Questões de Gramática - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Gramática

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufrj2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:O texto procura reproduzir na escrita uma característica da linguagem cinematográfica: "o filme, sob o ponto de vista formal, pode ser considerado como uma seqüência de espaços e tempos concretamente apresentados pela imagem."
("Enciclopédia Mirador-Internacional", s.v. cinema - 13.1.1).

Justifique a afirmativa, tomando por base a organização do plano sintático do texto.



resposta:A seqüência de espaços (dentro e fora do cinema) e de tempos (antes e depois de assistir ao filme) manifesta-se na predominância de estruturas coordenadas, no passado, numa seqüência rápida de ações ("rosnou", "passou as narinas pelas mangas", "levantou-se", "assistiu ao filme"), e com rupturas ("aquele homem meio estrábico" [...], "aquele homem, sim," [...]). Esses elementos sintáticos representam alguns dos recursos que, na linguagem escrita, buscam reproduzir a linguagem cinematográfica.

vestibular Puc-rio2008
tópico:Gramática

sub-grupo:Verbos - tempo e modo
pergunta:CIDADE SEM CARROS É POSSÍVEL, GARANTE URBANISTA

Metrópole projetada para até 3 milhões de pessoas seria movida por transporte público

Imagine a vida em uma metrópole livre do barulho, da poluição e de todas as dificuldades de se mover por ruas dominadas por carros, ônibus e caminhões. Todas as necessidades básicas, de supermercados a farmácias, estariam a cinco minutos a pé da porta de sua casa. A viagem para o trabalho seria feita em um serviço de transporte público barato, rápido, seguro e confortável e duraria no máximo 35 minutos. Essa é parte da visão de futuro descrita pelo sociólogo e urbanista holandês J.H. Crawford em seu site "Carfree cities" ('cidades livres de carros' em inglês).
A proposta de Crawford é simples, porém ousada: banir o uso de automóveis em áreas urbanas e (re)construir cidades em função disso. "As nações industrializadas cometeram um terrível erro ao adotar o carro como principal meio de locomoção nos meios urbanos", disse Crawford à "Ciência Hoje On-line". "O automóvel trouxe para as cidades sérios problemas ambientais, sociais e estéticos."
Crawford projetou uma cidade modelo sem carros, constituída por 100 bairros circulares, com ruas estreitas que se dirigem para a via central de transporte.

Os bairros da cidade sem carros são dispostos na forma de um trevo de 6 folhas. Os bairros mais distantes do centro, não-residenciais, são reservados para indústrias pesadas e estacionamentos.
Com base no contorno da cidade, o transporte principal seria o metrô, que teria apenas três linhas, cada uma com início em três das seis "folhas", passagem pelo centro e final nas outras três. O metrô funcionaria 24 horas por dia, com intervalos de somente quatro minutos entre os trens. Dois pontos da cidade estariam assim separados por no máximo 35 minutos. Entre os bairros, as viagens de curta distância poderiam ser feitas a pé (durariam não mais que 10 minutos) ou de bicicleta (cinco minutos). No caso de emergências médicas, policiais e de incêndio, o uso de veículos poderia ser cogitado.
O comércio e indústrias leves poderiam ser fixados em áreas residenciais, como nas cidades convencionais, e as ruas deveriam estar sempre guardadas pela polícia. "Isso ajudaria a reduzir a ocorrência de crimes, pois quase todas as regiões da cidade estariam ocupadas durante todo o dia", afirma Crawford. Pequenas praças na interseção da maioria das ruas, somadas a um ideal de 80% de áreas verdes em toda a cidade, criariam um clima de boa vizinhança. "Como as pessoas teriam mais contato umas com as outras, elas conversariam mais e deixariam o individualismo de lado", diz o urbanista.
Texto adaptado de "Ciência Hoje On-line", 4/05/2004.

a) Com base na leitura do texto, continue o período a seguir enumerando mais DUAS vantagens do projeto urbanístico de J. H.Crawford. Utilize a mesma estrutura sintática do item já enumerado.

