Banco de dados de questões do vestibular Unb
questões de vestibulares
|

 

Questões Unb

REF. Pergunta/Resposta
origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:"As tragédias, bem entendido, não são mitos. Pode-se afirmar, ao contrário, que o gênero surgiu no fim do século VI, quando a linguagem do mito deixa de apreender a realidade política da cidade. O universo trágico situa-se entre dois mundos, (...)" Considerando a interpretação oferecida pelo trecho de J. P. Vemant, julgue os itens seguintes, relativos à história do mundo grego antigo.

(1) A instauração de uma nova ordem política com a consolidação da "pólis", contribuiu para o revigoramento do mito como sustentáculo de práticas de poder.
(2) O novo gênero - história -, contemporâneo da vitória da "pólis", afirmou-se com Tucídides, na crítica ao mito, propondo formas mais racionais de acesso ao passado.
(3) A "Ilíada" e a "Odisséia", principais expressões da epopéia grega, falam de um mundo marcadamente democrático em que a personagem principal é o povo.
(4) As tragédias tinham por tema estórias do presente, o que permitiu aos seus autores ignorar quaisquer lendas oriundas da tradição épica.



resposta:
F V F F

origem:Unb-1997
tópico:
historia-Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Nada possui tanta força como o progresso de um regime municipal, cuja tendência, triunfante aliás, para a uniformidade, deve-se à generalização do ideal por ele representado e ao prêmio de que dispõe o Imperador de conferir o direito de cidade. Julgue os itens que se seguem, relativos à história do Alto Império Romano.

(1) A ordem senatorial apresentou, em número crescente, membros saídos das elites provinciais.
(2) A construção, a multiplicação e o embelezamento das cidades, o desenvolvimento de uma elite abastada, que tinha gosto pelo luxo e pela cultura intelectual, constituíam uma tendência que já começara a se desenvolver com os reinos helenísticos.
(3) O edito de Caracala, do início do século III, conteve os progressos do "regime municipal" e do "direito de cidade", alcançados durante os dois primeiros séculos do Império.
(4) Apesar de o "direito de cidade" ter sido oferecido aos povos das províncias orientais, seus deuses mantiveram-se isolados da religião romana imperial.



resposta:
V V F F

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:Renascimento

pergunta:"O desenvolvimento da ideologia da Paz de Deus caminhou de mãos dadas com as últimas fases da feudalização. Foi pela primeira vez expressa pouco antes do ano mil, no sul da Gália, região em que se deu primeiro o colapso da autoridade real. Lentamente, esta idéia foi ganhando certa consistência e espalhando-se por toda a cristandade." (G. Duby, GUERREIROS E CAMPONESES.) Julgue os itens a seguir, relativos ao contexto histórico abordado pelo texto de Duby.

(1) A defesa da terra, função primeira da realeza, estava se transferindo para as mãos de príncipes e bispos, sob a justificativa da permissão divina.
(2) A "Paz de Deus" estimulou o espírito de cruzada, afastando as forças agressivas internas à sociedade feudal, por meio do deslocamento dos homens de guerra para tarefas contra os infiéis das regiões fronteiriças.
(3) A ética da "Paz de Deus", ao condenar a violência da pilhagem, legitimou, por outro lado, a exploração senhorial, apresentada como preço a ser pago pela segurança oferecida pelo novo regime.
(4) A chamada ideologia das três ordens contradizia claramente a ética da "Paz de Deus", ao retirar do mundo cristão medieval qualquer função definida para a aristocracia.



resposta:
V V V F

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:Renascimento

pergunta:"A consciência da oposição entre coisas antigas e modernas , e com ela a formação de um conceito de modernidade, surgiu durante o Renascimento, no século XVI. À visão religiosa de mundo da nobreza e do clero, difundida na Idade Média, começa a contrapor-se outra visão, a burguesa. Tal mudança coloca o homem no centro do universo (conceito antropocêntrico), abrindo novas perspectivas ao pensamento político e religioso, assim como ao desenvolvimento das ciências." (Carlos G. Mota, HISTÓRIA MODERNA E CONTEMPORÂNEA.) No que se refere ao Renascimento, julgue os seguintes itens.

