Banco de dados de questões do vestibular
questões de vestibulares
|
 

Questões Enem

REF. Pergunta/Resposta
origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Pesquisas recentes estimam o seguinte perfil da concentração de oxigênio (O‚) atmosférico ao longo da história evolutiva da Terra:




No período Carbonífero entre aproximadamente 350 e 300 milhões de anos, houve uma ampla ocorrência de animais gigantes, como por exemplo insetos voadores de 45 centímetros e anfíbios de até 2 metros de comprimento. No entanto, grande parte da vida na Terra foi extinta há cerca de 250 milhões de anos, durante o período Permiano. Sabendo-se que o O‚ é um gás extremamente importante para os processos de obtenção de energia em sistemas biológicos, conclui-se que
a) a concentração de nitrogênio atmosférico se manteve constante nos últimos 400 milhões de anos, possibilitando o surgimento de animais gigantes.
b) a produção de energia dos organismos fotossintéticos causou a extinção em massa no período Permiano por aumentar a concentração de oxigênio atmosférico.
c) o surgimento de animais gigantes pode ser explicado pelo aumento de concentração de oxigênio atmosférico, o que possibilitou uma maior absorção de oxigênio por esses animais.
d) o aumento da concentração de gás carbônico (CO‚) atmosférico no período Carbonífero causou mutações que permitiram o aparecimento de animais gigantes.
e) a redução da concentração de oxigênio atmosférico no período Permiano permitiu um aumento da biodiversidade terrestre por meio da indução de processos de obtenção de energia.

resposta:[C]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Um estudo caracterizou 5 ambientes aquáticos, nomeados de A a E, em uma região, medindo parâmetros físico-químicos de cada um deles, incluindo o pH nos ambientes. O gráfico I representa os valores de pH dos 5 ambientes. Utilizando o gráfico II, que representa a distribuição estatística de espécies em diferentes faixas de pH, pode-se esperar um maior número de espécies no ambiente:




a) A.
b) B.
c) C.
d) D.
e) E.

resposta:[D]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Quando um reservatório de água é agredido ambientalmente por poluição de origem doméstica ou industrial, uma rápida providência é fundamental para diminuir os danos ecológicos. Como o monitoramento constante dessas águas demanda aparelhos caros e testes demorados, cientistas têm se utilizado de biodetectores, como peixes que são colocados em gaiolas dentro da água, podendo ser observados periodicamente.
Para testar a resistência de três espécies de peixes, cientistas separaram dois grupos de cada espécie, cada um com cem peixes, totalizando seis grupos. Foi, então, adicionada a mesma quantidade de poluentes de origem doméstica e industrial, em separado. Durante o período de 24 horas, o número de indivíduos passou a ser contado de hora em hora.
Os resultados são apresentados a seguir.




Pelos resultados obtidos, a espécie de peixe mais indicada para ser utilizada como detectora de poluição, a fim de que sejam tomadas providências imediatas, seria
a) a espécie I, pois sendo menos resistente à poluição, morreria mais rapidamente após a contaminação.
b) a espécie II, pois sendo a mais resistente, haveria mais tempo para testes.
c) a espécie III, pois como apresenta resistência diferente à poluição doméstica e industrial, propicia estudos posteriores.
d) as espécies I e III juntas, pois tendo resistência semelhante em relação à poluição permitem comparar resultados.
e) as espécies II e III juntas, pois como são pouco tolerantes à poluição, propiciam um rápido alerta.

resposta:[A]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Há quatro séculos alguns animais domésticos foram introduzidos na Ilha da Trindade como "reserva de alimento". Porcos e cabras soltos davam boa carne aos navegantes de passagem, cansados de tanto peixe no cardápio. Entretanto, as cabras consumiram toda a vegetação rasteira e ainda comeram a casca dos arbustos sobreviventes. Os porcos revolveram raízes e a terra na busca de semente. Depois de consumir todo o verde, de volta ao estado selvagem, os porcos passaram a devorar qualquer coisa: ovos de tartarugas, de aves marinhas, caranguejos e até cabritos pequenos.
Com base nos fatos acima, pode-se afirmar que
a) a introdução desses animais domésticos trouxe, com o passar dos anos, o equilíbrio ecológico.
b) o ecossistema da Ilha da Trindade foi alterado, pois não houve uma interação equilibrada entre os seres vivos.
c) a principal alteração do ecossistema foi a presença dos homens, pois animais nunca geram desequilíbrios no ecossistema.
d) o desequilíbrio só apareceu quando os porcos começaram a comer os cabritos pequenos.
e) o aumento da biodiversidade, a longo prazo, foi favorecido pela introdução de mais dois tipos de animais na ilha.

