Banco de dados de questões do vestibular Ufmg
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufmg

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufmg1998
tópico:
comunicacao

sub-grupo:

pergunta:Todas as alternativas contêm afirmações que podem ser confirmadas pelo texto, EXCETO
a) O uso da língua é que define o certo e o errado.
b) A língua é uma herança sócio-cultural.
c) O autor apresenta argumentos lingüísticos e não-lingüísticos.
d) A coincidência completa entre a fala e a escrita é viável.




resposta:
[D]

origem:Ufmg1998
tópico:
comunicacao

sub-grupo:

pergunta:"Desassossegados estamos. Querem mexer na pátria."
Assinale a alternativa que contém a RELAÇÃO implícita entre essas orações.
a) Oposição
b) Finalidade
c) Temporalidade
d) Causalidade




resposta:
[D]

origem:Ufmg1998
tópico:
comunicacao

sub-grupo:

pergunta:Em todas as alternativas, as afirmações que acompanham as frases do texto são pertinentes, EXCETO em
a) "Querer que a grafia coincida sempre com a pronúncia é como correr atrás do arco-íris, e a comparação não é fortuita, pois uma língua é uma coisa bela, mutável e misteriosa como um arco-íris." O articulador "pois" e a vírgula que o precede podem ser substituídos por dois pontos, sem que se altere a relação entre as idéias.
b) "Já não basta ficarem mexendo toda hora no valor e no nome do dinheiro?" A frase utiliza recursos da linguagem coloquial.
c) "(...) seria cruel fazer um brasileiro escrever "facto" ou "receção" (que ele só conhece, e bem, com dois ss, no sentido de inferno astral da economia)." O articulador "que" remate a dois termos antecedentes.
d) "E as regras das campanhas eleitorais, o ministério, o comprimento das saias, a largura das gravatas?" O paralelismo entre elementos não afins cria uma enumeração inusitada.



resposta:
[C]

origem:Ufmg1998
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:Todas as alternativas contêm trechos que, no texto, apresentam imprecisão do agente da ação verbal, EXCETO
a) Já não basta os prefeitos, como imperadores, tentarem mudar o nome de avenidas cruciais(...)?
b) Já não basta mudarem toda hora as teorias sobre o que engorda e o que emagrece?
c) Lá vêm eles de novo, querendo mudar as regras de escrever o idioma.
d) Já não basta ficarem mexendo toda hora no valor e no nome do dinheiro?



resposta:
[A]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Teoria Literária

pergunta:No "Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as da Holanda", o Padre Vieira argumenta com Deus, para convencê-lo a ajudar os portugueses na guerra contra os holandeses. Um dos argumentos utilizados é o de que
a) Ele deveria empenhar-se em perdoar aos portugueses os seus pecados, pois isso lhe aumentaria a glória.
b) Ele deveria ajudar os portugueses, porque, se as armas da Holanda invadissem a cidade, os holandeses profanariam a Arca do Testamento.
c) Ele, que tirou dos portugueses o seu rei, D. Sebastião, deveria agora compensá-los, ajudando-os na luta contra os holandeses.
d) Ele deveria ajudar os portugueses, pois, com o milagre da vitória destes sobre os holandeses, todos os gentios se converteriam ao Cristianismo.



resposta:
[A]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Arcadismo

pergunta:Leia o soneto que se segue, de Cláudio Manuel da Costa.

Pastores, que levais ao monte o gado,
Vede lá como andais por essa serra;
Que para dar contágio a toda a terra,
Basta ver-se o meu rosto magoado:

Eu ando (vós me vedes) tão pesado;
E a pastora infiel, que me faz guerra,
É a mesma, que em seu semblante encerra
A causa de um martírio tão cansado.

Se a quereis conhecer, vinde comigo,
Vereis a formosura, que eu adoro;
Mas não; tanto não sou vosso inimigo:

Deixai, não a vejais; eu vo-lo imploro;
Que se seguir quiserdes, o que eu sigo,
Chorareis, ó pastores, o que eu choro.

