Banco de dados de questões sobre Simbolismo
questões de vestibulares
|
 

Questões Simbolismo

REF. Pergunta/Resposta
origem:Fuvest
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:I.
''Entre brumas, ao longe, surge a aurora.
O hialino orvalho aos poucos se evapora,
Agoniza o arrebol.
A catedral ebúrnea do meu sonho
Aparece, na paz do céu risonho,
Toda branca de sol"

II.
"Quando em meu peito rebentar-se a fibra,
Que o espírito enlaça a dor vivente,
Não derramem por mim nem uma lágrima
Em pálpebra demente."

III.
"Por um lado te vejo como um seio murcho
pelo outro como um ventre de cujo umbigo pende
[ainda o cordão placentário.
És vermelha como o amor divino
Dentro de ti em pequenas pevides
Palpita a vida prodigiosa
Infinitamente."

IV.
"Transforma-se o amador na cousa amada,
Por virtude do muito imaginar;
Não tenho logo mais que desejar,
Pois em mim tenho a parte desejada."

Na ordem em que estão transcritos, os fragmentos se enquadram respectivamente nos seguintes movimentos literários:
a) I. Simbolismo, II. Romantismo, III. Modernismo, IV. Classicismo;
b) I. Modernismo, II. Simbolismo, III Classicismo, IV. Romantismo;
c) I. Romantismo, II. Modernismo, III. Simbolismo, IV. Classicismo;
d) I. Classicismo, II. Romantismo, III. Modernismo, IV. Simbolismo;
e) I. Simbolismo, II. Classicismo, III. Romantismo, IV. Modernismo.




resposta:[A]

origem:Uel
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:"Faz descer sobre mim os brandos véus da calma,
Sinfonia da Dor, ó Sinfonia muda,
Voz de todo meu Sonho, ó noiva da minh'alma,
Fantasma inspirador das Religiões de Buda."

A estrofe acima é de Cruz e Sousa, e nela estão os seguintes elementos típicos da poesia simbolista:
a) realidade urbana, linguagem coloquial, versos longos.
b) erotismo, sintaxe fluente e direta, ironia.
c) desprezo pela métrica, linguagem concretizante, sátira.
d) filosofia materialista, linguagem rebuscada, exotismo.
e) misticismo, linguagem solene, valorização do inconsciente.




resposta:[E]

origem:Uel
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Identifique os versos tipicamente simbolistas de Cruz e Sousa.

a) "Adeus! ó choça do monte!...
Adeus! palmeiras da fonte!...
Adeus! amores... adeus!..."
b)"Rei é Oxalá que nasceu sem se criar.
Rainha é Iemanjá que pariu Oxalá sem se manchar."
c)"Minhas idéias abstratas
De tanto as tocar, tornaram-se concretas.
São rosas familiares
Que o tempo traz ao alcance da mão."
d) "Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo."
e) "Nessa Amplidão das Amplidões austeras
chora o Sonho profundo das Esferas
que nas azuis Melancolias morre..."




resposta:[E]

origem:Faap
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Não é difícil classificar este poema como simbolista, já que:
a) busca a fantasia
b) exagera a realidade
c) é impessoal e impassível
d) apresenta-se direta e objetivamente
e) predominam nele a lógica e a razão




resposta:[A]

origem:Faap
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Já se disse que o poema é do simbolismo. Contudo, se você tivesse que enquadrá-lo em outra escola, optaria pelo:
a) renascimento
b) arcadismo
c) romantismo
d) realismo
e) futurismo




resposta:[C]

origem:Faap
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Só um tema domina os versos do poeta: a morte da amada Constança, sua prima. Morre adolescente; eis o fantasma que o acompanha na maioria dos versos. Escreveu estas obras, exceto:
a) "Câmara Ardente"
b) "Dona Mística"
c) "Missal e Broquéis"
d) "Kiriale"
e) "A Escada de Jacó"




resposta:[C]

