Questões de Interpretação de texto - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Interpretação de texto

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Fgv2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:A palavra "epifania", presente no segundo parágrafo, tem o sentido de
a) unificação.
b) manifestação.
c) espera.
d) milagre.
e) ventura.



resposta:[B]

vestibular Puc-rio2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:a) No segundo parágrafo do Texto 2, diz-se que "a palavra inteligência perdeu o seu sentido pleno". Qual seria o sentido pleno de inteligência segundo o autor?

b) As expressões denotadoras de circunstâncias, quando empregadas de acordo com a forma canônica, ocorrem no final da oração. Explique por que a expressão "no futuro" foi deslocada dessa posição no período "Do século XX, no futuro, se dirá que foi louco." (Texto 2).



resposta:a) O sentido pleno de inteligência inclui tanto o progresso da ciência e o desenvolvimento do conhecimento quanto a aplicação desse conhecimento na construção de um mundo melhor.

b) A expressão foi deslocada para se aproximar do verbo "dizer", ao qual se refere e para evitar uma incoerência temporal, um fato passado ocorrido no futuro ("foi louco no futuro").

vestibular Puc-rio2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:a) No Texto 2, está clara a visão de que a bomba atômica é uma arma, tendo matado "centenas de milhares de pessoas". No Texto 3, ao contrário, a bomba atômica é considerada como vítima. Transcreva um verso em que essa condição de vítima fique explícita. Justifique a sua resposta.

b) Tendo em vista os trechos a seguir, explique a diferença entre os dois tipos de poderes atribuídos ao cérebro.

"Foi [...] uma prova de que o nosso cérebro é capaz de comandar objetos fora do corpo" (Texto 1 - ref. 1)
"Um século que usou ao máximo o poder do cérebro para manipular as coisas do mundo" (Texto 2 - ref. 1)



resposta:a) O verso que explicitamente caracteriza a bomba atômica com vítima é "Coitada da bomba atômica". Esse verso apresenta a bomba, que normalmente está associada à idéia de destruição, como algo digno de pena.

b) No primeiro enunciado, esse poder está relacionado a uma capacidade física. Já no segundo enunciado, o poder está relacionado a uma capacidade mais abstrata, a de interferir no andamento da natureza, seja para o bem ou para o mal.

vestibular Cefet-ce2006
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:A compreensão geral do texto é de que:
a) a globalização nivela sempre por baixo os países ricos e os pobres.
b) em se tratando de globalização de mercados, crescimento de riqueza e nível de emprego caminham em proporção inversa.
c) globalizar significa abaixar o nível de empregos dos países ricos para elevar o dos pobres.
d) o maior problema da globalização é que há muita qualificação e pouco trabalho.
e) se a máquina vem para substituir a mão-de-obra humana, o povo não precisa aumentar o nível de escolaridade.



resposta:[B]

vestibular Cefet-ce2006
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Em "assusta também o trabalhador brasileiro" (ref. 2), a palavra "também" se articula bem como as noções de:
a) repetição / reiteração
b) realce / ilustração
c) equivalência / equiparação
d) adição / inclusão
e) acréscimo / ordem



resposta:[D]

vestibular Cefet-ce2006
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:"O novo mercado" (ref. 3) recupera o sentido de:
a) " relacionamento diário" (ref. 4)
b) " relógio de ponto" (ref. 5)
c) " revolução tecnológica" (ref. 6)
d) " modelo produtivo" (ref. 7)
e) " Primeiro Mundo" (ref. 8)



resposta:[C]

vestibular Pucsp2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:
Segundo o dicionarista Antônio Houaiss, charge é desenho humorístico, com ou sem legenda ou balão, geralmente veiculado pela imprensa e tendo por tema algum acontecimento atual, que comporta crítica e focaliza, por meio de caricatura, uma ou mais personagens envolvidas.
No caso da charge anterior, a crítica que ela comporta é dirigida
a) à formalidade da mensagem veiculada na televisão: "Este programa é inadequado para menores de 12 anos".
b) à rispidez do garoto que não usa palavras polidas para pedir o desligamento da televisão: "Não ouviu? Desliga essa TV".
c) ao pouco domínio da norma padrão culta das crianças, pois o garoto usa "ouviu" (= 3 pessoa do singular) ao lado de "Desliga!" (= 2 pessoa do singular).
d) à exposição gratuita da marca do charuto e do uísque que as crianças consomem, facilmente perceptível pelo desenho.
e) à falha na educação das crianças que, longe daqueles que podem educá-las, precocemente jogam, bebem e fumam.


resposta:[E]

vestibular Cefet-ce2006
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Com base no texto, pode-se afirmar corretamente que:
a) Em 1968, os jovens franceses eram mais objetivos e menos idealistas.
b) A juventude francesa, ao protestar contra a flexibilização de normas trabalhistas, contraria a ideologia dominante em 1968.
c) As mudanças das leis trabalhistas estão entre os interesses da juventude francesa.
d) Na França, a alta taxa de desemprego entre os jovens levou-os a manifestarem-se nas ruas.
e) Os outros países da União Européia querem um Estado protecionista no que diz respeito à economia.



resposta:[B]

vestibular Pucsp2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Leia atentamente os textos a seguir.