O projeto urbanístico de J. H. Crawford teria, entre outras, as seguintes vantagens: facilitaria o deslocamento dos cidadãos entre os bairros, ...

b) Considerando o teor do texto, justifique o predomínio do emprego de verbos no futuro do pretérito do indicativo.


resposta:a) Sugestões:
Algumas das possíveis vantagens seriam: facilitar o deslocamento dos cidadãos entre os bairros, reduzir os níveis de poluição e dar mais segurança ao ambiente urbano.

b) Uma das funções características do futuro do pretérito do indicativo é a expressão de suposições e situações hipotéticas.

vestibular Puc-rio2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:a) Reescreva o período a seguir, pontuando-o corretamente.

É fato conhecido por muitos que Paulo Lins escritor carioca viveu na Cidade de Deus onde se desenrola a trama de seu famoso livro.

b) Construa períodos compostos por subordinação transformando as orações sublinhadas em subordinadas adjetivas. Respeite o início indicado. Veja o exemplo:

AQUELA DEVOTA CHEGOU TARDE. A devota não conseguiu entrar na igreja. Resposta: A devota que chegou tarde não conseguiu entrar na igreja.

(i) ESTAVA SENTADA SOBRE UMA PEQUENA MURALHA. Converti a pequena muralha em meu observatório. Converti ...

(ii) A MORTE DAQUELE HOMEM MOBILIZOU A COMUNIDADE. Aquele homem era um trabalhador honesto. Aquele homem ...



resposta:a) É fato conhecido por muitos que Paulo Lins, escritor carioca, viveu na Cidade de Deus, onde se desenrola a trama de seu famoso livro.

b)
(i) Converti em meu observatório a pequena muralha sobre a qual estava sentado.
(ii) Aquele homem cuja morte mobilizou a comunidade era um trabalhador honesto.

vestibular Puc-rio2008
tópico:Gramática

sub-grupo:Verbos - tempo e modo
pergunta:a) No Texto 1, predominam verbos no pretérito imperfeito do indicativo, ao passo que, no Texto 2, é o presente do indicativo que é mais recorrente. Explique esses predomínios levando em conta as diferenças entre os dois tipos de texto.
b) Há na passagem a seguir DOIS erros gramaticais. Reescreva o período corrigindo-os.

Em celebração a passagem do cinqüentenário da morte de José Lins do Rego, aconteceu, há pouco mais de um mês, na capital paraibana, várias atividades culturais promovidas pelo Governo do Estado: concurso de redação, espetáculo teatral, exibição de filme e concerto.



resposta:a) No Texto 1, há o predomínio do pretérito imperfeito do indicativo, por se tratar de uma narrativa na qual o narrador-personagem relembra cenas passadas, habituais.
O Texto 2, por ser expositivo e ter um narrador que específica as características gerais da memória, tem o presente do indicativo como tempo predominante.

b) Em celebração À passagem do cinqüentenário da morte de José Lins do Rego, ACONTECERAM, há pouco mais de um mês, na capital paraibana, várias atividades promovidas pelo Governo do Estado: concurso de redação, espetáculo teatral, exibição de filme e concerto.

vestibular Puc-rio2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:a) Reescreva as frases a seguir substituindo o termo destacado por uma oração subordinada, conforme o exemplo:

Escrevi sobre cenas de MINHAS LEMBRANÇAS REMOTAS ë Escrevi sobre cenas DE QUE ME LEMBRAVA REMOTAMENTE

(i) Não consigo mais lembrar os motivos DE MEU COMPORTAMENTO AGRESSIVO NAQUELA OCASIÃO.
(ii) No que tange ao estudo da memória, ainda são insuficientes os recursos À DISPOSIÇÃO DOS CIENTISTAS.

b) A conjunção "pois" é utilizada com valor diferente no Texto 1 (ref. 2) e no Texto 2 (ref. 3). Diga qual é o valor dessa conjunção em cada caso.



resposta:a)
(i) Não consigo mais lembrar os motivos pelos quais me comportei agressivamente naquela ocasião.
(ii) No que tange ao estudo da memória, ainda são insuficientes os recursos dos quais os cientistas dispõem.

b) Texto 1: a conjunção "pois" tem valor causal (aceita-se também como resposta a indicação de um valor explicativo).
Texto 2, a conjunção tem valor conclusivo.

vestibular Ufc2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Assinale a alternativa na qual se transcreve um elemento do texto que tem a mesma função sintática de a cigarra (verso 22).
a) meu Deus (verso 04)
b) a experiência (verso 10).
c) sua crença (verso 11).
d) o resto da fé (verso 40).
e) a família (verso 43).



