Banco de dados de questões do vestibular Unirio
questões de vestibulares
|
 

Questões Unirio

REF. Pergunta/Resposta
origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:O título POESIA AINDA VIAJA PELAS ÁGUAS DO MUNDO remete à característica do texto de:
a) utilizar-se de linguagem monográfica.
b) transformar o rio em personagem de romance.
c) escrever um artigo como crítica literária.
d) analisar questão econômica com linguagem poética.
e) apontar a linguagem referencial como própria dos artigos de jornal.



resposta:
[D]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:O texto apresenta diversas possibilidades na relação HOMEM/RIO. Das apontadas a seguir, a relação NÃO trabalhada por Antonio Callado é que o rio:
a) faz parte de ternas recordações para alguns homens.
b) faz as cidades mais encantadoras para os homens.
c) se faz instrumento de progresso nas mãos do homem.
d) é uma das fontes preciosas de alimentação e lazer.
e) é dominado pelo homem, e utilizado como fator de desenvolvimento econômico.



resposta:
[D]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:Um rio é "vadio e desocupado", segundo o articulista, quando:
a) não é piscoso.
b) não é via de transporte de homens e riquezas.
c) é encachoeirado.
d) é visto apenas como fonte de água doce e de alimento.
e) é mais afrodítico que aquático.



resposta:
[B]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:A oposição dos parágrafos 10 e 11 está na afirmação de que:
a) o Brasil possui todas as maiores bacias hidrográficas mundiais.
b) na Europa e nos Estados Unidos, mas não no Brasil e na União Soviética, há uma enorme malha hidroviária.
c) há na Europa, como no Brasil, bacias fluviais completamente inaproveitadas.
d) só o Brasil, ao contrário do que ocorre no mundo inteiro, não aproveita bem seus rios.
e) na maioria dos casos, os rios brasileiros, inversamente ao que acontece com os europeus e norte-americanos, não são aproveitados.



resposta:
[E]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:O parágrafo 14 traduz:
a) a pouca importância que o Brasil dá à tecnologia industrial.
b) o menosprezo do Brasil em relação ao aproveitamento das vias hidrográficas.
c) o tráfego intenso de caminhões com excesso de carga.
d) o mau estado das estradas do interior, traçadas ao longo dos rios.
e) o descaso com que o articulista vê a nossa malha rodoviária.



resposta:
[B]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:O parágrafo que conclui que os brasileiros ainda se distanciam do sonho do articulista, DE UM PAÍS ATIVÍSSIMO MAS SILENCIOSO destacado pelo número 1 é:
a) 19
b) 16
c) 13
d) 12
e) 10



resposta:
[E]

origem:Unirio1995
tópico:
Interpretacao

sub-grupo:

pergunta:A opção que melhor explica a evocação do ROSA, no último parágrafo, é:
a) sendo francês, Simenon não saberia usar ESSE NÓ DE ÁGUAS AMAZÔNICAS E PLATINAS como cenário de seus romances.
b) para cantar hidrovias internacionais é preciso um grande diplomata, e Rosa o foi.
c) Noel Rosa, autor de "Feitiço da Vila", fez do Rio personagem de seu canto.
d) o fôlego de Guimarães Rosa daria conta desses outros QUILÔMETROS DE IMPONDERÁVEL MAS INDESTRUTÍVEL ESTRADA.
e) O criador de Grande Sertão: Veredas é importante para a Literatura Brasileira contemporânea.



resposta:
[D]

origem:Unirio1995
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:A opção que contém, pela ordem, as expressões do terceiro parágrafo relativas a espaço e tempo é:
a) breve curso / vida inteira.
b) vida inteira / à beira do Carioca.
c) ali / breve curso.
d) maior parte / na Chácara da Casa Azul.
e) na Chácara da Casa Azul / breve curso.



resposta:
[A]

origem:Unirio1995
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:Assinale a opção que contém o nexo sintático que melhor estabeleceria a ligação entre "AQUELE FICOU SENDO RIO POR ENGANO" - e - "CARIOCA, ESSE JÁ O ERA, HAVIA SÉCULOS" (parágrafo 5¡.).
a) e
b) portanto
c) enquanto
d) se
e) logo



resposta:
[A]

origem:Unirio1995
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:A opção que indica o referente do demonstrativo AQUELE em "AQUELE FICOU SENDO O RIO POR ENGANO" (parágrago 5¡.) é:
a) o Carioca
b) o rio Carioca
c) rio
d) um Rio
e) o Rio de Janeiro



resposta:
[E]

origem:Unirio1995
tópico:
Gramatica

sub-grupo:Verbos - tempo e modo

pergunta:Assinale o tempo verbal das formas entre aspas a seguir que NÃO tem o mesmo emprego da palavra entre aspas simples em "PRONTO! 'ESTAVA' COMPLETA A LIGAÇÃO DE BELÉM COM BUENOS AIRES" (parágrafo 19¡.).

a) PARA UM ROMANCE NESSE CENÁRIO, SIMENON NÃO "DAVA" MAIS. (parágrafo 20¡.)
b) ... AINDA SE "FAZIA" VER E OUVIR NA MAIOR PARTE DO SEU BREVE CURSO... (parágrafo 3¡.)
c) ... HOJE QUATROCENTÃO, "EXISTIA" O RIO CARIOCA. (parágrafo 5¡.)
d) O RIO "ACOMPANHAVA", DESCOBERTO... (parágrafo 6¡.)
e) ... CADA CASA DO VALE... "TINHA" SUA PONTE. (parágrafo 7¡.)



resposta:
[B]

origem:Unirio1995
tópico:
Gramatica

sub-grupo:

pergunta:Analisando o sétimo parágrafo do texto em seus aspectos morfossintáticos, só NÃO encontramos:
a) QUE (pronome relativo), com função de adjunto adverbial.
b) QUE (conjunção subordinativa integrante) iniciando oração subordinada substantiva objetiva direta.
c) QUE (pronome relativo) com função de predicativo do sujeito.
d) POR MENINAS EM FLOR, com função de agente da passiva.
e) COMO (advérbio de modo), com função de adjunto adverbial.



resposta:
[E]

 


Próxima Página »

Página 1 de 15