Questões de Interpretação de texto - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Interpretação de texto

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Unesp2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:O emprego de iniciais maiúsculas para algumas palavras, em poesia, não é expediente meramente decorativo, mas visa ressaltar determinados conteúdos expressos pelas palavras nas frases. Tomando por base este comentário,
a) explique qual o efeito, em termos de significado, que o poeta obtém com o uso de inicial maiúscula nos dois empregos da palavra "homem".
b) compare a primeira com a última estrofe sintetize a mensagem que o poema passa ao leitor.



resposta:a) O "H" maiúsculo usado na palavra "homem" serve para indicar e reforçar a idéia de que "homem" está representando o gênero humano, ou seja, toda a humanidade.

b) Viver o dia-a-dia na esperança de encontrar o Ideal é utopia, ou seja, é esperar e ser frustrado.

vestibular Unesp2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Clóvis Rossi faz em seu artigo uma análise da viabilidade político-econômico-social dos países da América Latina. Considerando esta informação, releia o artigo atentamente e, a seguir,
a) determine o argumento que leva o articulista a afirmar que "A América Latina perdeu o passo do futuro, encalhou em algum momento."
b) cite duas palavras ou expressões do texto de Raul de Leoni que apresentam significado semelhante ao da palavra "futuro" do texto de Clóvis Rossi.



resposta:a) A afirmação do articulista refere-se às expectativas de que a América Latina se torne próspera e rica, porém isso não acontece e é exemplificado por ele no texto quando cita a situação de alguns países e cidades da América Latina.

b) "Ideal", "outra jornada", "horizonte", "adiamento eterno", "eterna esperança".

vestibular Unesp2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:
A charge de Jean se serve de uma frase de efeito usada durante a campanha eleitoral de 2002 para a presidência da república - "A esperança vencerá o medo" - e de sua nova versão, após o resultado das urnas - "A esperança venceu o medo" -, que o cartunista aborda num momento político em que dificuldades enfrentadas pelo novo governo geram algumas expectativas na população. Situando a charge nessa conjuntura,
a) defina o sentido que a palavra "esperança" apresenta nas duas frases de efeito citadas e o sentido que, para fazer humor, o chargista atribui à palavra "esperança", que aparece em negrito em sua charge.
b) estabeleça o que há de comum na conclusão a que chegam os três textos a respeito do tema abordado.


resposta:a) No texto usado durante a campanha eleitoral de 2002, a palavra esperança tem sentido positivo, ou seja, prega a fé no futuro.
Na charge, a palavra esperança tem sentido negativo, ou seja, mostra a crença em algo que poderá jamais ser realizado.

b) Os três textos mostram que a esperança de um amanhã melhor existe, mas há dificuldade para realizar o que se deseja.

vestibular Unesp2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Embora de gêneros diferentes, prosa e poesia, os dois textos apresentam afinidade temática na medida em que focalizam o problema da existência de Deus.
Considerando este fato,
a) estabeleça, com base no contexto da fala de Ticiano, o que este quer significar com a frase: "Eu acho que foram os homens que criaram Deus."
b) demonstre o caráter irônico do emprego da palavra "autor" na primeira estrofe do poema de Cassiano Ricardo.



resposta:a) Ticiano quer dizer que o ser supremo é invenção da inteligência humana.

b) Há ironia, pois, de início, refere-se a Deus como criatura e, logo após, como criador (autor).
Este caráter irônico é constituído de um paradoxo, pois a suposta criatura inventada pela mente humana é declarada criadora de formas da realidade.

vestibular Unesp2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Nem sempre um argumento ou opinião é manifestado diretamente, mas está subentendido no que se expressa na superfície do texto. Releia os dois textos e, a seguir,
a) considerando que a última estrofe do poema de Cassiano Ricardo é constituída por uma interrogação retórica, cuja resposta já está implícita na própria pergunta, indique o que pensa o poeta sobre o desfecho da luta entre Deus e Satã.
b) aponte em que medida os procedimentos gráficos utilizados pelo poeta nessa estrofe (emprego de algarismo como palavra, partição de palavra em dois versos separados por linha) reforçam os conteúdos expressos pelas palavras.



resposta:a) O autor acredita que Deus vencerá Satanás.

b) Os recursos gráficos dão visualidade a aspectos semânticos importantes da estrofe. A palavra "sobre" (equivalente a Deus) está acima da palavra "vivente" (que representa o homem); isso mostra que ambos (Deus e homem) estão em esferas diferentes da realidade.