resposta:[B]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:As cobras estão entre os animais peçonhentos que mais causam acidentes no Brasil, principalmente na área rural. As cascavéis ( Crotalus ), apesar de extremamente venenosas, são cobras que, em relação a outras espécies, causam poucos acidentes a humanos. Isso se deve ao ruído de seu "chocalho", que faz com que suas vítimas percebam sua presença e as evitem. Esses animais só atacam os seres humanos para sua defesa e se alimentam de pequenos roedores e aves. Apesar disso, elas têm sido caçadas continuamente, por serem facilmente detectadas.
Ultimamente os cientistas observaram que essas cobras têm ficado mais silenciosas, o que passa a ser um problema, pois, se as pessoas não as percebem, aumentam os riscos de acidentes.
A explicação darwinista para o fato de a cascavel estar ficando mais silenciosa é que
a) a necessidade de não ser descoberta e morta mudou seu comportamento.
b) as alterações no seu código genético surgiram para aperfeiçoá-Ia.
c) as mutações sucessivas foram acontecendo para que ela pudesse adaptar-se.
d) as variedades mais silenciosas foram selecionadas positivamente.
e) as variedades sofreram mutações para se adaptarem à presença de seres humanos.

resposta:[D]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:A água é um dos componentes mais importantes das células. A tabela a seguir mostra como a quantidade de água varia em seres humanos, dependendo do tipo de célula. Em média, a água corresponde a 70% da composição química de um indivíduo normal.




Durante uma biópsia, foi isolada uma amostra de tecido para anáIise em um laboratório. Enquanto intacta, essa amostra pesava 200 mg. Após secagem em estufa, quando se retirou toda a água do tecido, a amostra passou a pesar 80 mg. Baseado na tabela, pode-se afirmar que essa é uma amostra de
a) tecido nervoso - substância cinzenta.
b) tecido nervoso - substância branca.
c) hemácias.
d) tecido conjuntivo.
e) tecido adiposo.

resposta:[D]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Cândido Portinari (1903-1962), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos da nossa realidade em seus quadros.




Sobre a temática dos "Retirantes", Portinari também escreveu o seguinte poema:
"(...)
Os retirantes vêm vindo com trouxas e embrulhos
Vêm das terras secas e escuras; pedregulhos
Doloridos como fagulhas de carvão aceso
Corpos disformes, uns panos sujos,
Rasgados e sem cor, dependurados
Homens de enorme ventre bojudo
Mulheres com trouxas caídas para o lado
Pançudas, carregando ao colo um garoto
Choramingando, remelento
(...)"
(Cândido Portinari. "Poemas". Rio de Janeiro: J. Olympio, 1964.)

No texto de Portinari, algumas das pessoas descritas provavelmente estão infectadas com o verme Schistosoma mansoni . Os "homens de enorme ventre bojudo" corresponderiam aos doentes da chamada "barriga d água".
O ciclo de vida do Schistosoma mansoni e as condições sócio-ambientais de um local são fatores determinantes para maior ou menor incidência dessa doença.
O aumento da incidência da esquistossomose deve-se à presença de
a) roedores, ao alto índice pluvial e à inexistência de programas de vacinação.
b) insetos hospedeiros e indivíduos infectados, à inexistência de programas de vacinação.
c) indivíduos infectados e de hospedeiros intermediários e à ausência de saneamento básico.
d) mosquitos, à inexistência de programas de vacinação e à ausência de controle de águas paradas.
e) gatos e de alimentos contaminados, e à ausência de precauções higiênicas.

resposta:[C]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:A obesidade, que nos países desenvolvidos já é tratada como epidemia, começa a preocupar especialistas no Brasil. Os últimos dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada entre 2002 e 2003 pelo IBGE, mostram que 40,6% da população brasileira estão acima do peso, ou seja, 38,8 milhões de adultos. Desse total, 10,5 milhões são considerados obesos. Várias são as dietas e os remédios que prometem um emagrecimento rápido e sem riscos. Há alguns anos foi lançado no mercado brasileiro um remédio de ação diferente dos demais, pois inibe a ação das lipases, enzimas que aceleram a reação de quebra de gorduras. Sem serem quebradas elas não são absorvidas pelo intestino, e parte das gorduras ingeridas é eliminada com as fezes. Como os lipídios são altamente energéticos, a pessoa tende a emagrecer. No entanto, esse remédio apresenta algumas contra-indicações, pois a gordura não absorvida lubrifica o intestino, causando desagradáveis diarréias. Além do mais, podem ocorrer casos de baixa absorção de vitaminas lipossolúveis, como as A, D, E e K, pois
a) essas vitaminas, por serem mais energéticas que as demais, precisam de lipídios para sua absorção.
b) a ausência dos lipídios torna a absorção dessas vitaminas desnecessária.
c) essas vitaminas reagem com o remédio, transformando-se em outras vitaminas.
d) as lipases também desdobram as vitaminas para que essas sejam absorvidas.
e) essas vitaminas se dissolvem nos lipídios e só são absorvidas junto com eles.

resposta:[E]

origem:Enem-2005
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Uma expedição de paleontólogos descobre em um determinado extrato geológico marinho uma nova espécie de animal fossilizado. No mesmo extrato, foram encontrados artrópodes xifosuras e trilobitas, braquiópodos e peixes ostracodermos e placodermos.
O esquema a seguir representa os períodos geológicos em que esses grupos viveram.




