Exercícios mais comentados do banco de dados de questões de Lígua Portuguesa
questões de vestibulares
|
 

Exercícios mais comentados

REF. Pergunta/Resposta
vestibular:Unicamp
tópico:Interpretacao

sub-grupo:
pergunta:Defender a língua é, de modo geral, uma tarefa ambígua e até certo ponto inútil. Mas também é quase inútil e ambíguo dar conselhos aos jovens de uma perspectiva adulta e no entanto todo adulto cumpre o que julga seu dever. (...) Ora, no que se refere à língua, o choque ou oposição situam-se normalmente na linha divisória do novo e do antigo. Mas fixar no antigo a norma para o atual obrigaria este antigo a recorrer a um mais antigo, até ao limite das origens da língua. A própria língua, como ser vivo que é, decidirá o que lhe importa assimilar ou recusar. A língua mastiga e joga fora inúmeros arranjos de frase e vocábulos. Outros, ela absorve e integra a seu modo de ser.
(Vergílio Ferreira, "Em Defesa da Língua", em: Estão a Assassinar o Português! trecho adaptado)

a) Transcreva a tese de Vergílio Ferreira, isto é, a afirmação básica que o autor aceita como verdadeira e defende nesse trecho.
b) Transcreva o argumento no qual o autor se baseia para defender sua tese.



resposta:a) "Defender a língua é, de modo geral, uma tarefa ambígua e até certo ponto inútil."
b) "A própria língua, como ser vivo que é... integra a seu modo de ser."

vestibular:Ufmt
tópico:Literatura

sub-grupo:Romantismo
pergunta:A poesia romântica no Brasil tem sua trajetória tradicionalmente dividida em três gerações de poetas.
Com base nos principais poetas, suas obras e suas temáticas, julgue os itens a seguir.

( ) Gonçalves Dias, em "I - Juca Pirama", exalta o índio como símbolo da nacionalidade.
( ) A geração byroniana, impregnada de negativismo, dúvida, desilusão, teve na obra de Castro Alves sua maior representatividade.
( ) Também Gonçalves de Magalhães, com sentimentalismo e religiosidade, fez parte da geração do mal-do-século.
( ) Álvares de Azevedo e Casimiro de Abreu apresentaram as tensões típicas da segunda geração, o primeiro da forma mais acentuada, o segundo de forma mais amena.
( ) Nas poesias Navio Negreiro, Vozes d'África, Saudação a Palmares, o poeta dos escravos usou um estilo vigoroso em favor do negro oprimido.



resposta:V F F V V

vestibular:Unesp
tópico:Literatura

sub-grupo:Romantismo
pergunta:Almeida Garrett (1799-1854), que pertenceu à primeira fase do romantismo português, é poeta, prosador e dramaturgo dos mais importantes da Literatura Portuguesa. Em Viagens na Minha Terra (1846), mistura, em prosa rica, variada e espirituosa, o relato jornalístico, a literatura de viagens, as divagações sobre temas da época e os comentários críticos, muitas vezes mordazes, sobre a literatura em voga, no período. Releia o texto que lhe apresentamos e, a seguir, responda:
a) a que gêneros literários se refere Almeida Garrett?
b) quais os principais defeitos, segundo Garrett, dos escritores que elaboravam obras de tais gêneros?



resposta:a) Dramático - teatro e Épico - romance.
b) Imitação, pelos escritores portuguêses, aos escritores franceses. Artificialismo na criação literária.

vestibular:Ita
tópico:Interpretacao

sub-grupo:
pergunta:Leia o seguinte trecho com atenção:

Iniciamos a jornada, uma jornada sentimental, seguindo as regras estabelecidas. Os cavalos pisavam tão macio, tão macio que parecia estarem calçados de sapatilhas. A rigor não pisavam. Faziam cafuné com as patas delicadas ao longo do caminho.
(OLIVEIRA, Raymundo Farias de. "Na madrugada do silêncio". Linguagem Viva, n¡. 142. São Paulo, jun. 2001, p. 2.)

