Banco de dados de questões do vestibular Ufmt
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufmt

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufmt1996
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:Julgue os itens.

( ) Nesta poesia, o eu lírico mostra consciência de que a busca da felicidade é inútil.
( ) Na última estrofe, o eu lírico desiste da busca da felicidade.
( ) Em "se o sonho tecesse malhas"(v.3), há emprego de metonímia.
( ) No primeiro verso da terceira estrofe, a palavra saudade significa nostalgia, tristeza.
( ) Predomina, neste texto poético, o emprego de nomes concretos em lugar de abstratos.
( ) Esta poesia é um soneto, pois compõe-se de quatro estrofes.
( ) A autora, Cecília Meireles, é considerada participante do segundo momento do Modernismo brasileiro.



resposta:
F F F V V F V

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:Julgue os itens.

( ) Trocando o verbo "haver" (v. 1) pelo verbo "existir", ficaria: Se não existisse montanhas.
( ) O sujeito do verbo "haver" no segundo verso é "paredes".
( ) As formas verbais "houvesse" (v. 1) e "tinha" (v. 13) estão no mesmo tempo, mas não no mesmo modo.



resposta:
F F V

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:Julgue os itens.

( ) A oração principal das orações condicionais do texto encontra-se subentendida.
( ) Na quarta estrofe, há uma oração cujos termos estão em ordem inversa.
( ) Assim como "cavalo de asas" equivale a cavalo alado, "água de chuva" equivale à água fluvial.



resposta:
V V F

origem:Ufmt1996
tópico:
comunicacao

sub-grupo:

pergunta:Com base no texto

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu.
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo, então, que cresceu.
(Roda Viva - Chico Buarque)

Julgue os itens
( ) A expressão "a gente" é uma forma característica da linguagem coloquial para substituir o pronome "nós".
( ) O uso do verbo "ter" em lugar de "haver" e a supressão da preposição "em" junto ao relativo são marcas da oralidade no texto.
( ) A modalidade oral e o registro coloquial envolvem o ouvinte-leitor numa relação de familiaridade.



resposta:
V V V

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:De acordo com o texto

1 É um monte de artistas chegando, suado, cansado, feliz, com vários quadros debaixo dos braços. Nos rostos, a grande expectativa quanto aos prêmios futuros. Esculturas espalhadas por salões e corredores. O corre-corre demonstra que o Palácio da Instrução (Secretaria de Cultura e Turismo de Mato Grosso) acha-se em plena efervescência, às vésperas de começar o XV Salão Jovem Arte Mato-Grossense.
(...)
2 Criado em 1975, o Salão Jovem Arte Mato-Grossense - SJAM, é o maior evento das artes plásticas do Estado. Este ano, pela primeira vez, desde a separação de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul volta a participar. Além dos artistas da capital, estarão participando artistas de diversas cidades do interior.
("D.C. Ilustrado" - 02/11/95)

Julgue os itens.

( ) "Corre-corre" é uma palavra composta por parassíntese.
( ) Em "esculturas espalhadas por salões e corredores" (parágrafo 1), há elipse de um verbo.
( ) Os adjetivos "suado, cansado, feliz" (parágrafo 1) estão no singular porque a concordância é ideológica.
( ) A crase em "às vésperas de" (parágrafo 1) justifica-se por se tratar de uma locução adverbial formada por uma palavra feminina.
( ) No segundo parágrafo o adjetivo "grande" está empregado no grau superlativo relativo.
( ) A presença de um adjunto adverbial de lugar justifica o uso da vírgula no último período do texto.



resposta:
F V F V V F

origem:Ufmt1996
tópico:
Estilo

sub-grupo:Figuras de linguagem

pergunta:A partir do texto a seguir, julgue os itens.

Meu professor de análise sintática era do tipo
do sujeito inexistente.
Um pleonasmo, o principal predicado de sua vida,
regular como um paradigma da 1 conjugação.
Entre uma oração subordinada e um adjunto
adverbial, ele não tinha dúvidas: sempre achava
um jeito assindético de nos torturar com um
aposto.
Casou com uma regência.
Foi infeliz.
Era possessivo como um pronome.
E ela era bitransitiva.
Tentou ir para os EUA.
Não deu.
Acharam um artigo indefinido em sua bagagem.
A interjeição do bigode declinava partículas
expletivas, conectivos e agentes da passiva, o
tempo todo.
Um dia matei-o com um objeto direto na cabeça.
(Paulo Leminski)

( ) Há no texto, predominância de emprego de linguagem conotativa.
( ) Em "era possessivo como um pronome" (linha 11) há presença de metáfora.
( ) Em "ela era bitransitiva" o poeta usa um jogo duplo de sentido.
( ) Na linha 7 o uso do pronome "nos" é uma forma de envolver o leitor no texto.
( ) O pronome 'o' de matei-o refere-se ao termo anterior "artigo indefinido" (linha 19)
( ) O uso de dois-pontos (linha 6) se justifica por introduzir uma explicação do que foi dito anteriormente.



resposta:
V F V F F F

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:De acordo com o texto:

O estudioso americano Edward Peters, autor do livro TORTURA, tem uma explicação definitiva para mostrar como e porque a prática se perpetua em determinadas sociedades: "O futuro da tortura depende do que a sociedade faz com o torturador."
(O poder da pauleira e do choque - "Veja", 01/11/95)

Julgue os itens.

