim, uma verdadeira guerra mundial. Todos os continentes se envolveram, dada a existência de quatro fronts: Europa ocidental, Europa oriental, Norte da África e Pacífico. Ficaram neutros apenas alguns países europeus e latino-americanos. As operações do Pacífico tiveram a mesma importância que as da Europa. A Inglaterra, por sua condição de ilha, foi o único país europeu que os alemães não ocuparam. Os Estados Unidos garantiram a vitória dos aliados, por sua enorme produção industrial e participação militar; no Pacífico, guerrearam praticamente sozinhos com os japoneses. A União Soviética teve papel decisivo ao quebrar a espinha dorsal do exército nazista na Batalha de Stalingrado." (ARRUDA, J. J. de A. & PILETTI, N. Toda a História: história geral e história do Brasil. São Paulo: Ática, 1997). Com respeito à Segunda Guerra Mundial, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) O Brasil participou diretamente do conflito, enviando soldados para combater o exército nazista na Europa. 02) A Segunda Guerra Mundial caracterizou-se pela formação do Eixo composto por Alemanha, Inglaterra e Japão, que desenvolveu combates em vários continentes. 04) A União Soviética, certa de que seria atacada pelo exército alemão, nunca realizou nenhum tratado de cooperação com a Alemanha nazista de Hitler. 08) Os combates da Segunda Guerra Mundial foram caracterizados pelo uso de novas tecnologias bélicas, pelo uso maciço de bombardeios aéreos (proporcionados pelo intenso uso de aviões), pelo extermínio de prisioneiros judeus e pela inauguração da arrasadora bomba atômica. 16) A Inglaterra foi ocupada pelo exército nazista e contou com a colaboração de parte da população que via, nos soldados alemães, a única forma de conter o avanço do movimento comunista.



resposta:
09

origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:Sobre a história dos Estados Unidos da América, ao longo do século XIX, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Em 1823, foi divulgada a Doutrina Monroe, que estabelecia o direito dos Estados Unidos de intervirem nos assuntos internos dos outros países. A sedimentação dessa forma de pensamento deu o substrato ideológico que legitimou a invasão norteamericana ao Iraque . 02) A partir do início do século XIX, os Estados Unidos iniciaram a Marcha para o Oeste, comprando ou anexando territórios e ampliando sua extensão geográfica. A partir da costa do Atlântico, a expansão territorial atingiu a costa do Pacífico, dando dimensões continentais ao novo país. 04) A expansão territorial norte-americana levou a um enfrentamento com as tribos indígenas, que resultou na derrota das populações nativas e na ocupação das terras indígenas pelos colonos. 08) A Guerra de Secessão, conhecida como a Guerra Civil norte-americana, foi motivada exclusivamente pela questão da liberdade dos escravos. Enquanto o Norte, agrícola, era favorável ao fim da escravidão, o Sul, mais industrializado, lutava pela manutenção dessa relação de trabalho. 16) Uma significativa parte do atual território dos EUA foi conquistada como decorrência da Guerra contra o México. Pelo tratado firmado em 1848, foram anexados aos EUA Texas, Califórnia, Novo México, Utah, Nevada e Arizona.



resposta:
22

origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Mercantilismo

pergunta:"Para o progresso do armamento marítimo e da navegação, que sob a boa providência e proteção divina interessam tanto à prosperidade, à segurança e ao poderio deste reino (...) nenhuma mercadoria será importada ou exportada dos países, ilhas, plantações ou territórios pertencentes a Sua Majestade ou em possessões de Sua Majestade, na Ásia, América e África, noutros navios senão nos que (...) pertencem aos súditos ingleses (...). Nenhum estrangeiro (...) poderá exercer o oficio de mercador ou corretor num dos lugares supracitados, sob pena de confisco de todos os seus bens ou mercadorias (...)" (Ato de Navegação da Inglaterra, de 1660. In: DEYON, Pierre. O Mercantilismo. São Paulo: Perspectiva, 1973). Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) O Ato de Navegação vincula-se aos princípios mercantilistas que predominaram na Europa Ocidental ao longo da época moderna e que se caracterizava, entre outros, por uma profunda intervenção do Estado na vida econômica. 02) O texto demonstra que a política econômica da Inglaterra, naquele momento, era profundamente mercantilista, fisiocrática e, sobretudo, liberal. 04) A política mercantilista que inspirou o Ato de Navegação contribuiu para o fortalecimento do Estado Nacional na Europa Ocidental. 08) O texto revela a xenofobia inglesa que, a longo prazo, possibilitou o surgimento de um governo fascista na Inglaterra, em meados do século XX. 16) O "neoliberalismo", que começou na Inglaterra, durante o governo da Primeira Ministra Margareth Tatcher, foi desencadeado pela luta em favor da derrubada do Ato de Navegação, que colocava restrições ao livre comércio da Inglaterra.