Todas as alternativas contêm afirmações corretas sobre esse soneto, EXCETO
a) O poema opõe um estilo de vida simples a um estilo de vida dissimulado.
b) A palavra "guerra" enfatiza a recusa da pastora a corresponder aos afetos do poeta.
c) O sentido da visão é o predominante em todas as estrofes do poema.
d) A expressão "para dar contágio a toda a terra" revela a intensidade do sofrimento do pastor.




resposta:
[A]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Contemporânea

pergunta:O título do conto "O iniciado do vento", de Aníbal Machado, refere-se a um personagem. Este personagem é
a) o juiz do processo.
b) o escrivão da cidade.
c) Zeca da Curva.
d) José Roberto.




resposta:
[C]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Contemporânea

pergunta:Todas as alternativas apresentam frases do conto "Viagem aos seios de Duília", de Aníbal Machado. Assinale a alternativa em que a frase apresentada pode ser considerada uma síntese do enredo desse conto.
a) "Estou livre agora, livre!..."
b) "(...) comprou malas, preveniu passagens."
c) "Foi andando para o passado..."
d) "Buscaria a solução na leitura dos romances."




resposta:
[C]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Modernismo

pergunta:Com relação à religiosidade popular, a atitude presente no livro NOVOS POEMAS, de Jorge Lima, é de
a) irreverência impiedosa.
b) crítica ideológica.
c) tolerância condescendente.
d) adesão afetuosa.




resposta:
[D]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Realismo/Naturalismo/Parnasianismo

pergunta:No romance O ATENEU, de Raul Pompéia, o personagem Aristarco, que apresenta um "vaivém de atitudes", é visto como portador de uma "individualidade dupla". Todas as alternativas contêm trechos do romance em que Aristarco passa de uma atitude a outra, EXCETO
a) "Quando meu pai entrou comigo havia no semblante de Aristarco uma pontinha de aborrecimento. (...) Mas a sombra de despeito apagou-se logo, como o resto de túnica que apenas tarda a sumir-se numa mutação à vista; e foi com uma explosão de contentamento que o diretor nos acolheu."
b) "Aristarco, que consagrava as manhãs ao governo financeiro do colégio, conferia, analisava os assentamentos do guarda-livros. De momento a momento entravam alunos. Alguns acompanhados. A cada entrada, o diretor lentamente fechava o livro comercial, (...) oferecendo episcopalmente a mão peluda ao beijo contrito e filial dos meninos."
c) "(...) viam-no [Aristarco] formidável, com o perfil leonino rugir (...) sobre outro [aluno] que tinha limo nos joelhos de haver lutado em lugar úmido, gastando tal veemência no ralho, que chegava a ser carinhoso."
d) "A cadeira girava de novo à posição primitiva; o livro da escrituração espalmava outra vez as páginas enormes; e a figura paternal do educador desmanchava-se volvendo a simplificar-se na esperteza atenta e seca do gerente."



resposta:
[C]

origem:Ufmg1998
tópico:
Literatura

sub-grupo:Realismo/Naturalismo/Parnasianismo

pergunta:Todas as alternativas apresentam afirmações corretas sobre o narrador do romance O ATENEU, EXCETO
a) O narrador entremeia à narrativa dos acontecimentos da vida escolar as suas opiniões.
b) O narrador dá mais ênfase aos fatos sociais do que aos da sua experiência pessoal.
c) O narrador estrutura o enredo, revelando a existência de etapas no processo de formação de sua personalidade.
d) O narrador apresenta as relações entre os personagens de modo a desnudar alguns aspectos ocultos dessas relações.




resposta:
[B]

origem:Ufmg1999
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:Com base na leitura feita, é CORRETO afirmar que o objetivo do texto é
a) defender a parceria entre o papel e o texto como uma história de êxitos.
b) discutir as implicações da era digital no uso da escrita.
c) descrever as vantagens e desvantagens da Internet na atualidade.
d) narrar a história do papel e do texto desde a antigüidade.




resposta:
[B]