resposta:[D]

vestibular Ufpr2008
tópico:Gramática

sub-grupo:Vocabulário
pergunta:Em que alternativa a expressão entre parênteses poderia substituir a palavra destacada, preservando o sentido original do texto?
a) "[...] adota como estratégia produtiva as mesmas PRERROGATIVAS da produção em série que já vigoram em outras esferas industriais [...]" (previsões)
b) "[...] existem também razões de natureza INTRÍSECA ao meio condicionando a televisão à produção seriada." (externa)
c) "Diante dessas CONTINGÊNCIAS, a produção televisual se vê permanentemente constrangida a levar em consideração as condições de recepção [...]" (contradições)
d) "[...] a produção televisual se vê permanentemente CONSTRANGIDA a levar em consideração as condições de recepção [...]" (forçada)
e) "[...] organizando a mensagem em painéis FRAGMENTÁRIOS e híbridos, como na técnica da colagem." (frágeis)



resposta:[D]

vestibular Ufpr2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Assinale a alternativa que reescreve o texto a seguir de acordo com a norma culta, mantendo-lhe o sentido.

Os presídios não é uma forma de mudar o ponto de vista de qualquer pessoa que esteja lá presa, um marginal que já fez de tudo na vida não é que vai preso que ele vai mudar totalmente.

a) Os presídios não é uma forma de mudar o ponto de vista de qualquer pessoa que esteje lá preso. Um marginal que já fez de tudo na vida não é porque vai preso que ele vai mudar totalmente.
b) Os presídios não são uma forma de mudar o ponto de vista de qualquer pessoa que esteja lá presa, um marginal que já fez de tudo na vida não é que vão preso que vão mudar totalmente.
c) Os presídios não são uma forma de mudar o ponto de vista de quem esteja lá preso. Não é porque foi preso que um marginal que já fez de tudo na vida vai mudar totalmente.
d) Presídio não é uma forma de mudar o ponto de vista das pessoas presas, um marginal não vai mudar totalmente por tudo que já fez na vida e então vai preso.
e) Os presídios não são uma forma de mudar o ponto de vista de qualquer pessoa presa. Um marginal que já fez de tudo na vida vai preso e vai mudar totalmente.



resposta:[C]

vestibular Uece2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:O termo que inicia a oração "... enquanto cresce a capacidade dos discos rígidos e a velocidade das informações, o desempenho da memória humana está ficando cada vez mais comprometido." (ref 6) indica uma idéia de
a) tempo
b) causa
c) conseqüência
d) proporcionalidade



resposta:[D]

vestibular Uece2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Considerando a relação entre as orações das frases abaixo, marque com V a afirmativa verdadeira e, com F, a falsa.
( ) "Se antes precisávamos correr em busca de informações de nosso interesse, hoje, úteis ou não, elas é que nos assediam..." (ref. 1) - temporalidade
( ) "... o problema não está propriamente nas novas tecnologias, mas no uso exagerado delas..." (ref. 7) - adversidade
( ) "... ela realizou uma pesquisa para saber o que estava ocorrendo com os funcionários..." (ref. 8) - finalidade
( ) "A maioria dos esquecimentos era de natureza auditiva, como nomes que acabavam de ser ouvidos..." (ref. 9) - comparação
Assinale a alternativa que contém a seqüência correta, de cima para baixo.
a) V, F, F, F
b) V, V, V, F
c) F, V, V, V
d) F, F, F, V



resposta:[B]

vestibular Uece2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Na frase "A era digital trouxe inovações e facilidades para o homem QUE superou de longe o QUE a ficção previa até pouco tempo atrás." (ref. 2), os QUÊS são, respectivamente, referentes de
a) homem - o
b) inovações - facilidades
c) inovações - o
d) era digital - de longe



resposta:[A]

vestibular Uece2008
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:No período "Eles ressaltam, PORÉM, que o problema não está propriamente nas novas tecnologias, mas no uso exagerado delas, o que faz com que deixemos de lado atividades mais estimulantes, como a leitura, que envolvem diversas funções do cérebro." (ref. 10), o conectivo PORÉM introduz a oração
a) "Eles ressaltam"
b) "que o problema não está propriamente nas
novas tecnologias"
c) "mas no uso exagerado delas"
d) "que envolvem diversas funções do cérebro"



resposta:[A]