resposta:
05

origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:O início dos tempos modernos foi marcado por uma série de transformações em todos os aspectos, na Europa. Entre tais transformações, destaca-se, no tocante à religiosidade, a chamada Reforma Protestante. A esse respeito, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Analisada em seu conjunto, pode-se afirmar que a Reforma se originou das condições gerais da Europa no século XVI. A Igreja estava em crise, a burguesia crescia em importância, os Estados modernos se organizavam e o Renascimento Cultural possibilitava a liberdade de crítica. 02) Em meados do século XVI, o Concílio de Trento reafirmou os dogmas da Igreja romana e, entre outras medidas, proibiu a venda de indulgências e criou o índex, lista de livros cuja leitura era proibida aos fiéis. 04) A Igreja condenava a usura e pregava o "preço justo" na venda de mercadorias. Tal postura era incompatível com o desenvolvimento da economia mercantil que ocorria nos séculos XV e XVI. 08) O comércio de indulgências e a simonia foram alguns dos poucos aspectos do comportamento do clero que não sofreram críticas por parte de Martinho Lutero e Calvino. 16) O Tribunal da Santa Inquisição - Tribunal eclesiástico - utilizava métodos violentos para interrogar, julgar e condenar os suspeitos de heresia.



resposta:
23

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:"A Proclamação da República não trouxe ao país um período de paz. Havia muita agitação e discordância dentro do próprio Partido Republicano. O motivo do grande descontentamento era o próprio Marechal Deodoro, que governava de modo muito semelhante ao de um Imperador. Depois de dois anos de governo, Deodoro da Fonseca acabou renunciando, isto é, abandonando a presidência; em seu lugar, assumiu o vice-presidente, Marechal Floriano Peixoto. O governo de Floriano Peixoto também foi um período agitado." (EITEL, L. S. Conhecendo o Paraná. São Paulo: Ática, 1992). Foi durante o Governo de Floriano Peixoto que ocorreu a Revolução Federalista. Sobre esse assunto, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Os federalistas invocavam o espírito da Federação e exigiam mais energia por parte do Governo central e, conseqüentemente, que ele tirasse a autonomia dos Estados. 02) A Revolução Federalista objetivava a realização de uma revolução socialista que suprimisse a propriedade privada dos meios de produção. 04) Os federelistas queriam que o presidente Floriano Peixoto governasse de uma forma menos centralizadora, dando mais autonomia aos Estados. 08) A Revolução Federalista teve, também, como palco as cidades paranaenses de Lapa e Curitiba. 16) Os líderes da Revolução Federalista almejavam depor o governo de Floriano Peixoto e reimplantar a monarquia constitucional no Brasil.



resposta:
12

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:A terceira década do século XX é marcada, no Brasil, por uma efervescência político-cultural. A respeito desse período, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) Na vida política, o movimento tenentista se destacou, questionando as bases de sustentação da República Velha. Os "tenentes" pregavam, entre outras medidas, a moralização da vida pública e a adoção do voto secreto. 02) Em 1922, ocorreu, em São Paulo, a Semana de Arte Moderna. Os modernistas buscavam uma abertura da arte brasileira às influências internacionais, pois entendiam que não era possível realizar atividades artísticas sem as influências européias. 04) O movimento político de 1930 quebrou a hegemonia dos cafeicultores paulistas e mineiros no cenário político brasileiro e deu início a uma série de transformações que extrapolaram os limites da vida política. 08) A Semana de Arte Moderna de 1922 ajudou a projetar uma geração de importantes escritores e artistas, como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Heitor Villa-Lobos e Di Cavalcanti, entre outros. 16) O movimento político de 1930, que colocou fim à República Velha, pode ser explicado a partir das rupturas internas das grandes oligarquias e da insatisfação das nascentes classes médias urbanas com as práticas políticas até então vigentes.