O confronto das frases "Os cavalos pisavam" e "A rigor não pisavam" concretiza:
a) um desmentido.
b) uma indecisão.
c) uma ironia.
d) uma contradição.
e) um reforço.



resposta:[E]

vestibular:Fuvest
tópico:Gramatica

sub-grupo:Vozes verbais
pergunta:Transpondo-se corretamente para a voz ativa a oração "para serem instruídos por um astrônomo (...)", obtém-se:
a) para que sejam instruídos por um astrônomo (...).
b) para um astrônomo os instruírem (...).
c) para que um astrônomo lhes instruíssem (...).
d) para um astrônomo instruí-los (...).
e) para que fossem instruídos por um astrônomo (...).



resposta:[D]

vestibular:Uem
tópico:Gramatica

sub-grupo:
pergunta:Na língua portuguesa, existem dois tipos de concordância: a verbal e a nominal. Sobre a concordância do(s) verbo(s) e do(s) nome(s) destacado(s), assinale a(s) alternativa(s) cuja justificativa que o(s) acompanha esteja adequada.

01) Em "...a segurança alimentar dos produtos transgênicos hoje COMERCIALIZADOS em diversos países." (2¡. parágrafo), o particípio, forma nominal do verbo comercializar, concorda com países, masculino plural.
02) Em "O emérito jurista, professor e doutor Miguel Reale, quando ABORDA o tema do paradigma FUNDAMENTAL..." (4¡. parágrafo), o verbo encontra-se na terceira pessoa do singular porque concorda com o sujeito "tema" e o adjetivo está no singular porque concorda com o mesmo sujeito.
04) Em "... e não lastreadas em hipóteses, interpretações tendenciosas, princípios ou precauções IDEOLÓGICOS." (1¡. parágrafo), o adjetivo destacado encontra-se no masculino plural porque concorda com um conjunto de nomes, dentre os quais, encontra-se um no masculino.
08) Em "Nunca HOUVE nenhum efeito NOCIVO..." (8¡. parágrafo), o verbo encontra-se na terceira pessoa do singular por se tratar de verbo impessoal e o adjetivo, também no singular, por concordar com o substantivo efeito.
16) No 8¡. parágrafo, o artigo "a", cujo antecedente é "Monsanto", em "... dA Monsanto, ...", encontra-se no feminino singular porque o autor do texto fez uma concordância ideológica com o substantivo feminino "empresa".
32) Em "O que ESTÁ em questão hoje É a aplicação..." (10¡. parágrafo), a primeira forma verbal destacada encontra-se na terceira pessoa do singular porque concorda com o "que", pronome relativo com função de sujeito, e a segunda está, também, na terceira pessoa do singular por concordar com o sujeito "a aplicação".



resposta:60

vestibular:Ufg
tópico:Interpretacao

sub-grupo:
pergunta:Em seu livro, José W. Vesentini diz que "é difícil calcular com exatidão a extensão da Floresta Amazônica já derrubada para o aproveitamento da madeira ou plantação de capim para a pecuária extensiva. Alguns autores estimam em apenas 7 ou 8% da biomassa original, outros chegam até 30%; mas calcula-se que a cada ano ocorra um desmatamento de, no mínimo, 3 milhões de hectares"
("Brasil - Sociedade & Espaço." São Paulo: Ática, 1996).

A charge abaixo, do cartunista Angeli, foi publicada na "Folha de S. Paulo", de 15 maio. 2000.

Bastardo. 1 Designativo de filho que nasceu de pais não casados. 2 Degeneração da espécie a que pertence. 3 Que se tornou diferente do tipo ordinário ou primitivo.
(Michaelis - "Moderno dicionário da língua portuguesa")

a) Identifique uma informação que seja comum ao texto de Vesentini e à charge de Angeli.

b) Considerando as definições do dicionário e o título "Dia da Mãe Natureza"!, explique por que a personagem da charge se auto-intitula "bastardo".


resposta:a) Trata-se do mesmo assunto: o desmatamento das florestas brasileiras.

