Questões de ecologia - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões ecologia


REF. Perguntas / Respostas
vestibular UFRJ
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:As espécies de capim que crescem nos campos da Austrália podem ser diferentes das que existem na América ou na África, mas todas têm a mesma função: são produtores dos ecossistemas de campo. Nos campos da Austrália vivem cangurus, nos da África há zebras e na América do Norte há bisões. Todos esses animais exercem em seus ecossistemas a função de:

a) consumidores primários
b) consumidores secundários
c) consumidores terciários
d) decompositores
e) parasitas

resposta:A

vestibular Outros
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:Tendo em vista os conceitos de CADEIA e TEIA alimentar, bem como de POPULAÇÃO e COMUNIDADE, podemos afirmar que:

a) A preá, a cobra e o gavião representam uma população e um exemplo de uma cadeia alimentar.
b) O conjunto de preás da região formam uma população e os consumidores, entredevorando-se, formam uma teia alimentar.
c) Preás e cobras do charco formam uma população e, para as cobras, as preás são produtoras de alimento.
d) Preás, cobras e gaviões formam uma comunidade; as cobras são consumidores primários e os gaviões consumidores secundários.
e) O conceito de produtor está associado ao fornecimento de alimento e, de consumidor, àqueles que o utilizam.

resposta:(a?) Veja nos comentários

vestibular Outros
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:Com referência à cadeia alimentar, marque a alternativa correta:

a) a energia contida no produtor diminui gradualmente, ao passar de consumidor a consumidor.
b) a energia do produtor aumenta gradualmente nos diferentes elementos da cadeia alimentar.
c) o potencial energético do produtor não sofre nenhuma alteração nos diferentes segmentos da cadeia alimentar.
d) na cadeia alimentar, como os animais são de tamanho diferentes , a quantidade energética do produtor sofre oscilações.
e) a complexidade da teia alimentar não interfere com a quantidade de energia transferida, que permanece inalterada.

resposta:A

vestibular Outros
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:Qual das alternativas a seguir responde corretamente a seguinte questão: “Que resultaria se desaparecesse do mar o fitoplâncton ?”

a) o equilíbrio ecológico desse ecossistema não sofreria alteração, visto que o fitoplâncton é constituído por seres apenas microscópios.
b) o zooplâncton ocuparia o seu lugar na cadeia alimentar, mantendo assim o equilíbrio ecológico do ecossistema.
c) a cadeia alimentar do ecossistema perderia o elo principal, pois do fitoplâncton depende praticamente toda a matéria orgânica necessária aos demais componentes bióticos.
d) o ecossistema não seria afetado visto que o plâncton é apenas um consumidor na cadeia alimentar.
e) o equilíbrio ecológico não seria alterado visto que nem todos os organismos marinhos se alimentam do fitoplâncton.

resposta:C

vestibular Outros
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:O aproveitamento das algas pelo homem torna-se cada vez mais acentuado. Em certos países asiáticos, as algas já fazem parte da dieta humana. Neste caso o homem comporta-se como:

a) consumidor primário.
b) consumidor secundário.
c) consumidor terciário.
d) produtor.
e) decompositor.

resposta:A

vestibular UFSCar
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:No exemplo de cadeia alimentar da ilustração, supondo que o peixe abocanhado pelo jaburu se alimente de plantas aquáticas,

podemos considerar que

a) a maior quantidade de energia disponível está no nível trófico do peixe.
b) o nível trófico do jaburu apresenta menor quantidade de energia disponível que o do jacaré.
c) a menor quantidade de energia disponível está no nível trófico do jaburu.
d) a quantidade de energia disponível nos níveis tróficos do peixe e do jacaré são equivalentes.
e) a quantidade de energia disponível no nível trófico do peixe é maior que no nível trófico do jaburu.


resposta:Numa cadeia alimentar, a energia diminui no sentido produtores  consumidores (sempre).
No exemplo acima temos a seguinte cadeia: Planta  peixe  jaburu  jacaré Assim, a quantidade de energia no nível trófico do peixe é maior que no nível do jaburu.
Resp.
: E

vestibular UFSCar
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:Em várias regiões do mundo, a dieta das populações humanas é predominantemente vegetariana.
O aumento da quantidade e qualidade das proteínas vegetais é um dos objetivos das pesquisas agrícolas e muitas se dedicam, por exemplo, ao estudo de microorganismos que vivem associados às raízes de plantas leguminosas.
O interesse nesses microorganismos justifica-se porque eles
a) sintetizam proteínas a partir do N2 atmosférico, disponibilizando- as para as plantas.
b) fixam NO2 na forma de nitratos, que podem ser utilizados no metabolismo de proteínas.
c) fixam o N2 atmosférico na forma de cátions amônio, que podem ser utilizados pelas plantas para a síntese de proteínas.
d) sintetizam N2 na forma de nitritos, que podem ser utilizados para a síntese de proteínas.
e) fixam NO2 e NO3 na forma de cátions amônio, que podem ser utilizados no metabolismo das proteínas.


resposta:Nas raízes de plantas leguminosas (feijão, fava, soja, grão-de-bico, ervilha.) desenvolvem bactérias do gênero Rhizobium que promovem a fixação do N2.
Essa fixação é importante para o enriquecimento do solo com compostos nitrogenados que são absorvidos pelas plantas.
Resp.
C

vestibular UEL
tópico:ecologia

sub-grupo:
pergunta:Na região Norte do Paraná muitas áreas estão sendo ocupadas por culturas de milho e de trigo.
Essas culturas têm provocado desgaste do solo.
Para evitar esse desgaste, os agricultores adotam o rodízio de culturas, prática na qual se alterna o plantio do milho e do trigo com o da soja.
Essa prática agrícola pode incorporar nutrientes ao solo porque a soja possui em suas raízes bactérias fixadoras de: a) Oxigênio.
b) Carbono c) Fósforo.
d) Cálcio.
e) Nitrogênio.