resposta:
29

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Geral

sub-grupo:Relações Históricas

pergunta:A companhia inglesa "Paraná Plantation", que criou a Companhia de Terras Norte do Paraná (CTNP), adquiriu do Estado do Paraná uma região equivalente a 12.643 km2 de terras devolutas, com a finalidade de revendê-las aos interessados em adquirir terras e desenvolver a agricultura. A respeito da colonização do Norte do Paraná, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 01) A colonização do Norte do Paraná, realizada com a venda de pequenos lotes, resultou em rápido crescimento populacional e em prosperidade para aqueles que apostaram nas terras férteis e no cumprimento dos contratos por parte da companhia loteadora. 02) A Companhia de Terras Norte do Paraná procedeu à venda, diretamente aos migrantes, com financiamento a longo prazo, de uma grande quantidade de pequenos lotes de terra. 04) Apesar do esforço da companhia loteadora em realizar uma colonização pacífica, o Norte do Paraná foi palco de sangrentas batalhas entre proprietários e trabalhadores sem-terra. 08) Os imigrantes que vieram para o Norte do Paraná perderam todos seus investimentos devido à péssima qualidade do solo. 16) Para cá vieram imigrantes de vários estados brasileiros e até do exterior para trabalhar como colonos nos latifúndios improdutivos aqui estabelecidos.



resposta:
03

origem:Uem-2004
tópico:
historia-Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média

pergunta:Sobre o período final da Idade Média, aproximadamente entre os séculos XIV e XVI, da história da Europa Ocidental, assinale a(s) alternativas(s) correta(s). 01) Nesse período, ocorreu uma série de revoltas camponesas e urbanas. Na França, as revoltas camponesas ficaram conhecidas pelo nome de Jacqueries. 02) Aquele período foi marcado pela consolidação do localismo político, fruto direto da Guerra dos Cem anos, que favoreceu a nobreza feudal. 04) O crescimento das cidades possibilitou um desenvolvimento da infra-estrutura urbana, com a construção de redes de esgoto e de água encanada. Esse fato tornou possível que, já naquela época, a Europa não vivesse problemas de saneamento urbano. 08) A desintegração do feudalismo, verificada no período, pode ser atribuída ao sucesso militar das Cruzadas e da bem sucedida expansão da sociedade feudal pelo Oriente. 16) A eclosão da peste negra, aproximadamente na metade do século XIV, dizimou uma parcela significativa da população européia. 32) Entre as características do século XVI, destacam-se: a crise das relações de trabalho servis, o crescimento do comércio e da economia monetária.



resposta:
49

origem:Uem-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Iluminismo

pergunta:O economista Adam Smith, ao publicar sua obra maior, A Riqueza das Nações (1776), faz a defesa da ordem econômica liberal como forma de promover o desenvolvimento das forças produtivas e a satisfação das necessidades humanas. Com respeito à postura de Adam Smith, assinale o que for correto. 01) Defendia a manutenção dos monopólios comerciais como meio de promover a riqueza das nações. 02) Adam Smith foi um importante crítico da sociedade burguesa e impulsionador dos movimentos socialistas. 04) Segundo Adam Smith, a divisão do trabalho implicava um aumento da produção. Assim, cada operário faria apenas uma operação incorrendo em uma especialização. Isso levaria a um aumento da produção e, conseqüentemente, ao barateamento dos custos. Logo, os produtos no mercado custariam mais barato e ocorreria um aumento no consumo. 08) Adam Smith era um crítico dos monopólios comercias e defendia um desenvolvimento nacional baseado no trabalho artesanal. 16) Considerava que o trabalho era a origem de toda a riqueza, refutando os mercantilistas que afirmavam ser o comércio o grande gerador de riqueza.



resposta:
20

 


Próxima Página »

Página 1 de 2