Texto 1
MASSA DIZ QUE REALIZOU UM SONHO AO SER POLE EM INTERLAGOS
Quinto brasileiro a conquistar uma pole no GP do Brasil de Fórmula 1 - repetindo Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet, Ayrton Senna e Rubens Barrichelo -, Felipe Massa afirmou neste sábado que realizou um sonho em sua carreira ao garantir a primeira posição do grid de largada da corrida em Interlagos e ouvir o seu nome ser gritado pelo público que lotou o autódromo.
Milton Pazzi Jr. ("www.estadao.com.br" - acessado em 21 out. 2006.)

Texto 2
FELIPE MASSA CRAVA A POLE POSITION DO GRANDE PRÊMIO DO BRASIL
O brasileiro Felipe Massa confirmou o favoritismo e conquistou a pole position do Grande Prêmio do Brasil, última etapa da temporada 2006 da Fórmula 1. Forte desde os treinos livres da sexta-feira, ele assumiu a primeira posição com o tempo de 1min10s842.
("http://esporte.uol.com.br" - acessado em 21 out. 2006.)

Os dois textos referem-se ao mesmo tema: à primeira posição na largada do Grande Prêmio de Fórmula 1 do Brasil, conquistada por Felipe Massa, jovem piloto brasileiro. Acerca do modo como aparece no texto o aspecto pessoal, emocional e subjetivo, pode-se afirmar que
a) ambos são isentos de subjetividade, como deve ser todo texto jornalístico que prima sempre pela objetividade para que tenha maior credibilidade.
b) o primeiro texto é mais subjetivo, porque se refere ao sonho e às sensações de Felipe Massa, além de compará-lo a outros ídolos do automobilismo brasileiro.
c) o segundo é mais subjetivo, porque indica precisamente que se trata de uma etapa específica da competição e porque indica o tempo exato da melhor volta de Felipe Massa.
d) o primeiro é mais subjetivo, porque indica com precisão não só o dia em que Felipe Massa fez a afirmação, como também se refere precisamente à "primeira posição".
e) o segundo é mais subjetivo, porque em seu título apresenta de modo completo tanto o nome Felipe Massa, quanto o nome Grande Prêmio do Brasil.



resposta:[B]

vestibular Ufpr2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Pode-se inferir, a partir das informações do texto, que a motivação para o crescimento da bancada do PSDB no período de 1994 a 1998 foi:
a) A ausência de "caciques" no partido.
b) O enfraquecimento da oposição ao presidente Fernando Henrique Cardoso.
c) A mudança na legislação eleitoral.
d) A mobilização dos líderes do partido governista para aumentar sua bancada.
e) A dificuldade de sobrevivência dos partidos pequenos.



resposta:[D]

vestibular Ufpr2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Considere os seguintes componentes do cenário político abordados no texto:

1. Partidos que acolhem os políticos migrantes.
2. Políticos que trocam de legenda durante o mandato.
3. Sistema partidário brasileiro.
4. Líderes dos partidos que perdem parlamentares.
5. Eleitor dos políticos que migram para outros partidos.

Segundo Carlos Ranulfo F. de Melo, a infidelidade partidária traz benefícios para:
a) 3 somente.
b) 3, 4 e 5 somente.
c) 2 e 4 somente.
d) 1 e 5 somente.
e) 1 e 2 somente.



resposta:[E]

vestibular Ufpr2007
tópico:Interpretação de texto

sub-grupo:
pergunta:Tomando como base as relações de causalidade que Dimenstein apresenta no texto, numere a coluna II com base na informação da coluna I.

COLUNA I
1. Causa direta do sucesso do PCC
2. Causa indireta do sucesso do PCC
3. Fator não relacionado ao sucesso do PCC

COLUNA II
( ) Baixo rendimento escolar dos jovens residentes nos bairros periféricos de São Paulo.
( ) Taxa de desemprego da população dos bairros paulistas, em torno de 16%.
( ) Contribuição das gangues para a subsistência e a auto-estima dos jovens.
( ) Existência de cerca de um milhão de jovens desempregados e com baixa escolaridade na região metropolitana de São Paulo.
( ) Deficiência dos serviços públicos e falta de policiamento na periferia de São Paulo.
( ) Disciplina rígida para os integrantes da facção, tanto dentro quanto fora das penitenciárias.

Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta da coluna II, de cima para baixo.
a) 1 - 2 - 3 - 2 - 1 - 2.
b) 3 - 1 - 2 - 1 - 1 - 1.
c) 2 - 3 - 1 - 2 - 2 - 1.
d) 2 - 2 - 2 - 1 - 3 - 3.
e) 1 - 1 - 2 - 1 - 3 - 2.



resposta:[C]