( ) As vírgulas estão adequadamente empregadas: separam um aposto dos demais termos.
( ) A última oração do período é subordinada substantiva completiva nominal.
( ) No vocábulo "explicação" (linha 2) a letra x representa a combinação de dois fonemas.



resposta:
V F F

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:O piso da sua cozinha está cheio de trincas? A panela de pressão estourou? Seu filho quase engoliu o olho do ursinho de pelúcia? Quem¢ já passou por algum desse apuros provavelmente acreditou que foi apenas mais um entre tantos acidentes domésticos. Nada£ disso. Pelas normas em vigor no Brasil, pisos não podem trincar; panelas de pressão devem ser seguras o suficiente para não explodir; olhinhos dos bichos de pelúcia estão proibidos. As cenas mencionadas¤ acima¥, portanto, não foram meros acidentes¦, mas conseqüência de um mal que infesta o mercado brasileiro - a§ má qualidade.
("Veja", 01/11/95)

Julgue os itens.

( ) As conjunções "portanto" (ref.1) e "mas" (ref.5) podem ser substituídas, sem prejuízo de sentido, por "logo" e "porém", respectivamente.
( ) A palavra "olho", ao ser passada para o plural, recebe marca de plural "s" sem qualquer mudança de timbre da vogal tônica.
( ) As palavras "já" (ref. 1) e "má" (ref.6) recebem acento gráfico por serem oxítonas terminadas em a.
( ) As palavras "disso" (ref. 2) e "acima" (ref.3) são elementos anafóricos que ajudam a construir a coesão do texto.



resposta:
V F F F

origem:Ufmt1996
tópico:
Gramatica

sub-grupo:Ortografia

pergunta:Com base no texto

1 Sinto muito
2 Agora o cinto é prá valer.
(Campanha Detran - 1995)

Julgue os itens.

( ) Este texto propaganda joga com a sonoridade de duas palavras homógrafas.
( ) A palavra "sinto" é um verbo, e a palavra "cinto" é um substantivo.
( ) A expressão "prá valer" remete à obrigatoriedade do uso do cinto.



resposta:
F V V

origem:Ufmt1996
tópico:
Literatura

sub-grupo:Teoria Literária

pergunta:Sobre literatura, gênero e estilo literários, pode-se dizer que:

( ) tanto no verso quanto na prosa pode haver poesia.
( ) todo momento histórico apresenta um conjunto de normas que caracteriza suas manifestações culturais, constituindo o estilo da época.
( ) o texto literário é aquele em que predominam a repetição da realidade, a linguagem linear, a unicidade de sentido.
( ) no gênero lírico os elementos do mundo exterior predominam sobre os do mundo interior do eu poético.



resposta:
V V F F

origem:Ufmt1996
tópico:
Literatura

sub-grupo:Classicismo e Quinhentismo

pergunta:Leia o texto.

As produções do quinhentismo brasileiro podem ser circunscritas, por convenção, entre a "Carta", de Caminha, e a publicação, em 1601, do poema épico "Prosopopéia", de Bento Teixeira, que inicia o período do Barroco colonial.
(Abdala Júnior, Benjamin e Campedelli; Samyra Y. "Tempos da Literatura Brasileira". SP, Ática, 1985.)

As afirmações a seguir relacionam-se com a época descrita acima. Julgue-as.

( ) Os jesuítas tiveram grande importância nessa época pois eram praticamente os únicos responsáveis pela atividade intelectual da colônia.
( ) "Diálogo sobre a conversão do gentio", de José de Anchieta, é a principal obra literária quinhentista brasileira.
( ) Surgiu nesse século o sentimento nativista que foi desenvolvido mais tarde pelos românticos e pelos modernistas.



resposta:
V F V

origem:Ufmt1996
tópico:
Literatura

sub-grupo:Romantismo

pergunta:A poesia romântica no Brasil tem sua trajetória tradicionalmente dividida em três gerações de poetas.
Com base nos principais poetas, suas obras e suas temáticas, julgue os itens a seguir.

( ) Gonçalves Dias, em "I - Juca Pirama", exalta o índio como símbolo da nacionalidade.
( ) A geração byroniana, impregnada de negativismo, dúvida, desilusão, teve na obra de Castro Alves sua maior representatividade.
( ) Também Gonçalves de Magalhães, com sentimentalismo e religiosidade, fez parte da geração do mal-do-século.
( ) Álvares de Azevedo e Casimiro de Abreu apresentaram as tensões típicas da segunda geração, o primeiro da forma mais acentuada, o segundo de forma mais amena.
( ) Nas poesias Navio Negreiro, Vozes d'África, Saudação a Palmares, o poeta dos escravos usou um estilo vigoroso em favor do negro oprimido.



resposta:
V F F V V

 


Próxima Página »

Página 1 de 2