Observando esse esquema os paleontólogos concluíram que o período geológico em que haviam encontrado essa nova espécie era o Devoniano, tendo ela uma idade estimada entre 405 milhões e 345 milhões de anos.
Destes cinco grupos de animais que estavam associados à nova espécie, aquele que foi determinante para a definição do período geológico em que ela foi encontrada é
a) xifosura, grupo muito antigo, associado a outros animais.
b) trilobita, grupo típico da era Paleozóica.
c) braquiópodo, grupo de maior distribuição geológica.
d) ostracodermo, grupo de peixes que só aparece até o Devoniano.
e) placodermo, grupo que só existiu no Devoniano.

resposta:[E]

origem:Enem-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:À produção industrial de celulose e de papel estão associados alguns problemas ambientais. Um exemplo são os odores característicos dos compostos voláteis de enxofre (mercaptanas) que se formam durante a remoção da lignina da principal matéria-prima para a obtenção industrial das fibras celulósicas que formam o papel: a madeira. É nos estágios de branqueamento que se encontra um dos principais problemas ambientais causados pelas indústrias de celulose. Reagentes como cloro e hipoclorito de sódio reagem com a lignina residual, levando à formação de compostos organoclorados. Esses compostos, presentes na água industrial, despejada em grande quantidade nos rios pelas indústrias de papel, não são biodegradáveis e acumulam-se nos tecidos vegetais e animais, podendo levar a alterações genéticas.
Celênia P. Santos et al. "Papel: como se fabrica?" In: "Química nova na escola", n¡. 14, nov./2001, p. 3-7 (com adaptações).

Para se diminuírem os problemas ambientais decorrentes da fabricação do papel, é recomendável
a) a criação de legislação mais branda, a fim de favorecer a fabricação de papel biodegradável.
b) a diminuição das áreas de reflorestamento, com o intuito de reduzir o volume de madeira utilizado na obtenção de fibras celulósicas.
c) a distribuição de equipamentos de desodorização à população que vive nas adjacências de indústrias de produção de papel.
d) o tratamento da água industrial, antes de retorná-la aos cursos d água, com o objetivo de promover a degradação dos compostos orgânicos solúveis.
e) o recolhimento, por parte das famílias que habitam as regiões circunvizinhas, dos resíduos sólidos gerados pela indústria de papel, em um processo de coleta seletiva de lixo.

resposta:[D]

origem:Enem-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:



A partir desses dados, foram feitas as afirmações a seguir.

I. As famílias brasileiras, em 30 anos, aumentaram muito o consumo de proteínas e grãos, que, por seu alto valor calórico, não são recomendáveis.
II. O aumento do consumo de alimentos muito calóricos deve ser considerado indicador de alerta para a saúde, já que a obesidade pode reduzir a expectativa de vida humana.
III. Doenças cardiovasculares podem ser desencadeadas pela obesidade decorrente das novas dietas alimentares.

É correto apenas o que se afirma em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.

resposta:[E]

origem:Enem-2006
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Os efeitos dos antiinflamatórios estão associados à presença de inibidores da enzima chamada ciclooxigenase 2 (COX-2). Essa enzima degrada substâncias liberadas de tecidos lesados e as transforma em prostaglandinas pró-inflamatórias, responsáveis pelo aparecimento de dor e inchaço.
Os antiinflamatórios produzem efeitos colaterais decorrentes da inibição de uma outra enzima, a COX-1, responsável pela formação de prostaglandinas, protetoras da mucosa gastrintestinal.
O esquema a seguir mostra alguns antiinflamatórios (nome genérico). As setas indicam a maior ou a menor afinidade dessas substâncias pelas duas enzimas.




Com base nessas informações, é correto concluir-se que
a) o piroxicam é o antiinflamatório que mais pode interferir na formação de prostaglandinas protetoras da mucosa gastrintestinal.
b) o rofecoxibe é o antiinflamatório que tem a maior afinidade pela enzima COX-1.
c) a aspirina tem o mesmo grau de afinidade pelas duas enzimas.
d) o diclofenaco, pela posição que ocupa no esquema, tem sua atividade antiinflamatória neutralizada pelas duas enzimas.
e) o nimesulide apresenta o mesmo grau de afinidade pelas enzimas COX-1 e COX-2.

resposta:[A]

 


anatomia musculatura