(1) Processo de renovação cultural, o Renascimento refletia o gradativo crescimento da burguesia, da vida urbana e das atividades mercantis, em marcha desde a Baixa Idade Média.
(2) O racionalismo, uma das características centrais do movimento renascentista, estimulou o nascimento da ciência moderna, ao incentivar a pesquisa objetiva e o método experimental.
(3) A literatura renascentista de elevado senso crítico e comprometida com a elaboração de um novo conceito de vida e de homem também contribuiu para a consolidação dos novos idiomas nacionais, derivados do latim.
(4) No campo das artes, o Renascimento afastou-se do modelo clássico: as figuras humanas foram retratadas sem a preocupação com estudos anatômicos, técnicas de cores ou uso da perspectiva.



resposta:
V V V F

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:A Reforma Protestante rompeu a unidade cristã existente na Europa e deu origem a uma reforma religiosa na igreja Católica, a chamada Contra-Reforma. A esse respeito, julgue os itens adiante.

(1) O combate ao lucro e à usura, bases da vida comercial e financeira que se dinamizava ao final da Idade Média, mostrava o descompasso da Igreja romana em relação às transformações ocorridas na sociedade.
(2) As idéias de Lutero centravam-se na salvação pela fé e na leitura direta e interpretação pessoal do Evangelho, além de contestarem a supremacia da Igreja sobre o Estado.
(3) Exaltando o trabalho e a poupança na conduta humana, Calvino consagrava valores morais e políticos defendidos pela burguesia mercantil.
(4) A Contra-Reforma significou a tentativa da Igreja Católica de reorganizar-se com base em princípios liberais: abrandamento da hierarquia clerical e da autoridade papal, tolerância quanto aos hereges e abandono das práticas de censura.



resposta:
V V V F

origem:Unb-1997
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial

pergunta:No tocante às transformações verificadas no Brasil durante a crise do sistema colonial, julgue os itens seguintes.

(1) As críticas ao absolutismo feitas na Europa assumiram, no Brasil, o sentido de críticas ao sistema colonial.
(2) Em princípio, a Coroa funcionava como mediadora dos conflitos entre seus súditos, como no caso das divergências entre os produtores no Brasil e os comerciantes de Portugal.
(3) Chegando ao Brasil, uma das primeiras medidas tomadas por D. João foi a abertura dos portos brasileiros ao comércio direto estrangeiro.
(4) A invasão francesa na Península Ibérica e a transferência da corte portuguesa para o Brasil pouco modificaram as relações entre metrópole e colônia.



resposta:
V V V F

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:"A série de agitações e movimentos revolucionários que caracterizam a sociedade européia após 1815 está ligada à insatisfação burguesa ante o estatuto político e social fixado em 1815 pelas forças conservadoras, insatisfação essa que nada mais é que a tradução, no plano social e ideológico, dos antagonismos suscitados pelo rápido desenvolvimento da produção capitalista industrial". (J. Falcon e G. Moura, A FORMAÇÃO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO.) Com o auxílio do texto, julgue os itens a seguir, relativos à evolução política ocidental nas primeiras décadas do século XIX.

(1) O Congresso de Viena (1814-1815) defendeu o retorno à ordem anterior à Revolução Francesa e ao período napoleônico, restaurando as antigas fronteiras européias e preservando os sistemas coloniais.
(2) Sob a inspiração de Metternich, chanceler austríaco, o Congresso de Viena consagrou o sistema europeu das grandes potências, autêntica barreira conservadora em torno da França.
(3) A Santa Aliança, nascida no Congresso de Viena, obteve êxito em sua tentativa de impedir as independências latino-americanas e as revoluções liberais na Europa.
(4) Fazendo um jogo de dupla face, a Inglaterra foi conservadora na Europa e liberal em relação às colônias latino-americanas que buscavam sua independência.



resposta:
V V F V

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:Nazismo e Fascismo

pergunta:"Criamos o nosso mito. O mito é uma fé, é uma paixão. Não é preciso que seja uma realidade. (...) O nosso mito é a nação, o nosso mito é a grandeza da nação". (Benito Mussolini, ÓPERA OMNIA.) Com referência às idéias e às práticas fascistas, julgue os itens seguintes.