b) O personagem se auto-intitula "bastardo" por ser indiferente à situação da natureza e à sua própria situação familiar ("filho que nasceu de pais não casados")

vestibular:Fgv
tópico:Gramatica

sub-grupo:
pergunta:Observe a frase "Os ferroviários viam seus problemas organizacionais como diferentes de todas as demais classes" (ref. 1). Nela, para que a mensagem estivesse totalmente explícita, faltaria acrescentar uma palavra. Trata-se de:
a) No.
b) Dos.
c) Pelos.
d) Ao.
e) Do.



resposta:[B]

vestibular:Mackenzie
tópico:Literatura

sub-grupo:Romantismo
pergunta:"Autor de uma vastíssima obra, toda ela orientada pelo espírito histórico, mesmo quando escreve romances, o pano de fundo é a história, da qual foi um profundo estudioso."

Em se tratando do Romantismo português, o trecho acima refere-se a:
a) Alexandre Herculano.
b) Júlio Dinis.
c) Almeida Garrett.
d) Camilo Castelo Branco.
e) Antero de Quental.



resposta:[A]

vestibular:Ufc
tópico:Gramatica

sub-grupo:
pergunta:No final do século XIX e princípio do século XX, muitas palavras francesas foram incorporadas ao léxico português, dada a influência cultural exercida pela França em todo o mundo civilizado da época. Assinale a alternativa que contém apenas palavras de extração francesa.
a) abajur - pôquer - gafe
b) bandó - abajur - pôquer
c) gafe - abajur - cachecol
d) cachecol - chaleira - bandó
e) organdi - cachecol - chaleira



resposta:[C]

vestibular:Ufg
tópico:Interpretacao

sub-grupo:
pergunta:Analise a charge que segue, publicada na revista VEJA, de 07 jun. 2000.

A leitura da charge permite as seguintes afirmações:

( ) nos desenhos humorísticos, a caricatura é uma representação gráfica de pessoa ou situação que explora aspectos ridículos ou grotescos.
( ) a legenda, texto curto que, às vezes, acompanha o desenho, tem a finalidade de determinar para o leitor o sentido da charge.
( ) o cartunista interpreta uma idéia presente no imaginário do torcedor brasileiro: os técnicos de futebol, quando cometem erros, são chamados de burros.
( ) a frase "O técnico Wanderley Luxemburgo examina as condições do gramado" funciona de modo redundante, visto que repete o significado contido no desenho.


resposta:V F V F

vestibular:Ufes
tópico:comunicacao

sub-grupo:
pergunta:"A história do gerente apressado

Certa vez, um apressado gerente de uma grande empresa precisava de ir ao Rio de Janeiro para tratar de alguns assuntos urgentes. Como tivesse muito medo de viajar, deixou o seguinte bilhete para sua recém-contratada secretária:

Maria: devo ir ao Rio amanhã sem falta.
Quero que você me 'rezerve', um lugar, 'à noite', no trem das 8 para o Rio.

Sabe o leitor o que aconteceu?
O gerente, simplesmente, perdeu o trem!
Por quê?"

(BLIKSTEIN, Izidoro. TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ESCRITA São Paulo: Ática, 1990, p.05)

O gerente perdeu o trem, porque a secretária não decodificou a problemática mensagem. Qual bilhete é mais adequado para que a comunicação se dê, de fato:

a) Maria: devo ir ao Rio amanhã sem falta. Quero que você reserve um lugar, à noite, no trem das 8 para o Rio.
b) Maria: devo ir ao Rio amanhã. Quero que você me compre, um lugar, à noite, no trem das 8 para o Rio.
c) Maria: Compre, para mim, uma passagem, em cabina com leito, no trem das 20h de amanhã (4ò feira), para o Rio de Janeiro.
d) Maria: vou ao Rio amanhã impreterivelmente. Quero que você me compre, à noite uma passagem para o Rio no trem das 8.
e) Maria: devo ir no Rio amanhã. Quero que, à noite você me reserve, sem falta, um, lugar, no trem das oito.



resposta:[C]

 


Próxima Página »

Página 1 de 41