resposta:E

vestibular Outros
tópico:Ecologia

sub-grupo:
pergunta:Corujas usam esterco como isca Corujas-buraqueiras (Athene cunicularia) são comuns em pastos e áreas abertas.
Próximo a suas tocas, normalmente há pilhas de esterco de animais, tais como cavalos ou gado, que as corujas costumam buscar no campo e trazer para próximo de suas tocas.
Uma equipe de pesquisadores descobriu pelo menos uma razão para esse hábito:
o esterco serve como isca para os besouros conhecidos vulgarmente como “rola-bostas”.
Os pesquisadores descobriram que as corujas, deliberadamente, utilizam o esterco animal como isca para atrair os besouros, enriquecendo suas dietas com um número considerável desses insetos.
Os besouros depositam seus ovos no esterco, e por isso, são atraídos à isca.
Em um experimento, pesquisadores retiraram esterco de todas as tocas de coruja de uma dada área e colocaram esterco fresco somente em algumas.
Eles descobriram que as corujas com iscas próximas às suas tocas comem 10 vezes mais besouros que as sem isca.
(LEVEY, D. J.; DUNCAN, R. S.; LEVINS, C. F. Animal behaviour: use of dung as a tool by burrowing owls. Nature, n. 431, p. 39, 2004. Adaptado.)
a) Explique a relação ecológica entre a coruja e o besouro.
b) Todo organismo tem uma estrutura de sustentação do corpo que serve também como local onde se insere a musculatura, permitindo sua movimentação.
Compare a estrutura de sustentação da coruja com a do inseto.
c) Explique o ciclo de vida do besouro por meio de um esquema.


resposta:a) Predatismo
b) O besouro é um artrópodo, possui um exoesqueleto quitinoso que recobre a superfície externa do corpo e necessita de mudas periódicas para permitir o seu crescimento. Já a coruja é uma ave e possui um endoesqueleto composto de uma matriz de tecido conjuntivo rico em fibras de colágeno e elásticas e impregnados de sais de cálcio, principalmente a hidroxiapatita, uma forma cristalina do fosfato de cálcio.
c) Holometábolo ® ovos no esterco enterrado -> larva no esterco ->Pupa -> adulto ->

vestibular Fuvest-2ª-fase-2006
tópico:Ecologia

sub-grupo:
pergunta:O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial.

a) Indique os consumidores primários.
b) Dentre os consumidores, indique quais ocupam um único nível trófico.
c) Explique como o aumento das populações das aves pode impactar as populações de mosquitos.


resposta:a) Os animais herbívoros (consumidores primários) são:
peixe 1 e zooplâncton.
b) Os consumidores que ocupam um único nível trófico são:
zooplâncton (consumidor primário), larva de mosquito (consumidor secundário), peixe 1 (consumidor primário), peixes 2, 3 e 4 (consumidores terciários), peixe 5 (consumidor quaternário) e aves 1 e 3 (consumidores quaternários).
c) O aumento das populações de aves promove a redução das populações de peixes e, em conseqüência, aumento na de larvas de mosquito.


vestibular Fuvest-2ª-fase-2004
tópico:Ecologia

sub-grupo:
pergunta:Num ambiente aquático, vivem algas do fitoplâncton, moluscos filtradores, peixes carnívoros e microrganismos decompositores.
Considerando um átomo de carbono, desde sua captura como substância inorgânica até sua liberação na mesma forma, depois de passar por forma orgânica, indique:
a) a substância inorgânica que é capturada do ambiente, a maior seqüência de organismos nessa comunidade, pela qual esse átomo passa e a substância inorgânica que é liberada no ambiente;
b) os processos que um único ser vivo, dessa comunidade, pode realizar para capturar e eliminar esse átomo.


resposta:a) A substância inorgânica capturada do ambiente é o CO2 (dióxido de carbono); a maior seqüência de organismos será: fitoplâncton ® moluscos filtradores ® peixes carnívoros ® decompositores; e a substância liberada será o CO2 (dióxido de carbono).
b) Os processos da fotossíntese e da respiração celular são responsáveis, respectivamente, pela captura e eliminação do CO2 (dióxido de carbono). Os únicos seres capazes de realizar os dois processos são os componentes do fitoplâncton.

vestibular Cesgranrio
tópico:Ecologia

sub-grupo:Sucessão ecológica
pergunta:Uma preá que vivia na beira de um charco, alimentando-se de capim, foi capturada por uma cobra que, mais tarde, foi apanhada por um gavião. Mas a história poderia ser outra, e o gavião poderia ter caçado um rato ou outra ave. Por sua vez, a cobra poderia ter capturado um passarinho que havia comido um inseto.

1. Suponhamos que o charco onde viva a preá e os outros seres vivos da nossa história, com o decorrer dos tempos, vá lentamente se modificando. O espelho d'água diminua, pela progressiva invasão de novas plantas, assoreamento e a instalação de plantas mais duradouras; pelo surgimento de novos animais e desaparecimento de outros. O cenário se modifica. Este fenômeno denomina-se:
a) Comunidade clímax.
b) Comunidade em equilíbrio dinâmico.
c) Comunidade em equilíbrio estático.
d) Sucessão ecótona.
e) Sucessão ecológica.

resposta:E

 
celula virtual - para ensino medio

 




anatomia musculatura