(1) O nacionalismo fascista foi essencialmente conservador e agressivo, o que acabou por justificar sua política de expansão imperialista.
(2) Os regimes fascistas defendiam o primado da ação, assentada na férrea disciplina e na total obediência ao comando do Estado: crer, obedecer, combater.
(3) "Tudo no Estado, nada fora do Estado, nada contra o Estado", lema mussoliniano, traduz uma concepção totalitária da História que se manteve restrita à Itália.
(4) As doutrinas totalitárias influenciaram movimentos como os liderados por Oliveira Salazar (Portugal) e por Francisco Franco (Espanha), além da Ação Integralista Brasileira, que teve em Plínio Salgado seu fundador e figura de maior expressão.



resposta:
V V F V

origem:Unb-1997
tópico:
historia-Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado

pergunta:A Monarquia viu solapadas, no decorrer dos anos, as suas bases sociais e caiu de maneira inglória, colhendo pouco menos que uma indiferença geral. Embora os republicanos ideológicos não fossem numerosos em 1889, a confiança na Monarquia tinha descido a níveis mínimos. Além disso, mesmo não sendo a maioria, os republicanos eram organizados e ativos e sabiam o que queriam. A respeito da queda do Império no Brasil, julgue os itens a seguir.

(1) A crise do Império ocorreu em momento de grande popularidade do sistema monárquico no Brasil.
(2) O Segundo Reinado ruiu em virtude dos desgastes intrínsecos do próprio sistema de poder.
(3) Com o golpe republicano de 1889, o povo teve acesso a grande participação na vida pública.
(4) O nascimento da República está associado ao conjunto das transformações estruturais ocorridas no Brasil, na segunda metade do século XIX.



resposta:
F V F V

origem:Unb-1997
tópico:
historia-Geral

sub-grupo:Relações Históricas

pergunta:A respeito dos processos de crise e de ruptura na produção cultural, intelectual, artística e esportiva brasileira no presente século, julgue os itens que se seguem.

(1) O Teatro de Arena, fundado na década de cinqüenta, foi marcado pela falta de engajamento e pelo direitismo político.
(2) A chamada música popular brasileira (MPB) nasceu do berço folgado da malandragem, do espaço irregular e da relativa flexibilidade social nas cidades.
(3) A Cinédia, a Atlântida e a Vera Cruz foram exemplos da efervescência do cinema brasileiro dos anos trinta aos anos cinqüenta.
(4) O futebol, que chegou ao final do século XX como um esporte de massa, era, nas primeiras décadas do século, apenas um esporte de elite.



resposta:
F V V V

origem:Unb-1997
tópico:
historia-Geral

sub-grupo:Relações Históricas

pergunta:Julgue os itens seguintes, relativos à nova realidade mundial surgida com o final da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

(1) A ação da ONU - voltada principalmente para o desarmamento, a paz e os direitos humanos - passou ao largo da Guerra Fria, de modo que o antagonismo americano-soviético foi incapaz de prejudicá-la.
(2) Buscando a reformulação do sistema internacional, a Conferência de Bandung (1955) abriu espaço para as propostas terceiro-mundistas e não-alinhadas, defendendo as teses de autodeterminação nacional e de luta anti-imperialista.
(3) O movimento de desobediência civil liderado por Gandhi, identificado pela não-cooperação e pela utilização de meios pacíficos, foi decisivo para a independência da Índia em relação à dominação britânica.
(4) No Brasil, a queda do Estado Novo de Vargas pode ser atribuída à participação brasileira na Segunda Guerra, ao lado das tropas derrotadas do Eixo.



resposta:
F V V F

origem:Unb-1997
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:"A vulnerabilidade da economia brasileira e o caráter perverso da dívida externa mostram o paradoxo da tragédia desenvolvimentista do Brasil. Arquitetada para aumentar a autonomia do Brasil no sistema internacional, a lógica do crescimento pela via do endividamento aumentara a própria dependência internacional do Brasil." (José Flávio Sombra Saraiva, O LUGAR DA ÁFRICA.) Com o auxílio do texto, que se refere à crise do modelo econômico do nacional-desenvolvimentismo nos anos setenta e oitenta, julgue os itens adiante.

(1) O relevante comércio externo do Brasil, que ajudara a diversificar a ação internacional do país, teve seus ganhos debitados na conta do balanço de pagamentos.
(2) Os credores internacionais exigiam maior saldo na balança comercial do Brasil justamente para o pagamento da dívida.
(3) O chamado milagre econômico trouxe consigo a maior distribuição de renda da história brasileira.
(4) As crises internacionais dos anos setenta, como a alta do preço do petróleo e a elevação das taxas de juros internacionais, foram irrelevantes para a crise do modelo econômico brasileiro.



resposta:
V V F F

 


Próxima Página »

Página 1 de 9