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:"AÍ Fabiano baixou a pancada e amunhecou."
Empregado em registro informal, num processo coesivo interparágrafo, o advérbio destacado "AÍ", assume semanticamente o valor de:
a) concessão.
b) proporção.
c) conformidade.
d) conseqüência.
e) conclusão.



resposta:[D]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:A obra de Graciliano Ramos deixa entrever o ponto mais alto de tensão entre o eu do escritor e a sociedade que o formou, pois, em cada personagem, vê-se a face angulosa da ofensa e da dor. Esta face é reconhecida na seguinte ação de Fabiano ao:
a) receber a partilha de seus animais.
b) desculpar-se com o patrão saindo de costas.
c) consultar a mulher para a transação.
d) voltar à cidade para fechar negócio.
e) reclamar sobre o valor recebido pela transação.



resposta:[B]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:O personagem Fabiano é um ser moldado pelo meio, que nunca faz o que deseja, realizando aquilo que as circunstâncias impõem. Quaisquer esforços e desejos se tornam inúteis. O trecho do texto que demonstra o desejo de Fabiano para romper com esta estrutura é:
a) "Fabiano ajustou o gado, ..."
b) "se pudesse economizar."
c) "Ficava de boca aberta"
d) "Trabalhar como negro"
e) "Fabiano perdeu os estribos."



resposta:[B]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Do ponto de vista formal, o texto apresenta uma linguagem sintética, enxuta. Entretanto, este texto contém repetição de palavras e expressões que caracterizam, especialmente, os momentos de reflexão de Fabiano, como se fosse um coro.
O trecho que exemplifica esta afirmação é:
a) "... quem é do chão não se trepa."
b) "... era bruto, ..."
c) "... havia um erro."
d) "Bem, bem."
e) "... ser ignorância da mulher."



resposta:[B]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:A caracterização da personagem Sinhá Vitória está contemplada nos versos transcritos em:
a) "Maria, Maria
é o som, é a cor, é o suor,é a dose mais forte e lenta
de uma gente que ri, quando deve chorar,e não vive: apenas agüenta." (Milton Nascimento e Fernando Brandt)

b) "Mas vejo, por bela e por galharda,
Posto que os anjos nunca dão pesares,
Sois anjo que me tenta e não me guarda." (Gregório de Matos)

c) "Fito os olhos na janela
Aonde, Marília bela,
Tu chegas ao fim do dia;
Se alguém passa e te saúda,
Bem que seja cortesia,
Se acende na face a cor." (Tomás Antônio Gonzaga)

d) "Se uma nunca tem sorriso
É pra mulher se reservar
E diz que espera o paraíso
E a hora de desabafar." (Chico Buarque de Holanda)

e) Ri, desdenha, pisa
Meu canto, no entanto,
mais te diviniza,
Mulher diferente
Tão indiferente,
Desumana, Elisa! (Manuel Bandeira)



resposta:[A]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:A palavra TERRA está empregada com sentido diferente em:
a) "Procurar outra terra?"
b) "... a mesma condição de João sem terra ..."
c) "Onde não vivesse tão sujo de terra."
d) "Girassol que erra de terra em terra."
e) "... o senhor feudal da terra."



resposta:[C]

vestibular Unirio2004
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Na segunda estrofe, a falta de ânimo de "João sem terra" para procurar outra terra é enfatizada pela:
a) interrogação direta.
b) designação "sub-João".
c) palavra "paradoxalmente".
d) repetição do pronome demonstrativo.
e) condição de estar sujo.



resposta:[D]