origem:Faap
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:O poema pertence à escola:
a) neoclássica
b) romântica
c) realista
d) simbolista
e) moderna




resposta:[D]

origem:Faap
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Também são de Alphonsus de Guimaraens estes versos famosos:

a) "Ó Formas alvas, brancas,
Formas claras de luares, de neves, de neblinas!..."
b) "Quando Ismália enlouqueceu
Pôs-se na torre a sonhar..."
c) "Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,..."
d) "Sonho que sou um cavaleiro andante
Por desertos, por sóis, por noite escura..."
e) "Só a leve esperança, em toda a vida,
Disfarça a pena de viver, mais nada;"




resposta:[B]

origem:Ufpe
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:OBSERVE:

"Os miseráveis, os rotos
São as flores dos esgotos
São espectros implacáveis
Os rotos, os miseráveis
São prantos negros de furnas
Caladas, mudas, soturnas."
(Cruz e Sousa)

( ) Este autor representou o Simbolismo no Brasil, propondo uma poesia pura não-racionalizada, explorando imagens e não conceitos.
( ) A poesia simbolista é hermética, misteriosa e despreza a poética racional.
( ) Cruz a Sousa, principal figura do movimento, era filho de escravos e, como tal, usou a escravidão e as injustiças como tema central de sua poética.
( ) Pela espiritualização contínua de sua poesia, tenta desfazer-se de todos os referenciais concretos, adotando para isso uma linguagem rebuscada e musical.
( ) O trecho anterior, pertencente a LITANIA DOS POBRES, tem o tom de denúncia social, apesar do idealismo platônico do autor e de sua tendência à espiritualização.




resposta:V V F V V

origem:Mackenzie
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Assinale a alternativa que não se refere ao Simbolismo.
a) Na busca de uma linguagem exótica, colorida, musical, os autores não resistem, muitas vezes, à idéia de criar novos termos.
b) Ocorre grande interesse pelo individual e pelo metafísico.
c) Há assuntos relacionados ao espiritual, místico, religioso.
d) Nota-se o emprego constante de aliterações e assonâncias.
e) Busca-se uma poesia formalmente perfeita, impassível e universalizante.




resposta:[E]

origem:Pucsp
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:Augusto dos Anjos é autor de um único livro, EU, editado pela primeira vez em 1912. OUTRAS POESIAS acrescentaram-se às edições posteriores. Considerando a produção literária desse poeta, pode-se dizer que:
a) foi recebida sem restrições no meio literário de sua época, alcançando destaque na história das formas literárias brasileiras.
b) revela uma militância político-ideológica que o coloca entre os principais poetas brasileiros de veio socialista.
c) foi elogiada poeticamente pela crítica de sua época, entretanto não representou um sucesso de público.
d) traduz a sua subjetividade pessimista em relação ao homem e ao cosmos, por meio de um vocabulário técnico-científico-poético.
e) anuncia o Parnasianismo, em virtude das suas inovações técnico-científicas e de sua temática psicanalítica.




resposta:[D]

origem:Pucsp
tópico:
Literatura

sub-grupo:Simbolismo

pergunta:"O Martírio do Artista" foi escrito em 1906 e integra os poemas do EU. Nele, pode-se verificar:
a) o emprego de figura de linguagem, mediada por partícula conectiva, que pressupõe a existência de semelhanças entre idéias distintas.
b) o emprego da paráfrase nos versos: "Busca exteriorizar o pensamento (...)E não lhe vem à boca uma palavra!".
c) a incidência de pontos de exclamação que, se, por um lado, corrobora o martírio do artista, por outro, insinua sua alegria por ter o pensamento exteriorizado.
d) o sofrimento do artista restrito apenas à folha de papel violentamente rasgada, visto que esta é a superfície sobre a qual o pensamento exteriorizar-se-á.
e) o não artesanato da linguagem, mas a mera preocupação conteudística voltada para o martírio do artista.




resposta:[E]

 


Próxima Página »

Página 1 de 5